Archive for 13 de Janeiro, 2013

CAMPANHA POPULAR “ANTI-LULA”: “MEXEU COM O BRASIL MEXEU COMIGO”

MOVIMENTO  PRÓ-LULA TÊM  ADVERSÁRIO.   Após a notícia do “estadão” de que o MP Federal iria investigar o LULA no caso MENSALÃO DO PT, os militantes do PT lançaram na internet uma campanha em defesa  prévia do  LULA,  com o slogan; 

” Mexeu com o LULA  mexeu  comigo  ! “.

Na sequência o MP Federal  negou a investigação, e os militantes do PT recuaram na campanha.

O EFEITO AO CONTRÁRIO.  Entretanto, militantes políticos contrários, ou mesmo gente do povão, lançaram em São  Paulo, um movimento que se contrapõe  aos militantes do PT,  com o slogan:

” Mexeu com o Brasil mexeu comigo ” !

O PERIGO DO EFEITO ” COLLOR “.  Lembro que o então presidente COLLOR  pediu apoio popular contra o processo de sua cassação, apelando ao povo para sair as ruas vestidos de branco.  Deu efeito ao contrário.  Os estudantes sairam as ruas vestidos de preto, e pediram sua cassação e deu no que deu……COLLOR foi cassado. 

O EFEITO AO  LULA.  Em verdade os militantes petistas defensores do ídolo LULA,  precisam avaliar qual foi a repercussão do envolvimento do LULA, no caso do mensalão do PT,   principalmente  junto a crítica classe média , antes de sairem as ruas na defesa do LULA.  Eles já devem ter observado que a campanha contra o LULA no caso mensalão do PT,  tem sido forte  nas redes sociais, o que deve ter respingado  em sua imagem de modo negativo.  

O PRIMEIRO ATO.  O protesto anti-LULA ocorreu na Av. Paulista em São Paulo nenste domingo do dia 13, dia  do azar.  Vejam a foto no site: http://www.bol.com.br

Anúncios

MARINA SILVA PROMETE “VIR COM TUDO” NA NOVA SIGLA PARTIDÁRIA

EX-MINISTRA ANIMADA COM NOVO PARTIDO.  A ex-ministra do PT,  MARINA SILVA, que deixou o partido do LULA na base do tiroteio, está prometendo que a partir de fevereiro sai em campo no país inteiro, para formar a nova sigla partidária, que deverá dar-lhe sustentação na sua candidatura a presidente da República em 2014. Vejam os detalhes da notícia que li no Jus Brasil :

Marina bate martelo sobre nova sigla, que terá tucano e petista

A um ano e oito meses da eleição presidencial, a ex-senadora Marina Silva decidiu criar um partido para lançar sua candidatura à sucessão da presidente Dilma Rousseff.

O embrião da futura legenda será o Movimento Social Nova Política, movimento suprapartidário lançado no ano passado pela ex-ministra do Meio Ambiente no governo Lula. Inicialmente, Marina pretendia anunciar a intenção de recolher as quase 500 mil assinaturas necessárias para formar a nova legenda na semana que vem, mas foi aconselhada a adiar para fevereiro, na reabertura dos trabalhos do Congresso Nacional.

A ideia é que o novo partido seja formado com políticos oriundos de várias legendas. Desde meados do ano passado, Marina tem intensificado os contatos com lideranças políticas que vão desde integrantes do PSOL até o PSDB. Uma dessas lideranças é a ex-senadora e atual vereadora por Maceió Heloísa Helena, do PSOL, que já sinalizou sua adesão à nova sigla. O senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), também sondado, declinou do convite: seu projeto é ser, igualmente, candidato à presidência em 2014.

PRAZO DA LEI ELEITORAL PODERÁ ATROPELAR MARINA. Para a MARINA disputar a eleição de 2014  a presidente da República, a lei exige que seu novo partido esteja registrado UM ANO ANTES DA ELEIÇÃO  QUE DEVERÁ SER NO DIA 06 DE OUTUBRTO DE  2014.  Isto significa dizer que a MARINA deverá registrar seu partido até o dia 05 de outubro de 2013, o que será difícil cumprir com as 500 mil assinaturas de adesões de eleitores, pois fazendo as contas, ela terá só uns oito meses para cumprir esta hercúlea tarefa.