Archive for Maio, 2010

SANEPAR E A CURITIBA ECOLÓGICA

 

Esta cena ví hoje pela manhã, na rua Emilio Cornelsen.  Um encontro de manilhas, que recebe água de fossa de diversos prédios vizinhos,  cheirando água de cocô.  Este é um dos pontos “calcanhar de aquiles” de Curitiba, que  deslustra os eufóricos e áulicos na badalação de nossa Capital mundo afora.  Cidade que joga 50 %  (OU MAIS ?),   de seus efluentes e resíduos  de fossas domésticas nas valetas, nos córregos e rios, não pode ser classificada como  “capital ecológica”.  A Prefeitura e a SANEPAR, têm um projeto para corrigir isto em Curitiba ? Para quando ?

 

POR ISSO QUE É “BOCA MALDITA”. NINGUÉM É DONO

 Neste´último sábado, quem ganhou a  “guerra   do põe e tira “, das fotos das garotas de programa,  foram as garotas.  A dita senhora não apareceu por lá neste final de semana.  Até parece que elas aumentaram o número de fotos, para se  vingar  da  dita “senhora”.  Esta é a marca  registrada da Boca Maldita, cujo espaço democrático, nem a repressão da “ditadura militar de 64”  conseguiu vencer.  A Boca Maldita de Curitiba, é mesmo uma passarela da democracia e do contraditório.  Em um certo sábado passado, no fervo da Boca, ví uma senhora bem vestida, cabelos compridos, vestido até as canelas, com  pinta  de ser  ativista de religião  ou ação moralista, cuja distinta senhora  parava  em todas as cabines de telefone público,  e retirava as  pequenas fotos de garotas  de programa, cujas fotos  são colocadas constantemente por um rapaz qualquer,  nas frestas da pequena cabine telefônica, como se vê na foto.  Este é um dos meios das garotas de programa de Curitiba  se oferecerem,  com registro de telefone para contato. 

 

CRÍTICAS AO “TÚMULO” DA SELEÇÃO

 
 
 

Uns gostaram outros não, desta “homenagem”  a  seleção brasileira, feita pelo prefeito Luciano Ducci.  O advogado Amaral, um dos ícones da Boca Maldita, estava lá, no pé  do “monumento”  (?) ” ou  “placa homenagem”, e criticava sem parar.  “Isto aqui mais parece um túmulo (tem até um canteiro de florzinha) do que  um  momumento de homenagem para a seleção”,  disse Amaral.   Olhando bem, a gente nota que realmente esta homenagem é de mau gosto e lembra sim, um túmulo.  Tomara que não seja um prenúncio do que poderá acontecer com a  nossa seleção na África.  Vá ver o “monumento ou túmulo”.  Está na Praça Ozório, ao lado do relógio, pertinho da Boica  Maldita.

 

A GRANA DO ESTADO MÍNGUA E A MALANDRAGEM CRESCE

Quem iniciou este esquema de distorcer malandramente  a verba para a saúde, foi a Marta Suplici, quando prefeita de São Paulo.  Ela, não tendo grana suficiente para seu plano de governo e suas promessas,  “LANÇOU NA CONTABILIDADE DA PREFEITURA OS GASTOS DE SANEAMENTO, COMO SE FOSSEM GASTOS NA SAÚDE “.Resultado.  A moda pegou,  até aqui no Paraná.  O ex-governador Requião fez o mesmo com o PROGRAMA DO LEITE.  LANÇOU OS VALORES COMO SE FOSSEM PARA A SAÚDE.  A exigência legal é para que os  Estados destinem 12 % do orçamento nos gastos com  A  SAÚDE .  Mas como o brasileiro é um baita malandro esperto, criaram essa “interpretação”, com alegação de que,  “SANEAMENTO É SAÚDE “.  Ou,  o  “LEITE  É   SAÚDE “.  Ora pipocas, podem influir na saúde, mas fazer esta distorção é abusar da inteligência de qualquer um.  Pode sim,  influenciar na saúde das pessoas, mas não é remédio, não é operação cirúrgica,  e não  é exame de saúde de complexidade, que hoje faltam de forma gigante na saúde pública.  O melhor seria que estes governantes  assumissem  a verdade, fria e chocante, de que,  OS ESTADOS  E  MUNICÍPIOS  BRASILEIROS  ESTÃO  LITERALMENTE   QUEBRADOS, E DEVIAM EXIGIR NACIONALMENTE UMA REFORMA TRIBUTÁRIA, TAL QUAL ESTAMOS PROPONDO.  Os governadores fizeram e fazem o jogo do Palácio do Planalto  (DON PEDRO LULA  III), e do sistema  tributário  escorchante imposto pela União, que suga os recursos dos municípios e mata o processo legítimo de nossa democracia,  inclusive com estas inovações desta malandragem crescente,  de mascarar os lançamentos contábeis malandramente.  REFORMA TRIBUTÁRIA  RADICAL  É, URGENTE.  CHEGA DE ENROLAÇÃO !  

MÍDIA ENTROU NO JOGO PSDB/PDT/PT/PMDB ?

Há mais de três meses  os líderes do PSDB, PT, PMDB  e do PDT do Paraná, (os cardeais da política do Paraná), estão fazendo um jogo  da espécie “mídia-permanente” , com base nesse  “vai não vai”,   “coliga não coliga”, entre o Osmar Dias , o grupo de Beto Richa, ainda mais o PT de Gleisi Hofmann e por último o governador Pessuti do PMDB.    Proposital ou não, com conivência da mídia ou não, o fato é que tanto o Osmar Dias,  quanto Beto Richa e seus líderes não saem da mídia, e a toda semana provocam um fato qualquer de ameaça de coligação,  para retornarem nas Tvs. rádios e jornais, e enrolam sempre, cada vez mais a tudo e a todos.  A mídia entra nessa.  Seria de propósito ou estão “de  combinação”  ?  Agora pouco o Mazza e José Wili, na rádio CBN criticaram  este “coliga não coliga”,   este  “sou, não sou candidato”  etc.  Até quando vamos nesse “vai não vai” ?  Vamos  aguentar mais um mês?  Mazza critica os candidatos que querem  ser  “ungidos”, com pretensão de ganhar antecipadamente a eleição. ” Isto não existe  “, disse ele.  Acertos dos “caciques” e os “acordos prévios”  desdenham a vontade do eleitor, empobrecem o debate político, por suprimir discussão  sobre a realidade de nosso Estado e afastar debates sobre idéias, ideais  e propostas, trocados por uma novela do vai não vai.  Chega desse marketing vazio na política.  O povo precisa de propostas sérias para poder  escolher bem, mas,  em cima de projetos e idéias sólidas  e sem melodrama.

A VOZ DAS RUAS CARENTE DE MÍDIA DA VERDADE

Neste domingo, dia 30 fui na Boca Maldita e logo em seguida no Bar do Stuart para um chopp com o Ratinho (SBT) seus assessores, o Mendes, o ex-vereador JP, e o Roberto Favreto (analista comercial) da  “Rocha Top” , empresa que atua na área portuária.  Falamos  sobre a carência afogada do Porto de Paranaguá, quando aproveitei para distribuir a essa turma um exemplar do meu “Jornal Eletrônico”, com detalhes do projeto do PORTO DO ATLÂNTICO SUL , que prevê a construção de um novo porto em Paranaguuá na Ilha Rasa da Cotinga, cujo folheto já foi  publicado neste blog.  É  de autoria do arquiteto Lolô Cornelsen.  É interessante ver a reação e a polêmica que se provoca junto a população, com um projeto grandioso destes.  É também  lamentável  notar que  muitos se acomodaram ao ver o Paraná nesta pobreza de 20 anos em  obras relevantes de infra-estrutura.   Em seguida saí do Stuart e fui para a calçada onde encontrei com uma família curitibana (8 pessoas), com os quais conversei.  A indignação com os políticos está na ponta da língua do povo.  Cobraram o projeto ficha limpa e estão carentes de melhores informações sobre o Paraná.  Neste instante percebi como é massacrante a mídia no Paraná,  que só dá atenção aos cardeais da política e que estão no poder,  logicamente os que têm recursos (inclusive públicos), para financiar  sua mídia pessoal, onde escondem as verdades sobre a política do Paraná, pois  nossa mídia fica tão somente  a serviço de  seus projetos pessoais e carreiristas,  de continuidade no poder.  Pobre povo desinformado do Paraná.  Precisamos  desnudar as verdades de nosso Estado, escondida hoje a peso de ouro, (quase sempre paga com recusos públicos), na conivência  da direção de boa parte da pobre mídia do Paraná, de um lado,  mas que,  por   ” outro  lado ” enriquece sempre mais.

APOSENTADORIA DE GOVERNADOR DO PARANÁ

Ouvi agora no programa do Mauro Moraes, críticas ao sistema de aposentadoria dos governadores do Paraná, que gira em torno da  “modesta  quantia” de R$ 20 MIL REAIS.  O Requião já tem direito a receber esta grana, desde a primeira vez que deixou o governo do Estado.  Lembro que,  quando  Requião disputou a eleição contra o José Richa, acusou-o  de estar recebendo esta gorda aposentadoria.  Chamavam-no  de:  “RICHA  O APOSENTADO”. Será que o Requião, NUNCA VAI RECEBER ESTA APOSENTADORIA ?  Ele, em tese teria direito a receber os atrasados de pelo menos cinco anos.  Parece que o ex-governador  Alvaro Dias, também não recebe esta grana.  Além desta  aposentadoria, Moraes disse que detonou um projeto imoral  (na saída do Requião deste Governo), que iria permitir que os ex-governadores ficassem  com CINCO OFICIAIS DA PM , para a sua proteção pessoal .  Estes fatos todos, não lembram a vocês  a tese sociológica do Gilberto  Freyre em seu livro,  atualíssimo,  ” CASA GRANDE E SENZALA”, cujo sistema prolifera até hoje ?  Detalhe, se o ex-governador  for desta para outra, a esposa continua recebendo a “pensão”. Com tudo isso aí, é de dar enjôo, lembrar que o Lula    VAI  VETAR um aumento de  7, 7 %  para os aposentados,  que estão a caminho, TODOS, DE GANHAREM UM SÓ SALÁRIO MÍNIMO, PELO ACHATAMENTO  IMPOSTO  PELOS GOVERNOS DO  PSDB  DO  FHC,   E PELO DO LULA  DO PT.   “HAJA  ENGOV”   PARA AGUENTAR ESSA GENTE.