URBS PODERÁ PERDER CONTROLE DO SISTEMA DE TRANSPORTES ?

VEREADOR DO PSC PEDE SECRETARIA DO TRANSPORTE COLETIVO PARA TIRAR CONTROLE DA URBS

Caso o prefeito de Curitiba, GUSTAVO FRUET (PDT+PT etc.), aceitar a sugestão do vereador ROGÉRIO CAMPOS (PSC), para implantação da SECRETÁRIA DOS TRANSPORTES, a competência da atual gestora do sistema,  empresa URBS, poderia perder totalmente o poder de gerênciamento do sistema de transporte coletivo de Curitiba, e assim poder-se-ia  ABRIR A CAIXA PRETA DA URBS, em cuja caixa encontram-se os segredos mais secretos do tal custo da planilha que forma o custo da tarifa ou preço de passagem de ônibus em Curitiba.   Vejam a ousada e corajosa  proposta que recebi do vereador ROGÉRIO do PSC de Curitiba, que poderá ser o caminho para descoberta de muitos segredos e “otras cositas mas”…………..

“O vereador do PSC Rogério Campos acaba de protocolar o pedido de criação da Secretaria Municipal do Transporte Coletivo. Assim a URBS, que gerencia o sistema hoje, terá que transferir todas as suas atribuições à secretaria. A nova pasta terá por função estudar as necessidades de ampliação da frota e horários, pois o sistema está sobrecarregado, realizar estudos sobre a fixação e alteração do preço da tarifa, além de controlar e fiscalizar os serviços prestados à população. 

O objetivo com a regulamentação da secretaria é garantir transparência, racionalização e eficiência do sistema, que sob o comando da URBS é falho.

O vereador Rogério Campos, que representa a categoria de motoristas e cobradores tomou essa decisão depois da audiência pública realizada pela URBS na última sexta-feira, quando foi discutido o novo preço da passagem, que ficaria em torno de 2,80 reais.
“Temos cobrado transparência da URBS, sem retorno. Como todos sabem a URBS é uma caixa-preta. Com a secretaria teremos mais transparência. O novo valor da passagem por exemplo nós não sabemos se é o justo”, afirmou Campos.

O líder da bancada do PSC, mestre Pop apoia a criação da secretaria. “A URBS nunca ofereceu um transporte de qualidade. Os ônibus são superlotados. Faltam linhas, mais veículos em horário de pico. E o povo tem o direito a isso, pois paga caro pela passagem”, argumentou Pop.

“A nova secretaria vai gerenciar o sistema, os equipamentos, a frota, as linhas, o itinerário, terminais, número de passageiros, valor arrecadado. Assim vamos recuperar o modelo de transporte de primeiro mundo, já que a URBS vem há anos alimentado o corporativismo e o protecionismo”, concluiu Campos. “

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: