Archive for 21 de Junho, 2011

CURITIBANOS SÃO OS MAIS ENDIVIDADOS DIZ ESTUDO

Recebi email de minha  filha Lea, de Brasília, com ampla pesquisa da Federação do Comércio de São Paulo, sobre o endividamento das famílias das Capitais do país.  Curitiba aparece nas pesquisa como tendo o maior número de familias endividadas. A pesquisa foi feita para medir a capacidade de pagamento das dívidas dos brasileiros.

CONCLUSÃO DA PESQUISA.  “De forma geral, as famílias brasileiras mostram, em média, um cuidado na administração de crédito, tomando as medidas necessárias para manter o orçamento, o que afasta as teorias catastrofistas de um subprime da inadimplência “.  Esta pesquisa rebate os comentários internacionais sobre o excesso de crédito que rola no país.

“DE HELICÓPTERO” NEM PENSAR MAIS ! É DUPLAMENTE PERIGOSO

“AVIÃO DE ROSCA”  É PERIGOSO.   Dois governadores em pouco mais de dois meses, levaram um azar danado, quando usaram helicópetros nas suas andanças por aí, nesse aparelhinho danado, também conhecido  como “avião de rosca”.

 O PRIMEIRO  AZAR.  Um deles foi o governador Beto Richa (PSDB) do Paraná, que foi a São Paulo, concertar o “tendão do achiles”, e ao se deslocar no  “avião de rosca”, na Capital Paulista, quase entrou em parafuso num pouso forçado. Muitas especulações foram feitas na época do real motivo da viagem do Beto Richa a São Paulo.a coisa ficou na base da especulação e do;  Foi ?  Não foi ?  Foi ?  Não foi ?

O SEGUNDO AZAR.    O outro governador foi o Sérgio Cabral (PMDB), que recebeu um favor de um  empreteiro que atua em obras junto ao seu  Governo do Rio de Janeiro.  Cabral aceitou usar o helicóptero do empreiteiro , cujo “avião de rosca”, entrou em parafuso e acabou matando amigos da familia do governador Cabral.  Seu filho só não morreu no acidente, por falta de lugar no sinistrado aparelho, ocasião em que  ele deu prioridade a sua namorada e amigos.  Nasceu de novo.  Pelo menos no caso  do Sergio Cabral, os opositores foram levantar os detalhes do acidente e acabaram descobrindo a ligação do empreteiro do Governo Carioca, com os favores desta viagem da família do Cabral ao Nordeste, e ja estão querendo saber “tim-tim- por tim-tim” dos custos desta viagem deastrada. É gente.  Ficar por aí rodando em “avião de rosca”, meio na flauta,  meio de favor,  meio de cortesia, meio de……..pode ser perigoso DUPLAMENTE, para ambos os  casos. Tanto na saúde física quanto na psicológica, em face  das especulações  dos motivos da viagem, seu patrocínio etc. etc.

SENADOR REQUIÃO ROSNOU

TRÊS  PMDBs.  O PMDB do Paraná  dividiu-se em tres correntes, as quais derivaram de um só rio chamado Requião, quando tinha o poder de governador do Estado.   Após o Requião deixar o Governo do Paraná, um terremoto dividiu este caudal uno  em três pequenos córregos, batizados com os  nomes;  Richa, Pessuti e Requião. 

“QUEM NÃO UNE SE DESUNE, ” já dizia Ulisses Guiimarães.  Esta divisão telúrica  enfraqueceu o PMDB do Paraná, pois uma facção quer destruir a outra e não tem  papo.  O grupo de Pessuti, apoiado  por deputados estaduais, querem tomar o comando do PMB, assim como os deputados que se entregaram ao colo confortável do poder de Beto Richa, também sonham  em deter o comando da sigla.  Beto Richa agradece.

REQUIÃO  RUGE E REAGE.  O senador Requião, resolveu bater duro nesta divisão do PMDB e vai tentar se impor, como sempre fez, na marra, na base do urro e da ironia, contra seus adversários, que estão despreparados para enfrentar este embate de disputa no partido.  Ele conta com o Doático na base do partido, o qual já deve estar fazendo filiações por aí e se preparando para  a guerra interna do PMDB, na base  do urro, da vaia e da pressão.  quem vai enfrentar este tsuname ?

CAUSA DA REAÇÃO.  O Requião não conta para ninguém sobre seu plano Cuitiba 2012, que poderá ser o seguinte.  1 – Ganha o PMDB de Curitiba.  2 – Lança o Rafael Greca a prefeito.  3 – Manda fazer uma pesquisa com seu nome na lista e se estiver bem pontuado, sai candidato a prefeito.  4 – Isto não exclui a possibilidade de um acordo com Luciano Ducci, ou mesmo o Gustavo Fruet.   Tudo pode acontecer, desde que TUDO  passe pelas mãos do Requião.

INTERVENÇÃO ? A única possibilidade destas duas correntes contrárias ao Requião, baterem-no,  seria com uma INTERVENÇÃO da Executiva Nacional do Partido, o que seria improvável, pois nem mesmo o poderoso Michel Temer, teria coragem de cutucar o “leão Requião”  com vara curta.  Requião promete assumir o PMDB municipal, e vai querer dar as cartas  na sucessão municipal de Curitiba. Para tanto já começou a beliscar forte os grupos contrários a ele, chamando-os de “negociantes” ao afirmar hoje em entrevista, que:  “ESTE É UM GOVERNO DE NEGOCIANTES”, onde incluiu por adesão os deputados do PMDB  que apoiam  o governo de Beto Richa.    Foi agora na rádio CBN de Curitiba. A guerra começou.

LEMBRETE SOBRE O CONTRABANDO DE NIÓBIO

Não esqueçam. Cliquem no “google” e pesquisem e DIVULGUEM ESTE ASSUNTO,  sobre o raríssimo minério “NIÓBIO”, que o Brasil detém mais de 80 % do estoque mundial, cujo  CONTRABANDO  COM  CONIVÊNCIA DAS AUTORIDADES  DO GOVERNO BRASILEIRO,   DÁ UM PREJUIZO AO NOSSO PAÍS (e a você),  DE  ;

CEM  BILHÕES   DE  DÓLARES  ANUAIS  Pode?  Pode sim ! Você vive no país do LIBEROU GERAL, infelizmente !

O “RICHISMO” NA TERRA DAS ARAUCÁRIAS.

“RICHISMO”   NO  PARANÁ ?  Conheci o ex-governador José Richa. Pai do  Beto Richa. Foi  homem simples de hábitos muito democráticos e não gostava de parentes no poder.  Governava com seus companheiros da política, sem concentração no estilo de  ” poder de império “.  Já seu filho Beto Richa, atual governador, está armando um esquema de concentração de poder imperial no Estado Paraná, que deverá fazer escola a um retorno histórico da terra de Cabral, no estilo monárquico de Dom João VI e seu filhos Pedro I e Pedro II, que foram imperadores deste país, onde exerciam o poder na base do compadrio familiar,  na base dos  costumes monárquicos-coloniais, que vez por outra  ainda  afloram em alguns governantes momentâneos.

SUPER SECRETARIAS.  Beto Richa, vai na linha da monarquia familiar, ao criar DUAS  SUPER  SECRETARIAS, uma na área social sob o comando de sua esposa FERNANDA RICHA, e a outra na área da infraestrutura, que vai comandar todas as obras no Paraná, as licitações e tudo o mais, sob o comando de seu irmão JOSÉ RICHA FILHO. Este tem o nome do avô, José Richa.  As demais secretarias serão meros coadjuvantes ou figurantes deste drama imperial.  Algumas secretarias foram até  esvaziadas, para engrossar os efetivos destas duas “super secretarias” da nova dinastia política do Paraná,   que podemos chamar de  “richismo da terra das  araucárias”. (O  Romanelli deve estar “tiririca” da vida).

E A REPÚBLICA ?   ” – A  República ?  É  só um simples detalhe” !   Diria a “saudosa” ex-ministra do Color,  Zélia de Mello, a nós reles mortais  !

PRESID. EVO RECUA NA “GARFADA” DE CARROS ROUBADOS

EVO CORRIGE  DECRETO DO “GARFO”.  Hoje o presidente da Bolívia Evo Morales, divulgou que assinou outro decreto, deixando claro que “OS CARROS A SEREM NACIONALIZADOS COMPULSORIAMENTE NO DETRAN BOLIVIANO, deverão, antes, ser cotejados com uma lista de CARROS  ROUBADOS do Brasil (e de outros países limitrofes).  Assim, caso a “caranga” não conste no listão, será legalizada.

A ÉTICA VENCEU O  EVO.  Estima-se que 40 % dos automóveis que circulam na Bolívia,  foram roubados do Brasil, sendo que  a maioria foi trocada por droga lá na Bolívia, país que produz coca as panparras.  O Sr. Evo, então, assinou um decreto que simplesmente “garfava”  as carangas roubadas, legalizando-as por decreto puro e simples.  A pressão da mídia foi grande e o Evo recuou. Pelo menos aparentemente, vão dar uma sentido mais ético na “legalização”.  Resta saber como é que vai funcionar o tal de “listão de carros roubados” do Brasil, pois acho que hoje não existe esta “listão” a nível nacional.  As seguradoras de carros é que deverão se interessar neste assunto.

KASSAB NO VELHO VÍCIO DO USO DA MÁQUINA

MONTAR  PARTIDO POLÍTICO É UMA BABA PARA OS PODEROSOS.  Montar um partido político no Brasil, é uma tarefa hercúlea e irrealizável para pessoas comuns residente na “Senzala”, tantas são as exigências.   Já para os privilegiados da “Casa Grande”, a coisa flui mais rápido, pois eles usam o poder que detém na máquina pública e descaradamente usam seus indicados em cargos de confiaça nos governos para preencherem listas de adesão no novo partido.  Isto sem falar em troca de favores.

PSD NASCE  CHAPA  BRANCA.  O jornal “Estadão”, mandou seus repórteres  bater um papo com indicados em cargos de confiança do Kassab na Prefeitura de S. Paulo, sobre a adesão do PSD.  Não deu outra.  Os repórteres receberam convite para se filiar ao PSD com  fichas de filiação entregues na hora, durante o expediente na Prefeitura.  Ou seja, descaradamente a turma do Kassab, usa as Regionais da Prefeitura paulistana, como COMITE POLÍTICO  DO  PSD, NA CARA DURA, EM PLENO EXPEDIENTE.   Assim é fácil montar um partido político, usando mão de obra que os trouxas dos paulistanos pagam para o Kassab  montar “seu ” partido político-empresa