BOLSONARO (PSL) DEVE GANHAR A ELEIÇÃO PELA PESQUISA DATAFOLHA

PESQUISA INDICA QUE O BOLSONARO GANHA A ELEIÇÃO PARA PRESIDENTE DO BRASIL….Nesta véspera da eleição presidencial, pela projeção da pesquisa da DATAFOLHA o JAIR BOLSONARO deve ganhar a eleição,  pois tem 46 % dos votos decididos a seu favor.    Já o candidato do PT HADDAD tem 38% de votos decididos a seu favor, residindo nestes dados uma vantagem nítida para BOLSONARO o que indica a consolidação maior de votos a seu favor….

 

BRASIL

Datafolha: Bolsonaro tem 55% dos votos válidos e Haddad, 45%

Crédito: AFP

Bolsonaro e Haddad disputam o segundo turno das eleições para presidência do Brasil (Crédito: AFP)

Agência Brasil

O Instituto Datafolha divulgou na noite de hoje (27) A última pesquisa de intenção de voto para presidente da República antes do segundo turno, que ocorrerá neste domingo (28). O candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 55% dos votos válidos e Fernando Haddad, 45%. No levantamento anterior, divulgado na quinta (25), o ex-capitão havia marcado 56% das intenções, contra 44% do ex-prefeito de São Paulo. A diferença caiu de 12 para dez pontos percentuais.

Na contagem das intenções de votos totais (incluindo brancos, nulos e indecisos), Bolsonaro marcou 47% e Haddad, 39%. Brancos e nulos somaram 8% e indecisos, 5%. No levantamento divulgado na quinta, a medição das intenções de votos totais registrou 48% para o candidato do PSL, 38% para o concorrente do PT, 8% brancos ou nulos e 6% indecisos.

Entre os que manifestaram desejo de anular ou votar em branco, 23% admitiram que ainda podem voltar atrás nessa decisão. Mantido este percentual, matematicamente a transferência de votos não seria suficiente para uma virada de Haddad, segundo o instituto.

Rejeição

Na análise da rejeição, 45% disseram que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum (contra 44% na edição anterior), 46% relataram apoio certo ao candidato e 8% cogitaram apoiar o presidenciável.

Já no caso de Haddad, 52% não votarão no petista de maneira alguma (mesmo índice do levantamento anterior), 38% disseram já estar convictos da decisão em favor do candidato e 9% admitiram que podem chegar a aderir ao ex-prefeito de São Paulo.

Em relação à certeza do voto, 94% dos que manifestaram intenção de voto no candidato do PSL garantiram que estão decididos, enquanto 6% ainda podem mudar de opinião. No caso do presidenciável do PT, a certeza foi declarada por 93%, contra 7% que aventaram a possibilidade de rever sua posição.

A pesquisa entrevistou 18.371 pessoas em 340 cidades ontem (26) e hoje (27). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo e pela Rede Globo. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral com o número BR-02460/2018.

Anúncios

TREM BALA… CRITÉRIO PARA PAÍS DE PRIMEIRO MUNDO. O BRASIL NO TERCEIRO MUNDO ATÉ QUANDO ?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

HomeFerroviário

Confira os trens-bala mais velozes do mundo

 

Saiba quais são as unidades de transporte sobre trilhos mais rápidas da atualidade

trem-bala-dentro

 

Quando se trata de transporte ferroviário de passageiros, a Ásia e a Europa detém as malhas ferroviárias mais avançadas e com os veículos mais velozes, sendo o Japão o pioneiro na implementação do trem-bala, com o Shinkansen Série Zero, ativado em 1964. Considerado um símbolo do renascimento do Japão no Pós-Guerra, o modelo permaneceu operando por 40 anos sem ter registrado nenhum acidente, e desde então essa tecnologia vem conquistando seu espaço e hoje é um dos meios de transportes mais sofisticados e orgulho para diversos países mundo a fora.

 

 

Confira abaixo a lista dos trens mais rápidos do mundo:

 

 

CRH380, China

trem-bala-1

O trem CRH380, em suas diferentes versões, é capaz de atingir velocidades de até 450 km/h em suas quatro rotas que passam por cidades como Pequim, Xangai, Nanjing e Guangzhou.

Maglev Xangai, China

trem-bala-2

 

A linha liga o Aeroporto Internacional de Pudong à estação de metrô de Longyang Road, o Trem Magleveste, de levitação magnética, atinge velocidade máxima comercial de 430 km/h e faz o percurso de 30 quilômetros em apenas sete minutos, embora possa chegar a bem mais de 500 km/h. Essa velocidade máxima é atingida em dois minutos a partir da partida do trem, mantém-se por apenas três minutos e a partir daí desacelera para a chegada na plataforma.

ICE 3, Alemanha

 

trem-bala-3

A linha InterCity Express (ICE3) corre entre Franfkurt e Colônia, no Vale do Reno, e entre Munique e Nuremberg, na Bavária, com nove linhas que atingem velocidades de até 320 km/h.

 

Sinkansen E5, Japão

trem-bala-4

 

Com o formato bico de pato em sua dianteira, o trem japonês mais rápido opera a até 320 km/h na linha de 670 km entre Tóquio e Aomori, no norte da ilha de Honshu.

TGV POS, França

trem-bala-5

 

Nação pioneira na criação de trens de alta velocidade, a primeira versão desta unidade começou a operar em 1981.Hoje, os TGV POS operam em duas linhas, no leste e no oeste da França, com velocidades que atingem 320 km/h em operações normais e até 575 km/h em testes, a maior velocidade registrada para um trem.

 

 

AVE Series 103, Espanha


 

trem-bala-6

 

O trem bala vai de Madri a Barcelona em 2h40, atingindo 310 km/h durante a viagem. Nas últimas décadas, a Espanha passou da fama de ter um dos piores transportes ferroviários da Europa para uma rede moderna de trens de alta velocidade que une as grandes cidades do país.

 

 

 

Sancheon KTX2, Coreia do Sul

trem-bala-7

 

O trem de alta velocidade Sancheon KTX2 efetua o trajeto entre Seul e as cidades portuárias de Musan e Mokpo. Construídos pela Hyundai, os trens operam a velocidades de até 305 km/h , com a capacidade de chegar a 350 km/h.

 

 

 

ETR 500 Frecciarossa e ETR 575 AGV, Itália


trem-bala-8

 

A Itália oferece dois serviços de trens de alta velocidade nos mesmos trilhos: o Frecciarossa (Flecha Vermelha), público, e o Automotrice à Grande Vitesse (AGV), privado. Os trens conectam Turim, Milão, Roma, Nápoles e Veneza a velocidades maximas de 300 km/h, com recordes de 340 km/h para o Frecciarossa e 360 km/h para o AGV.

Eurostar Class 373, Inglaterra, França e Bélgica

trem-bala-9

 

O trem Eurostar é o jeito mais prático de fazer o trajeto entre Londres e Paris, pelo Eurotunel, abaixo do Canal da Mancha. O trem opera a velocidades máximas de 300 km/h.

THSR 700T, Taiwan

trem-bala-10

 

Esses trens percorrem o litoral oeste da ilha entre a capital, Taipei, e a cidade industrial de Kaohsiung. Exportados do Japão, os trens THSR 700 T levam 1 mil passageiros operando a velocidades de até 300 km/h

BOLSONARO (PSL) CONSOLIDA DIANTEIRA SOBRE HADDAD (PT)….PODE VENCER A ELEIÇÃO…..PESQUISA IBOPE.

BOLSONARO PERMANECE ESTABILIZADO NA DIANTEIRA SOBRE HADDAD E PODE GANHAR A ELEIÇÃO.   O maior receio hoje dos apoiadores de BOLSONARO, é sobre a segurança pessoal do candidato, já que o atentado que o mesmo sofreu poderá se repetir, tal é o prestígio popular deste candidato, considerado um verdadeiro  fenômeno político da história do Brasil…Vejam os dados. (Ref. IBOPE  Estadão)…..

Ibope: No 2º turno, Bolsonaro tem 59% dos votos válidos e Haddad, 41%

Candidato do PSL abre 18 pontos de vantagem desde o primeiro turno, realizado em 7 de outubro, aponta pesquisa

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

15 Outubro 2018 | 18h50

A menos de duas semanas para o segundo turno da eleição presidencial, o candidato doPSL, Jair Bolsonaro, tem 59% das intenções de voto, contra 41% do petistaFernando Haddad, segundo pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada nesta segunda-feira, 15.

 

Jair Bolsonaro

Fernando Haddad

O cálculo considera apenas os votos válidos, ou seja, exclui os nulos, brancos e indecisos. Levando em conta o eleitorado total, Bolsonaro lidera por 52% a 37%. Há ainda 9% dispostos a anular ou votar em branco, e 2% que não souberam responder.

Bolsonaro abriu 18 pontos porcentuais de vantagem nos votos válidos desde o primeiro turno, realizado no dia 7, quando ficou à frente do principal adversário por 46% a 29%. 

Além de perguntar aos entrevistados quem é seu candidato preferido, o Ibope procurou medir o potencial de voto de cada um dos concorrentes. Após citar o nome de cada um dos candidatos, os entrevistadores perguntaram aos eleitores se votariam em cada um com certeza, se poderiam votar ou se não votariam de jeito nenhum.

Bolsonaro é o que tem mais simpatizantes convictos: 41% votariam nele com certeza, e 35% não votariam de jeito nenhum. Haddad é o que tem a maior rejeição: 47% não o escolheriam em nenhuma hipótese, e 28% manifestam certeza na escolha.

O Ibope ouviu 2.506 eleitores nos dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%. Isso significa que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

O registro na Justiça Eleitoral foi feito sob o protocolo Nº BR-01112/2018. Os contratantes foram o Estado e a TV Globo.

HADDAD DO PT TENTA DISFARÇAR IMAGEM VERMELHA DO PT NA OPINIÃO PÚBLICA ADOTANDO CORES DOS MOVIMENTOS ANTI CORRUPÇÃO DO VERDE E O AMARELO DA BANDEIRA NACIONAL…..

PESQUISAS DE OPINIÃO DE 16 PONTOS ASSUSTAM O CANDIDATO HADDAD DO PT QUE ADOTA DISFARCE “ESCONDE  LULA” E ADOTA AS CORES DO MOVIMENTO DO ADVERSÁRIO BOLSONARO, LÍDER NAS PESQUISAS…….

Jair Bolsonaro

Fernando Haddad

 

DISPUTA PARA PRESIDENTE DO BRASIL LEVA PT A MASCARAR SUA ORIGEM “COMUNO – SOCIALISTA” E TENTA ENGANAR ELEITOR MUDANDO A COR VERMELHA PARA O VERDE E AMARELO QUE VARREU O PAÍS PRÓ BOLSONARO……A recente pesquisa do IBOPE deu larga vantagem ao BOLSONARO, tal qual agora a pesquisa da DATAFOLHA que confere e confirma a vantagem do candidato BOLSONARO (PSL) sobre o candidato de LULA do PT o HADDAD, cuja soma resulta EM 16 PONTOS, o que indica que o HADDAD poderá sofrer uma derrota vergonhosa.

DUAS ESTRATÉGIAS NOVAS DO HADDAD…..Os gurus do PT, tentam  caçar eleitores indecisos e do próprio BOLSONARO, com duas táticas novas, que a meu ver não funcionarão que são:

a) Troca da bandeira de cor vermelha do PT, pelas cores verde e amarelo da bandeira nacional, cujas cores foram adotadas pelos movimentos de rua contra a corrupção do próprio PT e de seus sócios. o PMDB, PP, etc.

A TROCA DAS CORES…..

 

 

 

 

b) Projeto “esconde o LULA”, que se refere a tática de deixar o LULA em segundo plano na campanha de HADDAD, para mascarar que o LULA  não está orientado o HADDAD, de quem semanalmente recebe ordens, possibilitando assim sofrer fortes críticas de CIRO GOMES (PDT) e do BOLSONARO, que alegam que o candidato de fato é o LULA e não o HADAD. (Ref. O Globo).  

 

Datafolha: Bolsonaro tem 58%, e Haddad, 42%

RIO — A primeira pesquisa de intenção de voto divulgada após o início do primeiro turno mostra que Jair Bolsonaro (PSL) tem 16 pontos percentuais de vantagemsobre Fernando Haddad (PT). Segundo o Datafolha, o capitão da reserva tem 58% dos votos válidos, contra 42% do petista.

O levantamento mostra que 8% do eleitorado pretendem votar em branco, e 6% querem anular. Esses eleitores são descartados na hora de contabilizar os votos válidos.

Maioria do eleitorado, o voto feminino aparece dividido na pesquisa, em situação de empate técnico. Já o voto masculino dá vantagem a Bolsonaro.

Haddad sem Lula, e Bolsonaro fora de debates

Com intuito de dar guinada na campanha, Haddad trocará a cor vermelho pelos tons verde, amarelo e azul , que nos últimos anos passaram a ser usados por movimentos de combate à corrupção. Na TV, o petista também reduzirá a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A campanha na TV, aliás, terá menos debates do que o acordado pelos dois candidatos. A cúpula do PSL quer que Bolsonaro participe de apenas dois eventos no segundo turno. A presença nos primeiros debates está descartada . Haddad reagiu com ironia à decisão do rival, que rebateu.

CHEGANDO A HORA DOS “AJUSTES” NAS PESQUISAS…..BOLSONARO DISPARANDO NAS PESQUISAS REAIS….TEM 32%

ELEIÇÃO PERTO….AJUSTE CERTO….Como o dia da eleição está se aproximando, os institutos de opinião pública estão fazendo “ajustes” nas pesquisas, trazendo os números mais próximos da realidade efetiva dos prováveis votos nas urnas, e não mais atendem ou fazem jogo conveniente a este ou aquele candidato, na base de “encomenda”  de pesquisas, para assim não darem resultados fictícios com provável desmoralização do instituto,

PERSEGUIÇÃO AO BOLSONARO.   Até hoje, os institutos de pesquisas e a Rede Globo, sempre jogaram contra o BOLSONARO, tal qual fizeram em pesquisas tendenciosas, com baixos índices a ele,  pois lhe davam sempre  percentuais muito abaixo do que se via nas ruas do país…..Agora, com o dia da eleição perto, os ajustes aparecem mais rápidos….(Ref. Isto É)

 

 

 

Datafolha: Bolsonaro cresce e atinge 32%; Haddad tem 21%

Datafolha: Bolsonaro cresce e atinge 32%; Haddad tem 21%

Estadão Conteúdo

 

Pesquisa Datafolha divulgada na noite desta terça-feira, 2, mostra que o deputado Jair Bolsonaro (PSL) abriu diferença de onze pontos porcentuais e se mantém na liderança da disputa pela Presidência com 32% dos votos. Fernando Haddad (PT) oscilou um ponto para baixo, com 21%, seguido por Ciro Gomes (PDT), que tem 11% e se manteve no mesmo patamar da última pesquisa.

O quarto colocado é Geraldo Alckmin (PSDB), com 9%, que oscilou um ponto para baixo. Os dois estão em empate técnico, já que a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos. Marina Silva (Rede) tem 4%.

O levantamento vai na mesma linha do que mostrou o Ibope/Estado/TV Globo desta segunda-feira, 1º, quando Bolsonaro cresceu quatro pontos e o petista ficou estagnado. Assim como no Ibope, a rejeição a Haddad cresceu no Datafolha.

O aumento, que no outro instituto foi de 11 pontos porcentuais, foi de nove pontos na pesquisa de hoje — ou seja, passou de 32% para 41%. Bolsonaro, por outro lado, oscilou um ponto para baixo em seu índice de rejeição, com 45%. Segue sendo a taxa mais alta entre os presidenciáveis.

O Datafolha entrevistou 3.240 eleitores em 225 cidades nesta terça-feira. A margem de erro é de dois pontos porcentuais, para cima ou para baixo. O índice de confiança é de 95%, o que quer dizer que há 95% de chances de os resultados refletirem o atual momento eleitoral.

O levantamento foi contratado pelo jornal Folha de S.Paulo e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-03147/2018.

 

Veja os números completos:

João Amoêdo (Novo): 3%

Alvaro Dias (Podemos): 2%

Henrique Meirelles (MDB): 2%

Cabo Daciolo (Patriota): 2%

Guilherme Boulos (PSOL): 0%

Vera Lucia (PSTU): 0%

João Goulart Filho (PPL): 0%

Eymael (DC): 0%

IBOPE DIVULGA AVANÇO DE DEZ PONTOS DE BOLSONARO SOBRE O PETISTA HADAD…..

AJUSTE VERDADEIRO DAS PESQUISAS……Pesquisa em fase de campanha eleitoral, dizem, ela é feita em acordo com quem encomenda a pesquisa, e trabalha-se com o percentual de margem  de erro, para mais ou para menos.   Caso a margem  de erro seja de 3 % para mais ou para menos, temos uma diferença total de 6% para distribuir ao candidato que encomendou a pesquisa.

 

 

DO AJUSTE DOS DADOS DE PESQUISA…..Na medida em que chega o dia da eleição, os institutos das pesquisas de “encomenda”, vão ajustando os dados pesquisados e os ajustam a realidade, para que não caiam no ridículo da malandragem das pesquisas de “encomenda”, pois os votos apurados na urna têm que bater um mínimo com as “pesquisas”…..Vejam este ajuste desta nova pesquisa do IBOPE, que dá o BOLSONARO COM DEZ PONTOS ACIMA DO HADAD…..Com certeza, caso existam manipulações nos dados do segundo turno, teremos também novos ajustes, pois nos parece aqui, que as projeções do segundo turno, também poderão entrar no esquema dos “ajustes” para não desmoralizar determinados institutos de pesquisa de opinião pública….(Ref. Em.com.br)

 

Jair Bolsonaro

Deputado Federal pelo Rio de Janeiro

 

 

 

Ibope: Bolsonaro cresce quatro pontos e vai a 31%; Haddad se mantém com 21%

Abaixo aparecem Ciro Gomes (11%), Alckmin (8%) e Marina Silva (4%)


Estado de Minas

postado em 01/10/2018 21:05 / atualizado em 01/10/2018 21:59


Pesquisa Ibope/Estado/TV Globo divulgada na noite desta segunda-feira indica crescimento de quatro pontos percentuais de Jair Bolsonaro (PSL), que chegou aos 31%. Fernando Haddad (PT) manteve os 21% do levantamento do último dia 26.

 

Abaixo dos dois aparecem Ciro Gomes (PDT), que oscilou de 12% para 11%, Geraldo Alckmin (PSDB), com os mesmos 8% da última pesquisa, e Marina Silva (Rede), que caiu dois pontos percentuais e chegou a 4%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Veja os resultados completos a seguir:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 31%
  • Fernando Haddad (PT): 21%
  • Ciro Gomes (PSL): 11%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
  • Marina Silva (Rede): 4%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 1%
  • Guilherme Boulos (PSOL), Vera Lúcia (PSTU) e Eymael (DC): 0%
  • João Goulart Filho (PPL):
  • Branco/Nulos: 12%
  • Não sabe/Não respondeu: 5%

Segundo turno

Em relação à pesquisa anterior, a vantagem de Bolsonaro para Haddad subiu de seis para dez pontos percentuais. No segundo turno, os dois empatam com 42%.

Num eventual segundo turno entre Jair Bolsonaro e Ciro Gomes, melhor para o pedetista: 45% contra 39% do militar da reserva. Veja todos os cenários questionados pelo Ibope a seguir:

  • Fernando Haddad (PT) 42% x 42% Jair Bolsonaro (PSL) (branco/nulo: 14%; não sabe: 3%)
  • Ciro Gomes (PDT) 45% x 39% Jair Bolsonaro (PSL) (branco/nulo: 13%; não sabe: 3%)
  • Geraldo Alckmin (PSDB) 42% x 39% Jair Bolsonaro (PSL) (branco/nulo: 17%; não sabe: 3%)
  • Jair Bolsonaro (PSL) 43% x 38% Marina (Rede) (branco/nulo: 17%; não sabe: 2%)

Rejeição

Eleitores ouvidos pelo Ibope também responderam em quais candidatos “não votariam de jeito nenhum”. O maior percentual foi o de Jair Bolsonaro (44%). Em seguida, aparecem Haddad (cuja rejeição subiu de 27% para 38%), Marina (25%), Alckmin (19%) e Ciro Gomes (18%). O resultado completo foi o seguinte:

  • Jair Bolsonaro (PSL): 44%
  • Fernando Haddad (PT): 38%
  • Marina Silva (Rede): 25%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 19%
  • Ciro Gomes (PDT): 18%
  • Henrique Meirelles (MDB), Cabo Daciolo (Patriota), Eymael (DC) e Guilherme Boulos (PSOL): 10%
  • Vera Lúcia (PSTU) e Alvaro Dias (Podemos): 9%
  • João Amoêdo (Novo): 8%
  • João Goulart Filho (PPL): 7%
  • Poderia votar em todos: 2%
  • Não sabe/não respondeu: 6%

O Ibope entrevistou 3010 eleitores em 208 municípios entre 29 e 30 de setembro. O nível de confiança da pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-08650/2018, é de 95%.

Registrar 0% significa que o candidato foi citado, mas não atingiu 1%; traço significa que o candidato não foi citado nenhuma vez pelos entrevistados.

ESTÍMULOS ELÉTRICOS AUXILIAM DEFICIENTE A REAPRENDER A ANDAR…

AVANÇA POSSIBILIDADE DO FIM DAS CADEIRAS DE RODA?   As experiências em fase experimental indicam a possibilidade de que deficientes possam novamente a andar, através de estímulos elétricos…..(Ref. Galileu)….

 

Implante de medula espinhal ajuda pacientes a andarem de novo

25/09/2018 – 12H09/ ATUALIZADO 12H0909 / POR REDAÇÃO GALILEU

Kelly Thomas conseguiu caminhar com um andador após 81 sessões de estímulos elétricos (Foto: Tom Fougerousse/University of Lousiville)

Pesquisadores dos Estados Unidos aplicaram um dispositivo que estimula a medula espinhal por meio de atividade elétrica em cinco pacientes paraplégicos. Os resultados indicam que três pessoas já conseguiram caminhar novamente. Segundo os estudiosos, o item foi usado em conjunto com treinamento físico.

“É incrível poder vê-los dando seus primeiros passos”, disse Claudia Angeli, do Centro de Pesquisa de Lesão Medular na Universidade de Louisville, nos EUA, co-autora do projeto, que foi publicado no periódico New England Journal of Medicine

Angeli e seus colegas implantaram 16 eletrodos na parte inferior das costas de pacientes que haviam perdido o movimento de seus membros inferiores. O dispositivo, desenvolvido há alguns anos para o controle da dor, foi colocado abaixo do local da lesão de cada pessoa, cobrindo regiões que enviam sinais sensório-motores para as pernas. Enquanto isso, uma bateria era implantada na parede abdominal, permitindo que a frequência, intensidade e duração do estímulo fosse ajustado sem fio. De acordo com o relatório, a atividade elétrica produzida pelos músculos das pernas foi monitorada durante as sessões.

A abordagem, chamada de estimulação epidural, atua com base no princípio de que existem pequenos sinais do cérebro que atravessam o local da lesão da medula espinhal – mesmo que não sejam suficientes por si só para gerar movimentos voluntários.

A cientista acredita que quando o dispositivo implantado é ligado, a atividade elétrica aumenta a agitação da medula espinhal, ou seja, a torna mais alerta. “É como se fosse mais consciente, na verdade, e pode ouvir esse pequeno sussurro do cérebro que ainda está lá e pode gerar o padrão motor”, explicou Angeli, acrescentando que o treinamento físico foi crucial para os resultados da pesquisa.

Após a aplicação do dispositivo e treinos, dois pacientes foram capazes de andar. Kelly Thomas, de 23 anos, caminhou com um andador após 81 sessões de estímulos durante 15 semanas. “Ser uma participante neste estudo realmente mudou minha vida, visto que me proporcionou uma esperança que eu achava que não seria possível depois do meu acidente de carro”, disse. 

Já o paciente Jeff Marquis conseguiu andar pouco mais de 90 metros sem interrupção depois de 278 sessões ao longo de 85 semanas. Outras duas pessoas ficaram de pé e sentaram sozinhas. E um paciente deu alguns passos em uma esteira com apoio.

Um outro artigo de pesquisadores da Clínica Mayo e da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), publicado na revista Nature Medicine, também relatou sucesso com a mesma abordagem. Após 43 semanas de treinamento com o implante, Jered Chinnock, de 29 anos, conseguiu andar em uma esteira com ajuda de profissionais e segurando em barras. Ele, no entanto, não recuperou a sensibilidade das pernas.

“A própria mente do paciente é capaz de conduzir o movimento nas pernas”, afirmou Kendall Lee, da Mayo Clinic. Contudo, ele ressaltou que o mecanismo ainda permanece pouco explorado. “Você precisa fornecer um tipo muito específico de estímulo. Algo aleatório não funciona.”

A pesquisadora Angeli falou que programar o aparelho para dar os melhores resultados leva tempo, e que há um bom equilíbrio a ser atingido ao sintonizar a intensidade do estímulo. Se for muito baixo, os sinais cerebrais ainda não serão “ouvidos”, enquanto, se for muito alto, poderá desencadear movimentos involuntários das pernas.

(FOTO: OBSERVADOR)