Archive for 7 de Novembro, 2012

AGORA……. QUEREM PEGAR TAMBÉM O LULA…….

BLINDAGEM AO LULA DUROU TEMPO.  O esquema montado de blindagem do LULA, montado no plano “eu sabia de nada”, do mensalão do PT,  rodou bem até a semana passada, quando o “VALÉRIO-DUTO”, entregou o LULA ao Ministério Público Federal, ocasião em que   revelou que o LULA,  e o atual ministro da DILMA, o  Sr. GILBERTO  CARVALHO, andaram pagando grana extra tipo “cala-boca”,   ( de chantagem ), para os  criminosos envolvidos no assassinato do ex-prefeito CELSO DANIEL (PT) de Santo André, além de suspeitas de envovimento no MENSALÃO DO PT.    Em decorrência destes fatos, os partidos políticos da “oposição”, estão pedindo ao MPF que invetigue o Sr. LUIZ INÁCIO – LULA – DA SILVA. Vejam a notícia do site última instância:

Partidos pedem que Gurgel investigue Lula

”  O STF (Supremo Tribunal Federal) retoma quarta-feira (07/11) o julgamento do processo do mensalão com a continuidade da definição das penas – a chamada dosimetria – aos 25 réus condenados pelo plenário da Corte. Em fase final, o mensalão ganhou, terça-feira (06/11), um novo pedido de investigação. Parlamentares do PPS e do PSDB ingressaram com uma representação na PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Eles querem que seja aberta uma investigação sobre a suposta participação de Lula no mensalão. “

Anúncios

NA BOCA MALDITA DE CURITIBA. ESTADO BRASILEIRO NO CAOS SOCIAL A CAMINHO DO IMPASSE INSTITUCIONAL

PAPO DE HOJE NA BOCA MALDITA DE CURITIBA- 06/11/2102.

Estive no final desta terça feira na Boca Maldita. O papo da tarde foi a situação difícil em que se encontra o país. Por que ? 

1 – A desgraçada e nefasta da lei do LOAS (lei das organizações sociais, ou lei orgânica de assistência social) , feita pelo  empedernido “neo-liberal”, do ex-presidente, Fernando H. Cardoso, permitiu que se proliferassem (como proliferado estão), as merdas das ONGs. e OCIPs. que passaram a trabalhar nos serviços públicos – SEM  LICITAÇÃO -.  Assim o malandro do FHC atendeu o seu colega americano BUSH, que nos obrigou ao modelo do “estado  mínimo”,  (estava na moda), dentro da decisão dos países ricos  do  chamado “consenso de Washington”.  Estado mínimo,  porém com roubalheira MÁXIMA…..  Assim FHC obedeceu…. e deu no que deu !

2-  Na maioria delas,  somadas, estão roubando mais do que o crime organizado.  Em Curitiba tem uma ONG QUE GARFA  – DEZ  MILHÕES  POR MÊS  – 

3 –  E ainda  pior, estão colocando o país num futuro impasse  institucional, pois os atuais governantes só querem saber de TERCEIRIZAR  e  TERCEIRIZAR, com estas porcarias de ONGs. que não resolveram NADA, porém  geram ALTAS  COMISSÕES NO CAIXA DOIS, além de financiarem campanhas políticas…….

4 – Muitas destas ONGs. e OCIPs. SÓ EXISTEM NO PAPEL, algumas dão endereço fictício, e se fartam nestes esquemas, POIS NÃO EXISTE  NEHUMA FISCALIZAÇÃO, e algumas   autoridades (que se locupletam não querem, é claro,  saber de fiscalizar). 

5-   Assim o Estado Brasileiro, está sendo simplesmente deteriorado, e destruido em sua infra estrutura, não contratam mais funcion[ários, deixam  os serviços básicos excenciais tais como saúde e segurança pública,  EM  COMPLETO ESTADO DE CAOS  SOCIAL. FALIRAM , pura e simplesmente.  É só ver TV diariamente,  corar de vergonha  ou de raiva.

SERVIDORES DO JUDICIÁRIO FEDERAL TERÃO REAJUSTES

COMISSÃO DA CÂMARA FEDERAL  APROVA REAJUSTES DE SALÁRIOS. A noticia está no site última instância de 03/11/12, Vejam os detalhes:

Comissão aprova reajuste salarial para servidores do Judiciário

”  A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou projeto do STF (Supremo Tribunal Federal) que prevê reajuste salarial para os servidores do Judiciário. A proposta (Projeto de Lei 4363/12) é resultado do acordo com o governo federal que permitiu o fim da recente greve dos servidores da Justiça. Pelo acordo, os recursos necessários para o reajuste foram incluídos na proposta de Lei Orçamentária para 2013, encaminhada pelo Poder Executivo.

A Gratificação Judiciária passará de 50% para 72,5% a partir de 1º de janeiro de 2013; para 86,5% a partir de 1º de janeiro de 2014; e, finalmente, para 100%, a partir de 1º de janeiro de 2015. O projeto também visa a extinguir a possibilidade de pagamento integral dos valores das funções comissionadas dos níveis FC-01 a FC-06, cujo saldo orçamentário remanescente será utilizado para incrementar valores na primeira parcela da proposta de revisão do Plano de Cargos e Salários.

Além disso, foram aglutinados os três padrões iniciais das classes de cada cargo das Carreiras de Servidores do Poder Judiciário da União, de modo a elevar a remuneração dos servidores posicionados nos dois primeiros padrões de cada cargo………”

ASSALTO “SAIDINHA DE BANCO” EM ESTACIONAMENTO AO LADO DO BANCO GERA INDENIZAÇÃO

ESTACIONAMENTO  E BANCO  VÃO TER QUE INDENIZAR CLIENTE.  Mesmo tendo sido assaltado em estacionamento, fora do banco, porém ao lado do banco, um cliente conseguiu condenar o banco ao pagamento de indenização.   Vejam que a decisão de segunda instância foi razoável, sob o ponto de vista da relação geográfica banco e estcionamento.  (última instância de  6/11/12):

Concedida indenização para vítima do golpe “saidinha de banco”

”  Em decisão do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) uma instituição bancária e uma empresa de estacionamentos foram condenadas a indenizarem um cliente assaltado à mão armada depois de sair da agência, golpe conhecido como “saidinha de banco”.

O autor E.J.C.O. entrou com ação indenizatória para ter de volta o pagamento de auxílio-doença roubado em estacionamento contíguo ao banco, no valor de R$ 4.003,00. O Juízo de primeira instância indeferiu o pedido do autor, argumentando que o estacionamento não é obrigado a dar segurança pessoal aos clientes e que o banco é responsável apenas pela segurança de pessoas e coisas no interior do estabelecimento. O autor recorreu da sentença.

Para o desembargador Francisco Loureiro, o fato de o estacionamento funcionar ao lado da agência bancária e de haver acesso direto entre os dois locais é um chamariz para os clientes da instituição, sendo razoável que haja uma aparência de que se trata de parte da agência.

“Sendo assim, o mesmo cuidado que tem as instituições financeiras ao controlar o acesso ao interior das agências mediante colocação de portas giratórias e blindadas, com severa vigilância, com o fito de proteger o próprio patrimônio, devem ter para proteger a pessoa e o patrimônio de seus clientes”, disse o relator, que determinou a restituição de R$ 4.003,00 pelo material sofrido com o assalto e de R$ 5 mil por danos morais. A turma julgadora foi integrada também pelos desembargadores Alexandre Lazzarini e Eduardo Sá Pinto Sandeville, que votaram por unanimidade.

Apelação nº 0034320-81.2011.8.26.0005