APP (SINDICATO PROFESSORES PARANÁ)….PROVADO….. É BRAÇO POLÍTICO DO PT QUE COMANDOU A GREVE…..

LENDO O BLOG DO JOSIAS DE CURITIBA NOTA-SE QUE A GREVE ILEGAL DOS PROFESSORES TEM INSPIRAÇÃO E COMANDO DO PT – PARTIDO DOS TRABALHADORES.   A greve dos professores tem sido considerada pelo Governo do Paraná, como uma greve política, já que as entidades que comandaram os professores são braços do PT.

OS BRAÇOS DO PT.  O PT na tática “desgasta Beto”,  designou lideranças do PT como a senadora GLEISI HOFFMANN e a vice prefeita de Curitiba MIRIAM GONÇALVES, para comandarem a greve ilegal no Centro Cívico, com auxílio de outros braços do PT ,  a CUT – Central Única dos Trabalhadores,a APP – Sindicato dos Professores do Paraná, e ainda com o “charme destruidor”, dos conhecidos BLACK BLOCS, que dizem, é a tropa de choque da vanguarda revolucionária do PT, que foi responsável pelo rompimento da  linha de defesa da polícia, dando o  “start” da agressão aos policiais que cumpriam ordem judicial na proteção ao prédio da Assembleia. 

O QUE REGISTROU O JOSIAS ?  Vejam o que li…..

APP tira o corpo fora

27 abril, 2015 às 15:28  |  por Fernando Tupan

INvasão da Assembleia

O Sindicato dos Professores no Paraná, a APP, comandou a invasão da Assembleia Legislativa em fevereiro e agora utiliza a mesma tática de Dilma Rousseff e Lula: não vi, não fiz e não tenho nada a ver com isso. Os estragos ocorridos na casa de lei até hoje não foram pagos ou ressarcidos. A conta passou dos 51 mil, menos do valor pago para alugar o estádio Durval de Britto e Silva para uma assembleia da categoria. Uma nota da APP Sindicato contestou a apuração realizada pela atual gestão. “A APP quer saber como foi a investigação que comprovou, de fato, que foram os manifestantes que deram sumiço ao patrimônio que desapareceu da Alep.

OBS:  O plano montado pela GLEISI e pela MIRIAM, era o de reprisar esta cena, quando na primeira greve os petistas com os professores invadiram o Plenário da Assembleia e expulsaram os deputados do recinto. Com esta atitude escapista a APP quer fugir da responsabilidade pelos roubos e depredações que ocorreram).

Mais uma greve política que ignora os alunos e prepara a violência

27 abril, 2015 às 11:12  |  por Fernando Tupan
Depois de passar 29 dias parados em fevereiro e março, os professores da rede estadual iniciam nova paralisação para tentar impedir uma votação de uma votação sobre a Previdência, com a qual a APP tem uma discordância política. Como de costume, o interesses dos alunos alunos, que estão em período de provas, que já sofreram enormes prejuízos no início do ano, não são considerados. Para agravar a situação, os grevistas paranaenses importaram de São Paulo e de outros estados, os militantes mais violentos e agressivos. Já foram identificados, nas imediações da Assembleia, militantes da CUT e do PT que participaram do violento quebra-quebra na Secretaria de Educação de São Paulo na semana passada.
(Esta nota do Tupan foi registrada por ocaosião da preparação da segunda greve do PT – APP).

Greve dos professores é ilegal, declara Justiça

27 abril, 2015 às 17:15  |  por Fernando Tupan
Professores na Assembleia

O desembargador Luiz Mateus de Lima, do Tribunal de Justiça do Paraná, declarou ilegal a greve dos professores estaduais patrocinada pela APP-Sindicato. O juiz determinou “o retorno imediato das aulas, com a cessação do movimento grevista (…) sob pena de multa diária de R$ 40 mil em caso de descumprimento”.

O juiz também proibiu “os grevistas de vedarem e limitarem, de qualquer modo, os acessos às dependências de quaisquer órgãos públicos estaduais ou de impedirem outros servidores de trabalhar regularmente”. “Desde já, autoriza-se o uso de força policial, caso necessário”, diz o despacho do de Mateus de Lima.

“Por fim, determino que se intime o réu (APP-Sindicato) para que no prazo de cinco dias comprove a expedição de comunicação a todos os seus filiados do teor da decisão, sob pena de multa diária de R$ 500,00 à pessoa do presidente do sindicato (Hermes Leão)”, conclui o despacho.

Protesto très chic

30 abril, 2015 às 14:39  |  por Fernando Tupan
Vice prefeita do PT de Curitiba – MIRIAM GONÇALVES  no comando da greve da APP
Mirian Gonçalves lidera a massa

O deputado Maurício Requião (PMDB), que atende pela alcunha de Requião Filho, liderou na tarde desta quinta-feira (30) um grupo de estudantes de colégios caros de Curitiba numa marcha contra a Assembleia Legislativa e o Palácio Iguaçu. Pelo padrão das escolas frequentadas pelo deputado a manifestação desta tarde foi chamada de “marcha dos mauricinhos”.

Participaram da manifestação ainda o deputado petista Professor Lemos (PT), conhecido como Professor Aloprado, que liderou o ataque e a violenta ocupação a Assembleia em fevereiro. O movimento contou ainda com a presença da vice-prefeita e socialite petista Mirian Gonçalves, que desfilou entre os alunos com um glorioso redingote da Burberry’s. Depois do encerramento dos protestos estava programado um jantar no Ile de France. Uhlalá.

APP aliada aos black blocs atacou a Assembleia

29 abril, 2015 às 16:56  |  por Fernando Tupan
carrinho de bebe cheio de bombas

” A brigada de black blocs com bombas e coquetéis molotov, aliada ao comando da APP Sindicato, atacou a Polícia Militar hoje, por volta das 15 horas de hoje.

O confronto entre a Polícia Militar e os manifestantes começou quando um grupo de 50 black blocs investiram contra a PM, tentando forçar o rompimento do cerco policial a Assembleia Legislativa.”

O ataque dos black blocs

(Na foto a prova de que os “grevistas” do PT, CUT, APP deram o início aos ataques aos policiais).

”  A  PM prendeu dezenas de black blocs em flagrante. Produzindo bombas e coquetéis molotov na Praça Nossa Senhora da Salete. A instigação da violência por parte da APP continuou, usando o caminhão de som, mesmo depois que o confronto resultou em feridos entre os professores e policiais militares.

Imagens comprovam a violência e a autoria dos ataques. Entre elas, a mais chocante é a que mostra um carrinho de bebe cheio de bombas caseiras e coquetéis molotov. ”

APP está obrigando professores a pagar R$ 3,5 milhões do custo da greve anterior

29 abril, 2015 às 14:45  |  por Fernando Tupan
app ok
(Este extra que a APP está cobrando dos professores….vai para cobrir os estragos na Assembleia ?).
 ” Airresponsabilidade da APP, que está provocando greves seguidas para atender os interesses políticos do PT, está produzindo prejuízos de toda ordem. Para os alunos que estão sem aula e para os professores que estão sendo obrigados a pagar os preços dessa militância ensandecida. Nas redes sociais uma professora se pergunta porque teve de pagar uma mensalidade (R$ 77,00) a mais. A resposta da APP: é para bancar os custos da greve de fevereiro e março (29 dias), e os custos de mobilização, aluguel de ônibus e pagamento de multas por descumprimento de ordens judiciais. A greve teria custado R$ 3,5 milhões ou R$ 120 mil ao dia (!). Isso, apesar de a APP arrecadar R$ 25 milhões por ano. Nesta greve, novos prejuízos. Além de pagar os custos do movimento, os professores terão dias descontados e poderão sofrer prejuízos na carreira. ”

Professores usam aparato black bloc no Centro Cívico

29 abril, 2015 às 13:39  |  por Fernando Tupan
Black bloc
”  Uma parte muito significativa dos manifestantes na Praça Nossa Senhora da Salete hoje  (29), onde se concentram professores e militantes de esquerda de diversos matizes, convocados pela APP Sindicato para tentar impedir a votação do projeto que altera a previdência estadual (a ser votado hoje à tarde na Assembleia), leva no pescoço máscaras contra gás de diversos tipos. Sinal seguro de que a disposição pacífica proclamada pela APP, como ficou claro nos confrontos de ontem, é só retórica. Afinal, a PM só joga gás quando precisa reprimir manifestações violentas. “
 
Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by ana paula marcon on Maio 12, 2015 at 11:01 pm

    Excelente análise!!!! Lidero um movimento de pais contra a greve e estamos de pleno acordo com sua opinião e contra essa absurda greve política!!!!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: