Archive for 25 de Fevereiro, 2011

NO PARANÁ INSEGURANÇA PÚBLICA EXPLODIU !

Drante três gestões  de governo do Sr. Roberto Requião e   ele batia no peito e se vangloriava a peso de muita mídia, sempre discursando  que a segurança pública no Paraná era a  MELHOR DO BRASIL !  Foram longos  DOZE ANOS de atitude exclusivamente  “marketeira”,  quando chegou ao cúmulo de,  ele próprio, assumir  o cargo de secretário da segurança, num ato temerário   do qual logo desistiu.  Nos dois  últimos mandatos,  foi escudado pelo secretário de segurança Sr. Delazari, o qual a cada avanço do crime, vinha com dados estatatísticos  sobre o crime, onde sempre alegava diminuição da criminalidade, cujos dados nunca batiam com a realidade das ruas.

FASE LERNER. Jaime Lerner, cumpriu dois mandatos como governador, criou os  “totens” em Curitiba, para ligação imediata dos assaltados com a polícia, sistema logo abandonado por ineficácia.  Foi outra gestão que pouco fez na segurança pública.  Ambos,  Requião e Lerner,  (SEM  GRANA), ao invéz de enfrentarem a questão da FALTA DE RECURSOS  NA SEGURANÇA,   E  ENTRAREM DE CHOFRE EM CAMPANHA PARA UMA REFORMA TRIBUTÁRIA NACIONAL, COM MAIS RECURSOS PARA A SEGURANÇA, preferiram o marketing, para passar falsa sensação de segurança ……e deu no que deu.  Hoje temos  o Paraná nas manchetes  como o Estado onde mais cresceu a criminalidade nos últinos dez anos, COM OITO ANOS DE REQUIÃO, E DOIS ANOS DE  LERNER.

SÓ UMA  REFORMA  TRIBUTÁIA RADICAL  PODE  SALVAR O PAÍS. Bato mais na tecla. O Gov. Federal fica com 60 % da arrecadação nacional,  os Estados ficam com 27 %  e os municípios (falidos),  ficam com 13 %.  A única saída para a solução da SEGURANÇA PÚBLICA,  (que no mínimo precisa dobrar seus efetivos),  É UMA REFORMA TRIBUTÁRIA QUE DESTINE MAIS E  MAIS RECURSOS  AOS ESTADOS E MUNICÍPIOS.  Afinal a vida de todos se dá no município e não  nos Estado ou na União.

Anúncios

A “SUTILEZA” DO MINISTRO GARIBALDI FERRA APOSENTADOS

Todos os políticos que chegam a ministro, mudam de lado.  Antes, agem com justiça (mesmo que interesseira), para com os aposentados.  Depois, como “otoridade” no governo, vão contra aquilo que defendiam no parlamento.  Este é o caso do atual ministro da Previdência Garibaldi  Alves. Vejam a sutileza de sua palavras, quando defende (agora), a manutenção do malfadado FATOR PREVIDENCIÁRIO, QUE  ROUBA  GRANA  DE MODO DESCARADO  NO SALÁRIO  DOS  APOSENTADOS.

O QUE DIZ GARIBALDI. 1 -“Não é possível simplesmente acabar com o fator previdenciário”.  2 – “É preciso encontrar um mecanismo para substituir o modelo atual “. 3 – ” APENAS A ELIMINAÇÃO DO FATOR  IRIA  DESREGULAR  AS  CONTAS  DA PREVIDÊNCIA “. É uma jóia de pronunciamento do Sr. Garibaldi.  Ora bolas,  as contas do INSS  estão “desreguladas” há anos, por incúria dos poderosos de Brasília, que usam a grana dos aposentados para garantir  sua renda excepecional, e depois vem com estas sutilezas malandras, que acabam sempre em prejuizo dos aposentados .

EDUARDO REQUIÃO COMPLICADO NO TRIBUNAL DE CONTAS

O Tribunal de Contas (PR), constatou 54 irregularidades na administração do Porto de Paranaguá, durante a gestão do Sr. Eduardo Requião, mano do ex-governador Requião.  Suas contas estão à caminho da  DESAPROVAÇÃO , por recomendação da Inspetoria que analisou a contabilidade do “Dudú”.   Vamos aguardar os acontecimentos e ver até que ponto haverá  isenção no julgamento deste “cardeal” da política do PR, por parte do TC/PR.

É MODA PRESIDENTE NOMEAR SEU ADVOGADO MINISTRO

O Lula errou quando nomeou o seu advogado particular como Ministro do STF-Supremo Tribunal Federal, o Sr. Tófoli, cuja nomeação ocorreu sob uma saraivada de protestos por diversos motivos, entre os quais, o fato do Sr. Tofoli ter sido advogado particular do Lula e do PT.   Esta nomeação foi  empurrada goela abaixo do Judicário, e da crítica, pela ligação personalíssima do Tófoli, com Lula e com o PT.

DILMA VAI REPETIR A DOSE ? Li  ontem na “Gazeta do Povo”,  que a Dilma,  teria indicado para uma vaga do STF (Supremo), a sua advogada, Sra. Luciana Lóssio, que trabalhou na campanha da Dilma.  Assim, é claro, os outros dois indicados na lista tríplice já estão fora.  Vai valer o critério  “petista” na nomeação.

CRITÉRIO DE NOMEAÇÃO É ERRADO. A NOMEAÇÃO  DOS  MINISTROS,  desembargadores dos Tribuanis nos Estados e dos ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e do STF (Supremo), deveriam  ser feitas, por concurso interno entre os juizes do país, e nunca, nomeados por critérios de escolha pessoal do presidente da República, (nos casos de ministros)  e dos governadores (no caso de desembragadores),  para assim se acabar com estas distorções históricas.

A FORÇA DA CORPORAÇÃO NA ASSEMBLÉIA PR

Os políticos antes da eleição, são adversários ferrenhos na disputa pelo voto do eleitor.  Passada a eleição, após tomarem posse,  os deputados forman então, uma forte corporação, onde todos protegem seus interesses numa  grande e forte corporação.  Os últimos acontecimentos na Assembléia Legislativa do PR, no caso dos grampos-escuta,  provam esta “auto defesa” do corpo, pois até agora, os ex-dirigentes da Assembléia, que teriam mandado instalar esta aparelhagem  ilegal, estão mudos, surdos e cegos, e nada falam, protegidos por toda a corporação.

INSTALAÇÃO DE APARELHOS DE ESCUTA É ILEGAL. Como a atitude de mandar instalar aparelhos de escuta em linhas de telefones, É  ILEGAL, os ex-dirigentes se esquivam e esta ilegalidade, fica sem autoria, o que é um absurdo.

PISTAS DE AUTORIA PUBLICADAS. O jornal a Gazeta do Povo de ontem publicou reportagem sobre esta assunto, onde pincei as pistas  que seguem.  Tirem suas conclusões.

1 – “Bloqueador de celular licitado pela Assembléia é de uso ilegal “. (quem mandou instalar ?).  2 -“Segundo a ANATEL, apenas as penitenciárias podem utilizá-lo.  Equipamento custou  R$ 24,3 mil e foi comprado ma gestão de |Nelson  Justus”.3 -“Alexandre Curi autorizou a compra do aparelho restrito”.

CAI A REELEIÇÃO? MUDA QUADRO SUCESSÓRIO

A introdução forçada pelo ex-presidente FHC  (PSDB), da figura da reeleição para os cargos de presidente, governador e prefeito, definitivamente não deu certo e aumentou a corrupção malandra  no uso da máquina pelo candidato no poder.  Isto é feito de modo descarado e sem vergonha, porque é lei.   Agora como o Senado está estudando modificações na lei eleitoral, a reeleição poderá ser extinta, e se iso acontecer este ano, NA ELEIÇÃO DE 2012 OS ATUAIS PREFEITOS  NÃO PODERÃO  SAIR CANDIDATOS, como é o caso  do prefeito de Curitiba,  o Luciano Ducci (PSB).

REVIRAVOLTA  NA SUCESSÃO EM CURITIBA. Esta notícia está desagradando não só o Luciano Ducci, como também é do desagrado  de muitos cardeais do PSDB.  Motivo.  Caindo a reeleição, seguramente o PSDB terá que lançar o  Gustavo Fruet a prefeito, e isto muda a composição hegemônica de hoje no PSDB, cujo bolo é dividido em dois pedaços, um para o grupo de Luciano e outro para o grupo de Beto Richa. No caso, então, o bolo terá que ser dividido em três pedaços (ou menos). O grupo de Gustavo Fruet, então, participaraá desta festa, onde  antigos   “convidados” terão que ficar de fora.  A possibilidade da extinção da reeleição é grande.  Vamos aguardar. Se acontecer a eliminação da reeleição, Beto Richa vai ter que dividir o  seu poder no PSDB/PR  com Gustavo Fruet, hoje relegado ao banquinho dos “reservas”, dos  “regra três”,  neste jogo pesado  onde disputa  a convocação para jogar,  contra o Luciano Ducci.