Archive for 4 de Janeiro, 2011

A ERENICE GUERRA ESTÁ EM PAZ COM PIZZA

A ex-ministra da Casa Civil do Lula, e ex-braço direito da Dilma, está em completa paz, pois o processo aberto  pela “Comissão de Ética” do Palácio do Planalto, decidiu que as acusações contra ela (de tráfico de influência), não puderam ser provadas.  Em outras palavras, ERENICE, sai desta livre leve e solta, deglutindo uma bela pizza gigante, o que a fará engordar mais uns quilinhos, embora emagreça mais  a grana pública.  O Brasil  continua sendo  mesmo o país da “Casa Grande e da Senzala”.

Anúncios

CARGA TRIBUTÁRIA DO LULA

Lula aumentou os tributos (impostos) nas duas gestões dele, em relação ao PIB-Produto Interno Bruto (soma de toda a riqueza anual produzida  em um ano no país), nesta escala:  Em 2002 era de 32,7 %; em 2004 foi para 34,5 %; em 2008  foi para 35,2 %, culminando em 2010  em 37 % cravados.  É o Estado fortíssimo, modelo que a Dilma defende, e ainda quer mais. O que virá por aí ?  CPMF de novo ?  Mais aumento nesta escala  ? (Ref. “Veja” 5/1/11 fonte IBPT).

CAMPANHA DO NÃO, NÃO, NÃO.

Caso a presidente Dilma inicie articulações para recriar A  CPMF , SUGIRO A TODOS OS BRASILEIROS, FAZEREM UMA CAMPANHA DO:  NÃO, NÃO, NÃO, contra a CPMF que poderá estar pintando por aí.  Nestes oito anos do governo do Lula, ele aumentou a carga  de impostos em  MAIS 4,2 % QUATRO VÍRGULA DOIS P/ CENTO.  Não cabe mais aumento de imposto. Preparem-se para esta campanha do NÃO, NÃO, NÃO.  Preparem-se.  A Dilma tem folgada maioria na Câmara Federal e no Senado .

 

DESAFIOS PARA OS NOVOS GOVERNANTES

Para quebrar a euforia desmedida  dos recém empossados governadores e da presidente Dilma, aí vão dois lembretes de nossa condição de país de terceiro mundo:

FALTA DE CRECHES NO PAÍS. Hoje a mídia nacional revela que faltam 9.600.000  (nove milhões e seiscentas mil) VAGAS PARA CRECHES NO PAÍS.  Este  descaso  empobrece mais ainda os mais pobres que poderiam aumentar sua renda por esforço próprio.

FALTA DE INFRAESTRUTURA  DE ESCOAMENTO DE  SAFRAS. Esta é de lascar.  Vejam o absurdo.  O produtor de soja do Noroeste de Mato Grosso do Sul,  paga o valor de 40 % de uma saca de soja ESCLUSIVAMENTE DE  FRETE, até o Porto de Santos. Somos um país “rodoviarista”,  sem rodovias, e com  alto preço nos fretes.  Faltam ferrovias e hidrovias, tal qual existem na Europa e Estados Unidos.