Archive for Abril, 2010

DESCASO COM PARANAGUÁ DE MAIS DE 20 ANOS

A pedido de meu amigo, advogado, Dr. Homero  Rasbold, que reside em Morretes, aí vai um artigo sobre o descaso com que os governantes do Estado trataram e tratam Paranaguá, Antonina e todas as demais cidades de nosso Litoral:

MAIS  RESPEITO  COM  PARANAGUÁ  E LITORAL

 

A cidade de Paranaguá, berço histórico do Paraná, há décadas vem sendo esquecida pelos diversos governos  dos últimos 30 anos. O mesmo ocorrendo com as demais cidades de nosso litoral,  especialmente no que toca ao turismo,  grande esperança de riqueza, que não desenvolve em face de falta de investimentos públicos.

Nossos portos de Paranaguá e Antonina, molas do desenvolvimento econômico da Região, entraram no esquecimento e permaneceram estáticos no tempo,  de modo até melancólico e lamentável,   já que os demais portos do País estão sendo modernizados,  ao custo de bilhões de reais,  com  reformas e aumento de  seus berços de atracação, além da construção novos portos, tal qual é o caso do novo porto de Itapoá em Santa Catarina,  construído em nossas barbas, o qual vai movimentar já este ano mais de 300 mil containeres por ano.  Inaceitável essas discriminações contra o Paraná.

Estive em Paranaguá, Morretes e Antonina, quando falei com a população e distribui pelas ruas um jornal que edito, “Jornal Eletrônico” de Lineu Tomass, onde consta um projeto para construção do PORTO ATLÂNTICO SUL, de autoria dos arquitetos Airton Lolô Cornelsen e José Coelho,   cujo projeto  está engavetado há mais de 20 anos e foi ignorado completamente por todos os governadores que passaram pelo Palácio Iguaçu.

Foi um descaso absurdo, burro, que prejudicou sensivelmente não só o desenvolvimento econômico de Paranaguá e Litoral, mas também prejudicou muito mais a economia de nosso Estado.  Nosso atual Porto não mais espaço de ampliação.  É necessário se construir um novo porto.

Caso estes ex-governantes, teimosos, brigassem menos ou tivessem o interesse mais voltado ao povão, do que aos seus interesses políticos pessoais e carreiristas, com certeza hoje já teríamos o PORTO ATLÂNTICO SUL, construído na Ilha Rasa da Cotinga, com 7.500 metros de cais para mais 25 navios, além dos doze de Paranaguá. Imaginem quantos empregos seriam gerados só na construção deste novo porto, e quantos milhões a mais seriam movimentados no comércio de Paranaguá ?

É lamentável que o isto esteja  ocorrendo com Paranaguá e nosso Litoral como um todo, pela sonolência modorrenta de mais de 20 anos de nossas lideranças políticas.  Paranaguá, Antonia  e  nosso  povo do Litoral,  defitivamente merecem mais respeito.

LINEU TOMASS. jornalista e advogado.

Anúncios

PAULO BERNARDO DETONA REQUIÃO

Está na mídia a declaração do ministro Paulo Bernardo, onde ele detona o Requião. Disse o Bernardo:  “CASO TIVESSE  HAVIDO UMA ARTICULAÇÃO BEM FEITA, COMO  A  QUE OCORREU NO  CONGRESSO NACIONAL ENVOLVENDO O   GOVERNO DO ESTADO  A MULTA  PODERIA TER  SIDO CANCELADA  HÁ  TRÊS  ANOS ” .  Paulo Bernardo não ficou só nessa declaração e deu mais umas alfinetadas no Requião, quando elogiou o trabalho do governador Pessuti dizendo que ele mostrou que “TEM DISPOSIÇÃO PARA O TRABALHO E PARA O DIÁLOGO E POR ISSO CONSEGUE RESULTADOS “.  Será que o ministro quiz dizer que ao Requião faltaram estas qualidades que o Pessuti apresentou ?  Ou será que estas conquistas do governador Pessuti foram “negociadas”  politicamente com dois avanços do Paulo Bernardo ?  Um seria o acordo  político com o Pessuti para armar um palanque para a Dilma, e outro (de ” nhapa” ou de sobra), foi a oportunidade de uma estocada no adversário briguento do Requião. Não estariam aí as facilidades  desta conquista rápida do Pessuti, (E  FUNDAMENTALMENTE DO SENADOR OSMAR DIAS), com o SINAL  VERDE  IMPRESCINDÍVEL DO MINISTRO PAULO BERNARDO E DO LULA ?   Voce decide !  OBS.  A  “multa” era  de R$ 7 milhões p/ mês, contra o Estado do Paraná, pelo não pagamentos dos títulos podres recebidos pelo BANESTADO, que estão nas mãos do Itaú.  Volto neste assunto que não acabou.

BETO RICHA AINDA NA CORDA BAMBA

O processo contra o ex-prefeito Beto Richa, do caso “comitê-lealdade “,   (imaginem se não fosse),  que envolveu distribuição de grana   com suspeição de compra de candidaturas a vereador, vai prosseguir normalmente na 1a. Zona Eleitoral para julgamento. Trocando em miúdos a situação do Beto Richa retorna ao estilo de corda bamaba  do “circo” da política, pois isto significa dizer que o Beto vai percorrer o Paraná na sua pré-campanha,  com uma pedra no sapato a lhe incomodar. Caso o Beto seja condenado (embora não seja mais prefeito),  poderá ficar inelegível no mínimo por três anos.  Este processo sem dúvida alguma é uma baita dor de cabeça para o Beto  Richa.  Derrotado, Beto  poderá recorrer ao TRE do Paraná e depois até o TSE em Brasília.  Beto tem que decidir isto de modo rápido. Se o resultado vier  DEPOIS DA ELEIÇÃO e o Beto ganhar a eleição de governador, e se for condenado ele perde o mandato de governador.  Daí a necessidade da URGÊNCIA DESTAS DECISÕES,  nas  três Instâncias.

RICARDO BARROS FORA DO ACORDO COM O PT

O deputado federal e presidente do PP, Ricardo Barros está descontente com o PT por insistir na candidatura de Gleisi Hofmann, pois isto estreita uma aliança mais ampla dos partidos de apoio do Lula  no Paraná.  Ouvi por aí que nestas condições o Ricardo,  desiste de sua candidatura ao Senado, e buscará uma aliança com o tucano Beto Richa, pleiteando a vaga de vice para o PP.

OSMAR DIAS E REQUIÃO FORA DO ACORDO PT

Recebi hoje uma informação de pessoa do círculo político pessoal  doministro  Paulo Bernardo, dando conta que definitivamente o senador Osmar Dias está descaartado de acordos políticos com o PT, inclusive com o carimbo do Lula.  Os entendimentos do  PT já estão se consolidando com o  PMDB da  ala do governador Pessuti.  Assim ficam fora dos acordos do PT, o ex-governador Requião (PMDB) e o senador Osmar Dias (PDT) .  Isto talvez explique o porque do Requião estar conversando com Osmar Dias. Claro que o Requião vai dar tiros para todos os lados, e não vai deixar barato este acordo do Pessuti, no estilo da frase: “ACORDO ? DENTRO  DO  MEU PMDB  E AINDA COM MEU  DESAFETO,  ESSE  PAULO BERNARDO ?  NEM  PENSAR” .  Requião deve fazer mais barulho do que britadeira de quebrar asfalto. Vai deixar todo mundo surdo e louco de tanta zoeira.  Essa briga vai ser boa.  Teremos muito assunto até o dia 30 de junho de 2010.

BALANÇO FINAL DO GOLPE “BANESTADO”

O senador Osmar Dias, acaba de dar um balanço sobre o GRAVE PREJUIZO DADO NO QUE EU CHAMO DE “GOLPE DO BANESTADO”. Osmar Dias conseguiu aprovar a extinção da multa que o Tesouro Nacional do Lula, estava impondo ao Paraná. O triste é o registro do prejuizo final que o povo do Paraná  teve com este grande golpe do Banestado. Segundo Osmar Dias, O PARANÁ  VAI AMARGAR  UM PREJUIZO  FINAL DE R$  10 (DEZ)  BILHÕES   DE  REAIS.  O Paraná  “vendeu”  o Banestado e por esta  “venda” ,   nós paranaenses   vamos  ter que  engolir  talvez um dos maiores GOLPES  DA HISTÓRIA  DENTRO DE UM GOVENO DE ESTADO.  Muita gente ficou bilionária com este golpe a custa do suor dos paranaenses. DETALHE. Segundo publicado na mídia o Paraná paga mensalmente R$ 65  MILHÕES DE REAIS, DESTA FALSA DÍVIDA,  CUJAS PRESTAÇÕES VÃO ATÉ  2029.  PORTANTO  FALTAM  “SÓ”   19 ANOS. 

PAULO BERNARDO ARQUIVA REQUIÃO

Acabo de ouvir entrevista do ministro Paulo Bernardo, que pura e simplesmente descartou o Requião em possível conversas de alianças  do   PT  com o PMDB. Disse Bernardo; “vamos conversar com o Pessuti e com o Valdir Pugliesi que é o presidente do PMDB. Não conversamos com que quer agredir e só brigar”, referindo-se ao ex-governador Roberto Requião. Aí está o resultado da briga  REQUIÃO  x  PAULO  BERNARDO.  Resta saber o que vai fazer o Requião mediante este  “desafio-descarte”   do Paulo Bernardo, já que o Requião tem o domínio e maioria no Diretório Estadual do PMDB que vai decidir sobre as alianças  e candidatos,  e até ao governo.  Qual será a reação do Requião ?  Bate duro ?  Aceita o descarte do Bernardo ?