PARANÁ DO DESPERDÍCIO

O jornal  “O Paraná  – jornal de fato”, na edição de 27/9/09, publica  extensa e detalhada reportagem sobre obras inacabadas no Estado do Paraná, com desperdício de recursos públicos estimados em R$ 34 milhões.

Entre a farra feita com a grana dos paranaenses, constam  a paralização da construção da rodovia de Corbélia – Cafelândia;  o Teatro de Assis Chateaubriand e o Portal do Parque em Santa Tereza, cujas paralizações já vem de governos anteriores. Mas  aqui se pergunta, porque o Requião não deu continuidade  nestas obras ?  Por vingança de caráter  político?  É esse tipo de atitude dos governantes que não poderiam ocorrer.  Deveríamos  ter uma lei obrigando os novos prefeitos,  governadores e presidente da República, a concluirem as obras dos seus antecessores, mesmo que não gostem delas, pois assim este País deixaria de ser um campeão mundial de obras paralizadas e de desperdício  do dinheiro que não é deles.  É do povo.

imagemEstrada  Corbélia-Cafelandia  e  o Portal  (obra discutível, do Parque Sta. Tereza). Fotos do jornal  “O Paraná”  de 27/9/09.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: