Archive for Setembro, 2012

CONSELHO DE ODONTOLOGIA DO PARANÁ REPUDIA ATITUDE

NOTA  OOFICIAL  DE REPÚDIO AO PREFEITO LUCIANO DUCCI.  O Conselho Regional de Odontologia do Estado do Paraná, não gostou do modo anti-ético com que o prefeito LUCIANO DUCCI (PSB), está divulgando em seu programa de TV,  um clip  que pixa a profissão do dentista.  O Conselho considerou a propaganda  ofensiva a profissão do dentista.  Vejam os detalhes da carta-repúdio.  É mais um TIRO  NO  PÉ ?

”  NOTA OFICIAL.

O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DO PARANÁ, Autarquia Federal com atribuições de supervisionar a ética profissional, trabalhar pelo desempenho ético da Odontologia, pelo prestígio e bom conceito da profissão e dos que a exercem legalmente, por meio desta nota oficial,

CONSIDERANDO, o conteúdo da propaganda eleitoral do candidato a prefeito do município de Curitiba/PR, Luciano Ducci, veiculado a partir de 10 de setembro do corrente ano, em programa de rádio, na qual se tem uma conversa entre um paciente e o cirurgião-dentista, em que este afirma aquele que está com medo de extrair o dente do paciente;

ESCLARECE

O modo em que se coloca a figura do cirurgião-dentista na propaganda denota uma visão deturpada da categoria profissional, pois pode induzir a população a crer que o cirurgião-dentista não é capaz de desempenhar a profissão com a habilidade e conhecimentos adquiridos na graduação, revelando o modo impróprio e ofensivo à Odontologia e aos que exercem a profissão.

Ademais, ao explorar a figura do cirurgião-dentista como um profissional que tem medo de efetuar um procedimento, a propaganda desestimula a sociedade a buscar os cuidados com a saúde bucal, vez que o cirurgião-dentista é, por excelência, o profissional capacitado para tal mister.

Desse modo, a propaganda atinge, indevidamente, o Conselho Regional de Odontologia que, como acima exposto, tem por missão trabalhar pelo prestígio e bom conceito da profissão.
Por tudo isso, repudia-se a maneira jocosa e desrespeitosa que se relaciona a profissão de cirurgião-dentista na propaganda eleitoral.

Curitiba, 19 de setembro de 2012.
ROBERTO ELUARD DA VEIGA CAVALI
PRESIDENTE CRO/PR  “

SANEPAR FALIU MORALMENTE E POLITICAMENTE

VÍCIO NA PRÁTICA CORPORATIVISTA NA  SANEPAR  CHEGOU NO LIMITE  E DEVE DESAGUAR  EM  NOVO DESTINO.

HISTÓRICO A  BEM DA VERDADE..  Em 1986 quando fundei a SMAR – Secretaria das Administrações Regionais da Prefeitura de Curitiba, que são as atuais  “Ruas da Cidadania”,  as quais   ANOS  DEPOIS,  o  então prefeito RAFAEL  GRECA  , construiu as sedes destas REGIONAIS,  e hoje se diz o criador deste grande avanço administrativo de Curitiba,  O  QUE NÃO  É  VERDADE.  Logo que assumi a SMAR,  devido a fedentina que incomoda os curitibanos no centro da Capital,  tive a idéia de investigar a pasmaceira da SANEPAR, no descaso com que já naquela época tratava os problemas de água e esgoto em Curitiba.  

O RELATO FIEL E VERDADEIRO DA FALÊNCIA MORAL DA SANEPAR.  Vou registrar aqui, o que investiguei, o que vi e o que ouvi na época, quanto a INUTILIDADE  da SANEPAR , para os curitibanos. 

ALÔ  ANÔNIMOS  BLOGUEIROS  DO GOVERNO DO PARANA.   RELATO  PARA  A  HISTÓRIA DE  CURITIBA.

1 – A  CONSTATAÇÃO  DO  DESCASO  “SANEPARISTA”. Na época o governador era,  coincidentemente, o JOSÉ RICHA, pai do atual governador BETO RICHA, o qual seguiu a política tradicional e ineficaz da SANEPAR, ou seja, deu sequência aos tradicionais descasos, marasmos  e a incompetência insolúvel do esgoto em Curitiba.   Nesta época, constatamos que a SANEPAR só captava e tratava de uns 25 % do esgoto doméstico de Curitiba no anel central, cujo tratamento era feito na Estação de Tratamento de Esgoto no Boqueirão, cuja estação foi construida na época do governador  JAIME  CANET,  PASMEM,  EM  1975.  Mais ou menos, uns 25 % era somente capatado E SEM  TRATAMENTO, eram  jogado nas valetas e ou nos córregos, juntamente com outros  50 %, que completavam a fedentina insuportável  nos verões da “CIDADE  ECOLÕGICA” , Curitiba.

2 – A REUNIÃO NA SANEPAR.  Constatado isto, reuni os nove  administradores regionais e marquei um  “encontnro-explicação”   com os caciques da SANEPAR, PARA EXPOREM  COMO,  E PORQUE,  JÁ NAQUELA  ÉPOCA, A SANEPAR  NÃO CUMPRIA SUA MISSÃO  DE INSTALAR REDES DE CAPTAÇÃO  DE  ESGOTO COM TRATAMENTO.  Na época, a falta de recursos (costumeira), foi a explicação para o descaso, e pior, DESCOBRI  QUE LÁ  NA  SANEPAR, estavam engavetados há mais de  UNS  SETE  ANOS,  dois projetos  de construção de rede esgoto, (SÓ  DE CAPATÇÃO –  SEM TRATAMENTO ),  e aprovados com grana disponível, nos seguintes bairros:

-26 quilômetros  de rede de esgoto no bairro da Fazendinha.

-96  quilômetros de rede de esgoto no alto do bairro do Boqueirao.

3 – MINHA  BRONCA E O  JOÃO ELIZIO.   O governador JOSÉ  RICHA, deixou o governo neste ano de 1986 para se candidatar a uma vaga no Senado Federal.  Ele foi substituido pelo seu vice, o competente JOÃO ELIZIO.  Nesta época disputavam as duas vagas de candidato ao Senado, três pré-candidatos, o ZÉ RICHA,  o AFONSO CAMARGO e o  ENEAS FARIA.  No impaasse. o PMDB  resolveu fazer uma prévia para indicar os dois candidatos.  As Zonais do PMDB de Curitiba  tinham uns 60 delegados nesta prévia, os quais (por nossa influência),   obviamente estavam contra a indicação do JOSÉ RICHA, o qual tratou Curitiba a pão e água  durante o tempo em que comandou o Paraná.  Era chegada  a hora do troco. 

4- A DECISÃO DE JOÃO ELIZIO.  Numa reunião na sede do PMDB, sentei ao lado do governado ELIZIO, quando ele perguntou-me  se  era verdade que  o RICHA, iria ser derrotado na prévia já marcada.  Respondí-lhe que sim.  Curitiba iria derrotá-lo.    Ao me perguntar o motivo da derrota que se avizinhava, respondi ao governador ELÍZIO, que a decisão dos delegados do PMDB de Curitiba, se devia ao fato do descaso  de RICHA, COM NOSSA  CAPITAL,  incluido aí o descaso   “saneparista”.

5 – O ACORDO COM JOÃO ELIZIO.  Contei os detalhes ao ELIZIO, e rápido, ele pediu-me que o visitasse no Palácio Iguaçu.  Na semana seguinte fui ao Palácio e desta reunião, JOÃO  ELIZIO, determinou a SANEPAR que implantasse rapidamente a construção das redes de esgoto acima citadas, que estavam nas gavetas da SANEPAR. 

6 – O PROJETO DE URBANIZAÇÃO DAS FAVELAS DE CURITIBA.  Contei também ao ELIZIO, que já tínhamos um projeto para URBANIZAR as favelas de Curitiba e não tínhamos NEM  GRANA e  sequer  equipamentos rodoviários para implantar os projetos prontos.  De imediato e  na minha frente,   ele ligou para o secretário dos Transportes, e determinou que a patrulha rodoviária composta de 20 (VINTE) unidades de caminhões, motoniveladoras, trator  de esteira,  pá carregadeira, etc,  que FICASSEM  À DISPOSIÇÃO  de nossa Secretaria, inclusive com os condutores.  Só pagamos o combustível, e durante todo o ano de 1986  urbanizamos DEZENAS DE FAVELAS em Curitiba a exemplo da  primeira favela de Curitiba, A  VILA  PINTO, hoje  chamada de Vila das Torres, a qual está integrada a malha urbana de Curitiba.  

AOS  BLOGUEIROS  PALACIANOS.  CLIQUEM NESTE BLOG, AÍ NA BARRA EM CIMA “história das administrações regionais de Curitiba”, e  confiram…….

7 – SANEPAR  ATUAVA CLANDESTINAMENTE EM CURITIBA.  Logo após a reunião com os caciques da SANEPAR, pedi ao então competente advogado HENRIQUE  NAIGBOREN, que me assessorava na Secretaria, para que descobrisse onde estava o contrato e a lei que autorizava a SANEPAR a gerenciar a água e o esgoto de Curitiba.   PASMEM, E PASMEM…..NÃO EXISTIA NEM  LEI E NEM CONTRATO, ou seja, a SNEPAR  atuava clandestinamente  na administração de nossa água e esgoto.

8 – SEMINÁRIO  DE ESTUDOS.  Por sugestão do arquiteto BRAGUINHA, (do IPPUC), que era o nosso vice-secretário, fizemos dentro da Secretaria (SMAR), um seminário de estudos para resolver esta questão da água e do esgoto em Curitiba, cuja conclusão com ténicos sanitaristas,sugeriram que a  SANEPAR  fosse  dividida  em  empresas  municipais  consorciadas,  ao longo  das bacias abaixo do Rio Iguaçu, desde  Curitiba, até a cidade de Foz do Iguaçu, cujos municípios  gerenciariam, de modo autônomo seus  projetos  regionais, nas soluções da  água e esgoto.

9 – A CORPORAÇÃO   “SANEPARISTA”  VENCEU.  Nossos estudos foram levados até a  SANEPAR , e lá devem estar engavetados, como engavetam tudo o que não lhes interessa, a não ser seus objetivos corporativistas de se assenhorar da água e do esgoto do Paraná, e para levarem este carimbo de INCOMPETÊNCIA  TOTAL  ADMINISTRATIVA, a ponto de  30 de seus executivos correrem o risco de irem para a cadeia, por estarem jogando resíduos  de fossas  domésticas  de Curitiba no Rio Iguaçu, cuja merda passa por dezenas de municípios e depois deságua nas cataratas de Foz do Iguaçu.  Triste realidade do  “famoso estado do sul maravilha”, o Paraná.

DENÚNCIA GRAVE DE USO DA MÁQUINA DO ESTADO DO PARANÁ NA ELEIÇÃO DE CURITIBA

BOMBA !  BOMBA ! EMERGÊNCIA  SALVA  DUCCI. 

PLANO DE EMERGÊNCIA COM O   “PARANÁ  EM  AÇÃO”.  Uma pesquisa que vai ser divulgada  amanhã, está deixando o pessoal do governador BETO  RICHA EM POLVOROSA, pois segundo  um gajo informante do Palácio Iguaçu, a pesquisa será um petardo  DE  MUITOS  MEGATONS contra a trincheira do candidato LUCIANO DUCCI  (PSB), cabo eleitoral de luxo do governador BETO RICHA.

REUNIÃO DE EMERGÊNCIA NA BASE DO CORRE-CORRE…. Foi encerrada agora pouco uma reunião no governo de BETO RICHA, com os  generais comandantes da campnha de LUCIANO DUCCI, em cuja reunião ficou decidido que o Governo do Paraná, vai IMPLANTAR DE IMEDIATO, COM URGÊNCIA URGENTÍSSIMA, O PROGRAMA  PARANÁ  EM AÇÃO,  EM TODOS OS BAIRROS DE CURITIBA, ONDE O ESTADO VAI  OFERECER:

-Casa de graça, documentos de graça, shows de graça, tarifa de água mais barata, TUDO DE GRAÇA, onde tentarão com estas providências alavancar o candidato DUCCI, num processo descarado de uso da máquina pública.

NA BASE DO TUDO OU NADA.  Caso DUCCI  seja derrotado nesta eleição de prefeito em Curitiba, é claro que fica comprometida a possibilidade da reeleição do governador BETO  RICHA.  Assim o governador parte para o tudo ou nada neste desafio, na base do ditado popular…..” NEM   QUE  A  VACA   TUSSA  ” !  Que se lixe a Justiça Eleitoral.

– 

RECADO PARA A SRA. LIDIA

Alô Sra. LIDIA.  Obrigado pelas palavras de incentivo. .  Lineu  Tomass

SANEPAR VIROU COMITÊ ELEITORAL COM AUTORIZAÇÃO DO GOVERNADOR BETO RICHA ?

BOMBA ! BOMBA !  URGENTE. 

Recebi agora um telefonema de um gajo, funcionário da SANEPAR, dizendo que a Polícia Federal está na sede da SANEPAR, para verificar sobre a existência de material de propaganda do candidato a prefeito de Curitiba apoiado pelo governador BETO RICHA.  Por enquanto é só o que posso informar. Vamos aguardar confirmação e detalhes desta bomba que explodiu dentro desta empresa do Governo do Paraná.  Será que o governador sabia disto ?  Teria ele autorizado esta barbaridade ?  Vamos aguardar e conferir .

EM TEMPO.  Esta operação da Polícia Federal pode revelar escândalos de ordem administrativa da SANEPAR, obviamente praticados por gajos que a fazem funcionar, já que a instituição em si,  não pode praticar ato nenhum. 

LULA EM PAPOS DE ARANHA ? MP FEDERAL PEDE BLOQUEIO DE BENS

LULA  COMPLICADO  EM CASO DE ABUSO DE PODER.  A mídia do país está divulgando esta  má notícia aos cardeais do PT nacional, que dá conta que o Ministério Público Federal está pedindo em Juizo, O  BLOQUEIO DOS BENS DO  LUIZ INÁCIO – O LULA –

A CAUSA DESTA DESGRAÇA.  Vejam abaixo o que li no blog   “No Poder  Notícias com Justiça” :

Ministério Público pede bloqueio de bens de Lula

O Ministério Público Federal (MPF) de Brasília pediu à justiça o bloqueio dos bens do ex-presidente Lula da Silva, a quem acusa de improbidade administrativa por ter usado verba pública com claro intento de promoção pessoal.

O bloqueio de bens tem como finalidade garantir a devolução aos cofres públicos de quatro milhões de euros que Lula, segundo o MPF, usou indevidamente.

A acção interposta pelo MPF refere-se ao gasto desses quatro milhões de euros com a impressão e o envio pelo correio de mais de dez milhões de cartas enviadas pela Segurança Social a reformados entre Outubro e Dezembro de 2004, segundo ano do primeiro mandato de Lula.

A missiva avisava os reformados que um convénio estabelecido entre a Segurança Social e o até então desconhecido Banco BMG lhes permitia a partir de então pedirem empréstimos a juros baixos e sem qualquer burocracia àquela instituição bancária, com o desconto das parcelas sendo feito directamente nas reformas.

Até aí não haveria problema, não fossem dois detalhes, que chamaram a atenção dos promotores. O BMG, único banco privado a ser autorizado na altura a realizar esse tipo de empréstimo, conseguiu a autorização em menos de duas semanas, quando o normal seriam vários meses, e as cartas, simples correspondência informativa, eram assinadas por ninguém menos que o próprio presidente da República, algo nada comum para esse tipo de aviso.

Para o Ministério Público, não há dúvida de que Lula e o então ministro da Segurança Social, Amir Lando, que também assinou as cartas e é igualmente acusado na acção, usaram a correspondência para obterem promoção pessoal e lucro político e que a acção do presidente da República favoreceu a extrema rapidez com que o BMG conseguiu autorização para operar o negócio, desrespeitando as normas do mercado. A 13.ª Vara Federal, em Brasília, a quem a acção foi distribuída, ainda não se pronunciou sobre o pedido do MPF. 

DICA  PARA O MINISTÉRIO  PÚBLICO FEDERAL.  Esta é uma informação que pode  ou não ajudar o MP Federal.  Depende de uma investigação internacional.

A  DICA: PARECE QUE O LULA TEM UMA MANSÃO DE MILHÕES DE DÓLARES, EM PUNTA CANAS, NA REPÚBLICA DOMINICANA, NA CIDADE DE “LA ROMANA”, JUNTO COM OUTROS BILIONÁRIOS DO MUNDO, COMO A CANTORA CHAKIRA, A MARGARET THATCHER ETC. ETC.   ESTA INFORMAÇÃO FOI DIVULGADA PELO GUIA TURÍSTICO, EM VIAGEM DE ÔNIBUS QUE FIZ DO HOTEL RIU (PUNTA CANAS) ATÉ A CAPITAL SANTO DOMINGOS.  PELO SIM PELO NÃO, FICA A DICA PARA O MINISTÉRIO INVESTIGAR MAIS ESTA EVIDÊNCIA, POIS A INFORMAÇÃO FOI DIVULGADA DESTA MANEIRA, SEM PROVA CONCRETA. SERÁ QUE EXISTE UM FOGUINHO NESTE “FUMACÊ” ?

A TRUCULÊNCIA CONTAMINA A ELEIÇÃO EM CURITIBA

UMA  FOTO  FALA  POR MIL  PALAVRAS.  Dia 19 do corrente, passei na sede do PSC e lá constatei que um indivíduo, portando um estilete na mão, cortou as placas do candidato a prefeito de Curitiba , RATINHO JUNIOR (PSC), em plena luz do dia e na cara limpa e dura.  Ao ser interpelado por pessoas do PSC, o gajo acintosamente deu uma de machão e respondeu que;  ” é isso aí, corto e está acabdo “, quando então ameaçou partir para o confronto físico.

RESULTADO.  Após discussões, o gajo acabou indo embora, voltando depois a destruir estas placas que foram expostas como um símbolo da TRUCULÊNCIA que retrata bem como os donos absolutistas do poder se assenhoraram da Prefeitura.  Corre na Boca Maldita de Curitiba, um papo que garante que um candidato “oficialista”, está pagando R$ 10,00 (DEZ REAIS), por placa “estiletada”.  Civilidade ? Respeito a lei ?    Cidadania ?  “Prá  quê  ” ?  Então viva a TRUCULÊNCIA !