Archive for 15 de Outubro, 2011

CORONEL SARNEY IMPERADOR DO BRASIL DERRUBA INVESTIGAÇÃO

SARNEY O IMPERADOR DO BRASIL.  O Zé Sarney, mandou e manda no país pelo menos a uns 50 anos.  Durante o regime dos militares da “revolução de 64”, que durou 20 anos, ele foi um fiél vassalo .  Quando os militares, desgastados, decidiram cair fora da ditadura, ele se bandeou para os movimentos de oposição e está aí, dando as cartas e  influindo pessoalmente na PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, NO PODER JUDICIÁRIO, e mais ainda no CONGRESSO NACIONAL, a ponto  de reverter e desmoralizar até a POLÍCIA FEDERAL, que investigava suspeitas de corrupção de um de seus filhos, na chamada OPERAÇÃO BOI BARRICA.  Vejam a versão da POLÍCIA FEDERAL, neste episódio que envergonhou a Nação, quando a “JUSTIÇA”, anulou as provas desta demorada operação, e salvou o “filhinho” príncipe, do IMPERADOR JOSÉ SARNEY.

REVOLTA DA POLÍCIA FEDERAL.  Vejam os pronunciamentos de delegado da Polícia Federal, que questionou  as decisões da JUSTIÇA BRASILEIRA de modo geral, publicação so site Política é Assim – Fausto Macedo – 18/9/2011:

Delegados da PF criticam anulação pelo STJ de grampos contra Sarney

“Delegados da Polícia Federal se declaram perplexos com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que mandou anular as provas da Operação Boi Barrica. Os delegados consideram que o Judiciário se curva ante investigados que detêm poderes político e econômico.

Eles temem que outras operações de grande envergadura poderão ter o mesmo fim a partir de interpretações de ministros dos tribunais superiores que acolhem argumentos da defesa.

Foi assim, antes da decisão que tranca a Boi Barrica, com duas das principais missões da PF, deflagradas em 2008 e em 2009, a Satiagraha e a Castelo de Areia – ambas miravam empresários, políticos e até banqueiro.

“A PF não inventa, ela investiga nos termos da lei e sob severa fiscalização”, disse o delegado Marcos Leôncio Sousa Ribeiro, diretor de Assuntos Parlamentares da Associação Nacional dos Delegados da PF.

“No Brasil não há interesse em deixar investigar”, afirma Leôncio. “As operações da PF são executadas sob duplo grau de controle, do Ministério Público Federal, que é o fiscal da lei, e do Judiciário, que atua como garantidor de direitos. Não existe nenhum país no mundo que a polícia sofre essa dupla fiscalização.”
“Aí uma corte superior anula todo um processo público com base em que? Com base no ‘ah, não concordo, a fundamentação do meu colega que decidiu em primeiro grau não é suficiente’. Nessa hora não importa que os fatos são públicos e notórios e que não há necessidade sequer de se ficar buscando uma prova maior.”

Para o delegado, “situações assim levam ao desgaste do Poder Judiciário, que paga preço enorme pela falta de credibilidade porque se dissocia da realidade”

“O País não pode aceitar que uma operação seja anulada porque o tribunal não concorda com a fundamentação do juiz de primeira instância, aquele negócio de ‘ah, quem tinha que ter autorizado não era o juiz federal da 1.ª vara, a competência era do juiz federal da 2.ª vara’. Esse tipo de conduta atende a uma elite. E ainda temos que suportar as críticas de que a polícia investiga mal, o cara foi solto porque a polícia investiga mal. É profundamente revoltante.”

“Não existe País no mundo com uma legislação tão restritiva. E ainda temos que suportar esse Judiciário que serve a uma elite. O pano de fundo é o Judiciário a serviço das elites.”

Para Portugal, “essas últimas decisões judiciais são estapafúrdias”. “O STJ não se ateve nem à prova. A verdade é essa. Não se ateve ao conteúdo de provas dos autos e anulou tudo.”

Ele assinala que denúncia anônima “vale para o pequeno traficante, via disque denúncia”. “Mas não vale para colarinho branco.” E faz um alerta. “Vamos cansar. A PF faz a sua parte, mas o governo está intimidado. A porta para a impunidade está aberta.”

Anúncios

DILMA JOGA PESADO. SEGURANÇA SEM INFORMAÇÃO NECAS DE VERBAS

CERTA  A  PRESIDENTE DILMA.  Dilma joga pesado na questão da segurança, ao contrário do Lula, e está começando racionalmente pelos dados estatísticos do crime, cujos dados, tradicionalmente são escondidos pelos governadores dos Estados por motivos políticos, para dar a impressão que estão resolvendo o problema da segurança em seus Estados,   quando não, maquiam tais dados, tal acontecia no Paraná no governo do ilustríssimo Roberto Requião.

SEM INFORMAÇÃO SOBRE CRIMES, NÃO TEM VERBA.   As estatísticas sobre o crime no país, é o primeiro passo para se organizar um plano de combate ao crime.  Sem informação não se chega a lugar nenhum.  É a primeira providência para se combater o crime com aplicação de  programas tecnificados.

SISTEMA NACIONAL DO CRIME.  A decisão constará de medida provisória que será assinada pela presidente  Dilma Rousseff,  criando o Sistema Nacional de Estatística e Informação em Segurança Pública.

O QUE PENSA O PRESIDENTE DO TSE SOBRE A “FICHA LIMPA”

REFORMA POLÍTICA DO POSSÍVEL.  Caso dependesse só do presidente do TSE Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Lewandowski,  a lei do FICHA LIMPA, será aprovada já para as eleições de 2012.  Entretanto ele teme o “esvaziameno” do julgamento da lei.  Vejam o que ele disse em entrevista ao site “Diário News”:

Lewandowski: Ficha Limpa é a reforma política possível

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, aposta na aplicação da Lei da Ficha Limpa para tentar barrar a corrupção nas eleições de 2012, já que a reforma política está longe de um consenso no Congresso Nacional. A Ficha Limpa é a reforma política possível no que tange à moralidade dos costumes políticos. Tenho esperança de que seja levada a julgamento [no plenário do STF] ainda neste mês, afirmou.

Apesar de não tratarem dos mesmos temas, a Ficha Limpa e a reforma política, na opinião do magistrado, têm em comum a intenção de evitar e punir irregularidades. Como cidadão, lamento que a reforma [política] não tenha sido feita. Defendi uma reforma que me parecia prioritária, incluindo o fim das coligações nas eleições proporcionais [para o Legislativo], a limitação dos gastos de campanha, o fim do financiamento de empresas para campanhas políticas, a definição de limites para gastos eleitorais e a adoção de uma cláusula de desempenho inteligente e razoável que impeça a existência de partidos sem consistência política e ideológica, disse. Lewandowski teme que o julgamento, que definirá a validade da Lei da Ficha Limpa para as eleições municipais de 2012 e está previsto para acontecer até o final de outubro, seja esvaziada.

SARNEY E SEU CONCEITO “MORDÔMICO DE CORONEL” DO NORDESTE

FORA DE  ÓRBITA DOS DIAS ATUAIS.  O  “ZÉ SARNEY”, pelo geito, até seus útimos dias  de vida terrena, jamais vai deixar de atuar em sua vida  nos moldes dos  famosos CORONÉIS DO NORDESTE.  Vejam só o conceito “cara de pau” do SARNEY,  sobre o uso desmedido de mordomias  ilícitas que ele utiliza em todos os momentos.  Certamente acha-se o REI DO BRASIL.  Vejam só a versão acintosa que ele dá para a robalheira indireta da grana pública :

Extraído de: Novo Jornal  – 10 de Outubro de 2011

Sarney: privilégios a congressistas “homenageiam democracia”

“O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), rebateu as críticas que recebeu por usar um helicóptero do governo do Maranhão para viagens particulares e reafirmou que tem “direito” a esse tipo de transporte.

Em agosto, o jornal “Folha de S. Paulo” revelou que o senador se deslocava a sua ilha particular no Maranhão em um helicóptero da Polícia Militar do Estado, governado por sua filha, Roseana Sarney (PMDB).

“Quando esses privilégios foram criados, o objetivo era que os deputados fossem livres e seus salários não os fizessem miseráveis, dependentes dos presidentes”, disse Sarney ao jornal “Zero Hora”, do Rio Grande do Sul.

E continuou: “Quando a legislação diz que o presidente do Congresso tem direito a transporte de representação, estamos homenageando a democracia, cumprindo a liturgia das instituições.”

O senador também foi questionado pelo jornal sobre o show da banda Capital Inicial no Rock in Rio, em que o vocalista dedicou ao político a música “Que País é Esse” e foi apoiado pelo público. Sarney disse que considerou a crítica injusta e que o rock “tem o DNA da contestação”.

ADVOGADO DO “BIBINHO” MANDOU E MAIL. VEJAM A RESPOSTA

E MAIL  QUENTE.  Recebi um e mail do advogado do famoso BIBINHO,  Sr.  EROLINO S. DOS REIS, cujo BIBINHO,  está sendo acusado pelo Ministério Público do Paraná e pelo GAECO, de ter chefiado o desvio de uns R$ 200 milhões durante décadas, da Assembléia Legislativa do Paraná. O e mail, foi a propósito do meu post;  “BIBINHO FUNDIU A CUCA ? “, cujo post foi questionado pelo referido advogado.  Vejam o e mail  dele, e logo abaixo a minha resposta:

E MAIL  RECEBIDO.

Eurolino Sechinel dos Reis commented on “BIBINHO” FUNDIU A CUCA ?

Você se intitula “Dr. Lineu”? Você é Doutor em que? Se formou em que? Fez Doutorado em que e onde? Você ao menos deu uma “lidinha” no processo? Não sei se o “doutor” sabia, mas o processo é público. Dê um pulinho na 9a Vara Criminal, folheie os Autos e depois, voltamos a discutir a tua posição, “doutor”.

Eurolino Sechinel dos Reis – Advogado de Defesa de Abib Miguel OAB/PR 29.428

RESPOSTA  AO E MAIL DO ADVOGADO  EUROLINO.

Caro colega  ADVOGADO, Eurolino S. dos Reis. Defensor do BIBINHO.
Com prazer e educadamente respondo item por item de seu e mail.

QUANTO AO ” DR.” NO BLOG.   Nunca me intitulei DOUTOR, E EXPLICO.

-O técnico que fez este blog, foi quem colocou este Dr. na frente de meu nome, pois com base em pesquisa, ele constatou que eu era conhecido em Curitiba, como Dr. Lineu Tomass, em face de minha militância de anos e anos na advocacia.

-Sugiro ao colega, que peça (ao povão), uma revogação dos usos e costumes de tratamento   que se usa neste país, cuja cultura determina este tratamento e TAMBÉM  DE COISAS  com a qual  EU TAMBÉM NÃO CONCORDO,  inclusive  tal  e qual,  como alguns privilegiados  da CASA GRANDE conduzem-se no comando das instituições públicas, AO ARREPIO DA LEI, tal e qual fez seu cliente o Bibinho, durante 22 anos de   MODO EQUIVOCADO, com mando absoluto na Assembléia Legislativa  do Paraná, a qual tratou-a  como se fosse uma instituição particular,   dele,   e de alguns deputados, que deveriam estar ao lado dele neste momento, e não estão devido a lealdade  EQUIVOCADA do BIBINHO.

-Entretanto acho que este  tema levantado pelo colega, de “Dr. ou não Dr.”   não é  ofensivo a min. e  é irrelevante nesta crítica que fiz ao BIBINHO, cuja crítitica soma-se com a maioria do povão que conhece a história dele, tal qual quando eu conheci o BIBINHO  com  seus métodos autoritários na condução da administração na Assembléia, onde atuava como CHEFÃO GERAL daquela CASA.  Eu assisti isto pessoalmente.

-Durante quatro anos acompanhei  o seus métodos de  “gerenciamento” , pelo que, e portanto não preciso folhear processos, pois me bastam as provas materiais e de testemunhas que serviram  de “ajuda”, para os serviços “tecnicos” da época do Bibinho. Assisti os depoimentos na Televisão,  de pessoas  simples dos grotões, que foram usadas no sistema de desvio de recursos do povão,  que pagam estas contas de milhões. O nobre colega, também pagou parte desta conta de R$ 200 milhões, segundo acusações do MP -e do  GAECO.

-Ouvi sua entrevista hoje, e logo depois o PROMOTOR PUBLICO do GAECO, deu uma versão bem diferente da sua, onde afirmou que as provas materiais existentes no processo já bastam.

-Sou advogado e jornalista, e não busco julgar ninguém.  A justiça dos homens e a justiça de Deus (para quem acredita), se encarregarão da fazer  justiça, e se o Bibinho NADA DEVE, COM CERTEZA ELE SERÁ INOCENTADO, pois está nas mãos de competente e arrojado advogado.

-Quanto ao meu saber jurídico, informo que uma das primeiras lições que recebi na Faculdade de Direito de Curitiba, foi sobre o fato de que um processo judicial,  É PUBLICO, EMBORA EXISTAM PROCESSOS QUE CORREM EM SEGREDO DE JUSTIÇA.  Desnecessária foi a sua “lição-irônica”   de alta sabedoria jurídica demonstrada neste questionamento.

Caro colega.  Desejo felicidades a você nesta difícil tarefa que assumiu.  Sucesso.
LINEU TOMASS – ADVOGADO (atuante) OAB/PR 15828 – (veja que não uso o Dr.).