BRASIL CAMPEÃO MUNDIAL EM LIXO ELETRÔNICO

A Universidade de São Paulo, tem um departamento de estudos e destino do lixo tóxico produzido pelos brasileiros, de micro computador a geladeira. Aí vão os dados de mais um título negativo de “campeão do mundo”: São mais de 90 toneladas de micros, impressoras, geladeiras etc. jogados fora anualmente “neste país”. Não existem leis que regulem o destino deste lixo altamente tóxico, pois estas peças contém  cádmio, chumbo e mercúrio, cujos elementos ao relento, acabam penetrando no solo pela água da chuva e vão contaminar o lençol  freático, quando não atacam os pobres dos lixões que manuseiam os restos destes aparelhos.  Na Europa desde 2002 eles têm leis reguladoras deste desastre, obrigando aos fabricantes o retorno dos aparelhos velhos, para re-industrialização.  Aqui “neste país das bolsas famílias”  do Lula, há muito anos projetos semelhantes dormentes  nas gavestas do Congresso Nacional, por pressão dos fabricantes.  A solução está nas mãos do Lula e do ministro Mink que estão a quase dez  anos no poder, e “dormem nas palhas”, e roncam  gostosamente no sono que nos polui nestas 90 toneladas de lixo tóxico.  No Estado do Paraná, e na nossa famosa Curitiba, apelidada de “Capital Ecológica”,  o que fizeram os seus governantes nestes  últimos quinze  anos ?   Absolutamente nada. Em Curitiba tem somente um programa claudicante de coleta de pilhas ou baterias de celulares e rádios de pilhas.

Fonte/Imagem: http://lh3.ggpht.com/_YuPT2QzdMsg/Svl72flgghI/AAAAAAAABiw/rj2tAYcBNrc/image_thumb3.png?imgmax=800

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: