Archive for 22 de Maio, 2010

DEU NO JORNAL “IMPACTO”.

MANCHETES.   1- PEDÁGIO VIROU DEBOCHE.  A matéria critica todos os governos, desde a implantação do pedágio nas estradas do Paraná, passando pelo governo do Requião e agora também pelo governo de Orlando Pessuti. Motivo. As empresas desfiguraram  totalmente  a finalidade original da licitação do pedágio, maculando seus objetivos, e tornando nulos  os atuais contratos,  atualmente desfigurados, assim  como  TORNARAM  SEM EFEITO  OS OBJETIVOS DOS CONTRATOS  ATUAIS,  MANCHADOS EM SUA ESSÊNCIA (obter obras via setor privado, além da manutenção das estradas).   Tudo isto com a conivência de todos os governos do Paraná , que concordaram POR   AÇÃO    (época do Lerner) ou POR OMISSÃO   (época do Requião e do Pessuti). Este  assunto tornou-se  muito  delicado e vai feder muito.  2  – DONO DA CENTRONIC  TENTA MATAR EX-MULHER. Sem comentários devido ao “segredo de justiça”.  3 –  PESQUISA MOSTRA QUE PESSUTI NÃO DECOLOU. A  notícia se refere a última pesquisa de candidatos ao governo do Paraná (Vox Populi).  4 –  CHIK JEITOSO, gurú das adivinhações vai ter programa de rádio e TV   (pg. 2).  5 -” OSMAR CONTINUA COMO PRÉ-CANDIDATO…..NO VAI NÃO VAI….”Esta notícia se refere ao fato do “vai não vai”  do Osmar Dias, na decisão de sua candidatura ao governo do Paraná.  Com o Lula em Brasília, ele é “tchuc huka”.  Com o PT no Paraná ele é tigrão, diz o Impacto na pg 6.           6  –  ” DINHEIRO  JOGADO FORA……”. Na pg.  12  o Impacto registra e critica que o prefeito de Matinhos, Eduardo Dalmora,  (Litoral do Pr), gastou R$ 290 mil reais em câmeras  para vigilancia da cidade, para uso somente na temporada.  Fora da temporada ele desliga ? E os delitos de inverno?

FALÊNCIA DA SEGURANÇA NO PARANÁ

Mais notícias sobre a falência da segurança no Paraná.  O Conselho Nacional da Justiça e o Ministério Público do Paraná, estão fazendo o chamado mutirão da justiça penal no Paraná, com revisões dos processos dos condenados, mas também estão checando as condições dos apenados nas prisões, COM  INTERDIÇÕES DE ALGUMAS   PRISÕES  DE DELEGACIAS.  DENUNCIARAM  A  PÚBLICO que,  a pior das cadeias do Estado está em Curitiba na  12a. Delegacia de Polícia.  É de estarrecer.  Esta cadeia tem 30 (TRINTA) VAGAS,  mas tem lá  149 (CENTO E QUARENTA E NOVE) presos.  OUTRA.  O roubo de cargas está em fase de crescimento e expansão no Paraná.  Neste primeiro trimestre de 2010, cresceu 17 %.  Foi de 87 roubos em 2009 para  126  neste ano de 2010.  A Federação dos transportadores de cargas do Paraná,  (Coronel Malucelli),    RECLAMA  NA BRONCA,  que o Paraná é um dos únicos Estados do país que não tem uma delegacia especializada em roubo de cargas.  No momento, este tipo de crime aqui  é  “combatido”, por uma seção anexa, na Delegacia de Estelionatos de Curitiba. 

A  SOLUÇÃO ?  Só com uma REFORMA TRIBUTÁRIA RADICAL é que poderemos colocar ordem na segurança pública do país.  Neste caso,   transferindo à polícia federal o combate ao crime organizado, tais como já são o tráfico de drogas e de armas , com trabalho em conjunto com a  POLÍCIA CIVIL  MUNICIPALIZADA, como responsável  pela segurança do cidadão, a partir das guardas municipais.  MOTIVO.  SEM DINHEIRO NINGUÉM FAZ NADA.  SEQUER SE   TOMA  UM ÔNIBUS PARA IR PARA CASA.