Archive for 1 de Abril, 2013

ANATEL FINALMENTE MARCOU UM GOL NA “MARRA”, APÓS ANOS DE DESCASO E UMA AÇÃO CIVIL PÚBLICA…..

ESTA É UMA BOA INCLUSIVE PARA A SEGURANÇA  PÚBLICA.  A  ANATEL – Agência Nacional de Telecomunicações, finalmente, depois de anos de sono proofundo, acordou e resolveu criar um sistema de BLOQUEIO  DE  TELEFFONES  CELULARES   ROUBADOS  OU  CLANDESTINOS.  Esta providência entretanto não foi por iniciativa da ANATEL, mas foi sim, pela pressão de uma AÇÃO  civil  pública do  Ministério Público de São Paulo (Guarulhos) em fevereiro de 2011, ou seja FOI NA BASE DA  “MARRA”.   A ANATEL promete que esta medida estará em funcionamento em 2014.  

CLANDESTINOS SOMAM  20 %.  É de pasmar esta informação.  Vinte por cento das chamadas  dos telefones celulares do país…..SÃO  DE  CELULARES  CLANDESTINOS, o que favorece a bandidagem no comando da criminalidade a partir dos presídios e cadeias no país.  É de se ficar  na espera e pagar prá ver, se a ANATEL vai colaborar com  a segurança pública do país e acabar com o mercado negro de venda de telefones celulares roubados no país.  Já não era sem tempo……..

Anúncios

TURMA DO MENSALÃO PETISTA QUEREM “FLEXIBILIZAR” A LEI……

POR QUE OS NOBRES DA CASA GRANDE NÃO VÃO PRESOS ?  É a velha história que se repete no país de duas classes sociais, os nobres da Casa Grande e os semi escravos da Senzala, o povão que paga a conta da nobresa.  Os advogados dos mensaleiros do PT,  já condenados, querem porque querem, enrolar e jogar ao máximo no tempo para que seus “clientes” não vejam o sol nascer quadrado.  Das diversas pessoas com quem falei na Boca Maldita de Curitiba, a maioria  é  unânime em dizer que estes cardeais do PT não vão cumprir suas penas………

PEDIDOS DE  “FLEXIBILIZAÇÃO”   DA LEI.  Os advogados dessa gente, estão entrando com pedidos de revisão das condenações e insistem nos pedidos  de penas mais brandas, DE MATÉRIA JUDICIAL  QUE JÁ FOI JULGADA, pelo que não há mais a se discutir.

A DECISÃO DO MINISTRO JOAQUIM BARBOSA.  O ministro BARBOSA (hoje herói nacional), declarou que não vai atender estes pedidos, eis que visam somente atrasar a aplicação das penas já decididas pelo STF (Supremo).  Vejam a nota sobre este assunto do site jus Brasil:

Extraído de: POP News  – 28 de Março de 2013

Joaquim Barbosa afirma que não é de flexibilizar lei

“Barbosa diz que age para cumprir a lei

Ao comentar os pedidos das defesas de condenados do mensalão, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, afirmou que não pretendem atender a pedidos de advogados dos réus. Segundo ele, estes pedidos podem atrasar o cumprimento das sentenças.

Tem havido pedidos no sentido de flexibilizar a lei penal. Mas todos me conhecem e sabem que eu não sou de flexibilizar a lei em nenhum sentido. Todas as decisões que tomei até agora foram no sentido de aplicar a lei, declarou.

Ao ser questionado se pode haver atraso na publicação do acórdão com as decisões dos ministros, o presidente respondeu que espera que não. Ele evitou comentar prazos, já que após a publicação do documento, os advogados poderão entrar com recursos.  “