Archive for Abril, 2016

MAIS FÁBRICAS FECHAM….MAIS DESEMPREGO….MAIS POBREZA….

FÁBRICA FECHANDO DESEMPREGO AUMENTANDO . Esta notícia foi publicada no jornal JUNDIAÍ NOTÍCIAS….Segue o aumento do desemprego no país…Caos está a caminho ?  Como recuperar o estrago do lulopetismo na economia do país ?

 

Brasilmabe

Publicado em 25 fevereiro, 2016 | por Portal Jundiaí Notícias

Fábrica faliu. Dako, Bosch, Continental, BHS e GE fora do mercado

Com fechamento da Mabe, Procon alerta para falta de peças para manutenção. Comerciante deve oferecer outra marca

Por partes: a Mabe teve sua falência decretada e fechou as portas. Quem era a Mabe? Era a empresa que fabricava fogões da marca Dako, além de outros eletrodomésticos das marcas Continental, GE, BHS e Bosch. E quem tem esses produtos? Ficou na mão, e por isso o Procon paulista alerta para os casos de garantia.

Primeiro, o Procon aconselha o consumidor a não comprar produtos dessas marcas, até que se tenha uma posição oficial da empresa sobre a garantia de seus produtos. É bom lembrar que desde o final do ano passado já faltavam peças de reposição – em janeiro o estoque zerou.

O comerciante deverá oferecer uma solução para o consumidor, como a troca do produto com vício por um novo, de preferência de outra marca”, alerta o Procon. O consumidor tem direito de exigir do comerciante a reposição, pois o Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC) estabelece que a responsabilidade é solidária entre o fabricante e o comerciante.

A Mabe Eletrodomésticos, controlada pelo grupo mexicano Mabe, nasceu em 2004, resultado da fusão entre a GE e a Dako. Em 2013, a empresa entrou com pedido de recuperação judicial mas, como não cumpriu com as obrigações estabelecidas no processo, como pagamento de direitos trabalhistas e dos credores, o Ministério Público de São Paulo manifestou-se a favor da falência, no dia 10 de fevereiro de 2016. Com isso, a Justiça autorizou a demissão dos funcionários, a retirada do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e seguro desemprego.

Anúncios

LULA DO PT…..O “LOROTEIRO “…..

LULA NAVEGA EM SONHOS DO PASSADO E  ESQUECE QUE A DILMA DO SEU PT AUMENTOU A POBREZA NO PAÍS…..Lí esta verdade no blog do CÉZAR  WEIS, a qual  tromba com as lorotas discursivas dos sonhos psicodélicos divagantes dos discursos do LULA do PT, que só nos levam a nos convencer cada vez mais,  que ele é  mesmo  um embuste, um falastrão……Deviam proibir o LULA de ficar mentindo por aí…Brasil afora…..Vejam a verdade  CHOCANTE sobre nossa pobreza e o atual desemprego da DILMA E DO LULA DO PT…..

Lula repete a lorota que o PT tirou 36 milhões da pobreza. Esquece os 10 milhões de desempregados por Dilma, só este ano

 

lula gênio

O PT não se cansa de contar vantagem sobre feitos imaginários. Lula discursou de manhã, em São Paulo, em um evento organizado pelo PT sobre “democracia e justiça social”. Repetiu a lorota que “libertou 36 milhões de pessoas da extrema pobreza”.

Esquece que os beneficiados pelas políticas irresponsáveis do PT já voltaram para a pobreza e novas legiões de desempregados estão se formando, gerando mais pobreza e sofrimento.

Só neste ano as políticas geniais do PT já produziram 10 milhões de desempregados. Como muito desses desempregados sustentam famílias, o benefício imaginário concedido pelo PT foi suplantado, em muito, pelo prejuízo real que o partido produziu no Brasil. 

SENADORA GLEISI HOFFMANN(PT) COM MAIS PROBLEMAS DE ” DOAÇÕES “…..

“Onde já se viu propina com etiqueta? “…..

“DOAÇÃO”…….DE GRANA COM NOME DA DESTINATÁRIA NA ETIQUETA ?  Esta notícia saiu em toda a mídia nacional, e foi motivo de piadas maldosas…..É sobre a doação de grana para a campanha eleitoral da senadora GLEISI HOFFMANN (PT)…..(Ref. F. Campana)…...

Gleisi  Hoffmann

 

“P. B./Gleisi”.
O anedotário da Lava Jato

De O Antagonista:

É o que estava escrito na caixa que continha a propina destinada a Paulo Bernardo – ou P.B. – e sua mulher, Gleisi Hoffmann. O emissário de Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, o empresário Ernesto Kugler Rodrigues, contou as notas e disse que o valor – 250 mil reais – não “dava nem para o cheiro”.

Ele reclamou também da etiqueta com o nome dos destinatários da propina. Onde já se viu propina com etiqueta?

_______________________________________________________________

SEGUE O APERTO DO CERCO A SENADORA GLEISI HOFFMANN DO PT. O entregador de grana do doleiro YOUSSEF, o tal de ANTONIO PIERUCCINI, entrou na delação premiada da lava jato e acabou “entregando” a senadora GLEISI  (PT) e o deputado federal do PP  NELSON  MEURER…..Vejam mais este baita pepino  para estes dois políticos do Paraná…..(Ref. F. Campana)….. 

 

Delator da Lava Jato liga propina a Gleisi, Maurer e Pizzolatti

gleisi

Da Folha de S. Paulo:

O advogado Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini, 67, detalhou em delação premiada homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal) ter feito entregas de dinheiro em shoppings, apartamentos, estacionamentos e hotéis para pessoas ligadas a três políticos: a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), o deputado federal Nelson Meurer (PP-PR) e o ex-deputado João Pizzolatti (PP-SC). Os valores, segundo Pieruccini, foram providenciados pelo doleiro Alberto Youssef, um dos principais operadores do esquema de propinas na Petrobras. Ele é o terceiro entregador de dinheiro de Youssef que aceitou fazer delação na Lava Jato.As informações são de Rubens Valente na Folha de S. Paulo

A íntegra de seis depoimentos prestados em fevereiro por Pieruccini –um dos quais foi citado, em parte, em relatório final da PF de março no inquérito que trata de Gleisi– foi tornada pública no dia 13 passado, após decisão do ministro do STF Teori Zavascki.

GOVERNOS DO PT LULA E DILMA….. MAIS DOIS MEGA ESCÂNDALOS PODEM EXPLODIR….

MAIS DOIS NOVOS MEGA ESCÂNDALOS DO PT PODEM EXPLODIR……Um deles já é esperado e muito comentado, que é no maior reduto de grana do Governo Federal,  o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social……O outro, pouco comentado ainda, é o FGTS – Fundo de Garantia Por Tempo de Serviço, fundo este de grana do trabalhador, comandado por pessoas  suspeitas, cujo fundo é vilipendiado, massacrado,  explorado, por render sempre menos do que a inflação, quando não, sofre golpes tipo estelionatos matemáticos praticados pelas  autoridades federais do país, quando criam planos econômicos e não reajustam os valores devidos no FGTS, tal qual aconteceu nos planos econômicos COLOR I e II, plano BRESSER  e plano VERÃO, quando os trabalhadores foram roubados na cara dura por ministros do Governo Federal,  EM BILHÕES DE REAIS……Vejam as pontas do iceberg que começaram  a aparecer…(Ref. F. Campana).

Lava Jato investiga agora fundo bilionário FI/FGTS

procurador-geral-da-republica-rodrigo-janot
Boa parte dos procuradores que atuam na Lava Jato está dedicada a uma novíssima frente: o FI-FGTS. Alguns representantes do fundo (que dispõe de mais de R$ 30 bilhões) costumavam ser assediados por empresas gigantes interessadas em receber recursos. Em troca do direcionamento, dizem os investigadores, alguns representantes indicados pelo governo recebiam
propina. O trabalho teve como ponto de partida Fábio Cleto, ex-dirigente da Caixa e aliado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Os investigadores já identificaram contas na Suíça em nome de Cleto, que negocia delação premiada com a equipe do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

____________________________________________________________

 

“Vamos ter um escândalo de corrupção ainda maior do que o da Petrobrás. E será no BNDES”

O procurador mais temido de Goiás diz que o banco do governo será foco de rombos ainda maiores e desabafa: “Não estamos dando conta de defender a República dos ratos que estão corroendo suas estruturas”

helio telho (27)

   Raro é achar um    político que goste de Helio Telho Corrêa Filho. Eles têm razão de não ter muita afeição pelo procurador da República: além de já passado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) deixando estragos em várias candidaturas com gastos suspeitos nas eleições de 2004 e 2006, ele não costuma “alisar” com a classe. O fato agravante é que ele usa as redes sociais para dizer o que pensa — e geralmente o que ele pensa é o antônimo do que um questionável ocupante de cargo público consideraria um elogio.

Dessa forma, ele consegue a antipatia de partidários de todas as correntes. Ser tido por tanta gente diversa como “persona non grata” não parece lhe incomodar. Pelo contrário: mostra que o alcance de seu rigor com a coisa pública é imparcial e acaba “doendo” em todos. Ao mesmo tempo em que mostra a vigilância necessária aos fatos sombrios demonstrada nas redes sociais, ele tem também um lado reservado: prefere não falar sobre questões pessoais. “Minha vida particular é muito pouco interessante”, desconversa, embora ele mesmo diga que quem o quer destratar o acusa de gostar de aparecer.

Ao receber o Jornal Opção em sua sala, Helio Telho fez questão de puxar alguns temas por conta própria — embora já estivessem também na pauta. O principal alvo foi a necessidade de uma reforma político-eleitoral adequada. “Hoje as lideranças políticas, sociais e religiosas, em sua maioria, vendem o apoio. Há até mesmo uma tabela. E a cada eleição isso está mais caro”, resume…………………………………………..

 

  ………………………..Elder Dias — O sr. acha mesmo que esse escândalo realmente vai aparecer? É uma bomba-relógio, questão de tempo?
Sim. Nos próximos dois anos, talvez até antes. Digo isso porque já existem ações do Ministério Público Federal exigindo acesso a essas informações. Algumas dessas ações já foram julgadas em primeiro grau e nós ganhamos. A Justiça Federal, em Brasília, mandou o BNDES colocar tudo na internet. Houve um recurso interposto e essa decisão não pode ser executada enquanto esse recurso não for julgado. Teve também uma determinação do TCU para que o BNDES encaminhe ao órgão os processos de concessão da JBS-Friboi, mas o BNDES disse não. Agora, o TCU ameaça multar o presidente do BNDES [Luciano Coutinho] se não houver o encaminhamento. Para não ser multado, ele terá de ir ao Supremo Tribunal Federal pedir salvaguarda contra a ação do TCU. Então, o STF vai decidir se o TCU deve ou não ter acesso a isso. O STF provavelmente decidirá que deve ter, porque é dinheiro público e a Corte tem reiteradas decisões no sentido de que não há sigilo bancário quando se trata de dinheiro público. Aplicando essa jurisprudência, quando o TCU perceber o que há ali, a bomba vai estourar.

DESTAQUES DA REVISTA VEJA DESTA SEMANA….

DA COLUNA – LEITOR – O leitor da veja Sr. Antonio José Pinheiro de Carvalho, escreveu o texto abaixo sobre a decisão do processo do impeachmente da Dilma (PT) na Câmara Federal :

Partido dos Trabalhadores

PT (Brazil) logo.svg

– “Tudo passa….A história registrará, passadas as paixões políticas,  que a era petista e seus líderes foram desastres apocalípticos ” .

________________________________________________________________

 ” A PROPÓSITO DO ATRASO TECNOLÓGICO E IDEOLÓGICO DO PAÍS  “…..

DA ENTREVISTA NAS PÁGINAS AMARELAS COM O CIENTISTA MARCELO VIANA DO INPA – INSTITUTO NACIONAL DE MATEMÁTICA PURA E APLICADA.  Esta entrevista focou o corte no orçamento desta Entidade, pelo governo DILMA (PT) em mais de 1 (um) BILHÃO DE REAIS, quando então o MARCELO fez as seguintes afirmações:

Marcelo Viana

Address:
IMPA, Estrada Dona Castorina 110
22460-320 Rio de Janeiro, Brazil
Tel: +55 21 3958 5114
Mail: viana at impa.br
Web: www.impa.br/~viana/

I have seen things you people wouldn’t believe…
Attack ships on fire off the shoulder of Orion.
I watched c-beams glitter in the dark near the Tannhäuser Gate.
All those moments will be lost in time, like tears in rain.
Time to die…

Roy Batty/Rutger Hauer, Blade Runner

– ” Mérito não é palavrão “….

– “Ao contrário do que se dá nos Estados Unidos e na Europa, no Brasil um abismo legal e IDEOLÓGICO separa o mundo universitário do empresarial, com claro prejuízo para os dois lados, que pouco se falam ”  

________________________________________________________________

CASSAÇÃO DO DEPUTADO EDUARDO CUNHA – PESQUISA –  UNANIMIDADE NEGATIVA…..

Eduardo Cunha
Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil Brasil

A Veja registra matéria sobre o presidente da Câmara Federal, o deputado EDUARDO CUNHA (PMDB), onde revela  que este gajo conseguiu um feito inédito no país, neste momento de divergências abissais, que é a  “UNANIMIDADE  NACIONAL ”  (negativa),  ou seja , todos estão contra ele, e são A FAVOR DA SUA CASSAÇÃO, tanto os   “coxinhas”, quanto aos “mortadelas “, e inclusive no povão de modo geral.  Registrou a Veja esta estatística abaixo onde a imensa maioria querem vê-lo  cassado….Vejam :

– NO POVÃO:  77 % a favor da cassação.

– NOS COXINHAS: 87 % a favor da cassação.

-NOS MORTADELAS: 94 % a favor  da cassação. 

PAÍS SEM SEGURANÇA PÚBLICA….SEM SAÚDE…. SUS FALIDO….E DÁ-LHE GRANA PARA A….. “CULTURA “…..

QUE CULTURA É ESSA ?

PARA ONDE VAI TUA GRANA EM NOME DA “CULTURA “?  Esta recebi via facebook a qual dá uma cacetada no povão que paga esta conta vergonha condenável….Vejam os absurdos da “gastança – cultural ”  do governo DILMA do PT……

Os 12 projetos mais bizarros aprovados pela Lei Rouanet

Criada durante o governo Collor, a Lei Federal de Incentivo à Cultura, que mais tarde ficaria conhecida pelo nome do Secretário da Cultura à época, Sérgio Paulo Rouanet, é o principal mecanismo de financiamento e incentivo à cultura do país.

Através de renúncia fiscal, empresas públicas e privadas e pessoas físicas podem patrocinar projetos culturais e receberem o valor em forma de desconto no imposto de renda. Ou seja, os cofres públicos deixam de receber parte daquele dinheiro em troca de um patrocínio cultural, uma forma de “terceirizar” um repasse de recursos federais.

Para que uma pessoa ou empresa possa doar, no entanto, o projeto visado precisa antes ser aprovado pelo Ministério da Cultura (MinC). E é nesse ponto que as coisas se perdem entre diversos casos estranhos de aprovação de valores astronômicos para projetos pífios ou de repasses que acabam sendo uma forma de bancar patrocínio privado com dinheiro público. Ou de projetos de grande porte que teoricamente não precisariam do auxílio, aprovados pelo Ministério.

Não por acaso, no primeiro governo Dilma, 3% das propostas levaram 50% dos incentivos, um cenário que só contribui para a concentração cultural do país, enquanto pouco incentiva projetos menores.

Se o atual modelo possui falhas, as alternativas não são lá muito convincentes.

O atual Ministro da Cultura, Juca Ferreira, acredita que a Lei é “o ovo da serpente neoliberal” por permitir a renúncia fiscal total dos valores destinados à cultura e defende que esse valor diminua para 80% – algo que desestimularia as doações, já que outros mecanismos legais permitem renúncias de até 125% para outros projetos específicos.

Apesar da solução proposta, o maior problema – as aprovações descabidas – continua. Não só aprovações, como também reprovações, especialmente por motivos políticos: em 2014, o MinC recusou um projeto de um documentário sobre o ex-governador paulista tucano Mário Covas, por conta do ano eleitoral. Mesmo assim, em 2006, outro ano eleitoral, dois projetos sobre Leonel Brizola foram aprovados. E o pior: ambos receberam uma verba milionária de estatais.

Diante de tantos problemas, listamos aqui 12 casos de aprovações, no mínimo, bizarras da Lei Rouanet. A lista conta com patrocínios para artistas renomados, eventos de luxo e até um caso de aprovação sem conhecimento do artista.

1) O VILÃO DA REPÚBLICA – R$ 1,5 MILHÃO

IMG_9665

Produção: Tangerina Entretenimento Ltda

Valor aprovado: R$ 1.526.536,35

Tipo: Filme

Ano: 2013

“O Vilão da República” é um documentário que contará a história e a vida de José Dirceu, desde sua participação em movimentos guerrilheiros, passando por sua história pela via partidária até a sua condenação a 10 anos e 10 meses de cadeia por corrupção, em 2012.

O alto valor aprovado para a captação de recursos pelo Ministério, porém, ficou só no papel: o projeto não recebeu apoio de nenhuma empresa.

2) DVD DE MC GUIMÊ – R$ 516 MIL

guime7

Produção: Maximo Produtora Editora e Gravadora Ltda

Valor aprovado: R$ 516.550,00

Tipo: DVD musical

Ano: 2015

O funkeiro MC Guimê, apesar de faturar, segundo estimativas, R$ 300 mil por mês, foi autorizado a captar R$ 516 mil para a produção de um DVD, que será gravado durante um show na cidade de São Paulo. A filmagem será distribuída em 3 mil discos, dos quais 80% serão vendidos pelo preço de R$ 29. Da apresentação musical, 40% dos ingressos serão distribuídos gratuitamente, 40% serão vendidos pelo preço de R$ 50 e o restante será divido entre os patrocinadores e a população de baixa renda.

3) O MUNDO PRECISA DE POESIA – R$ 1,3 MILHÃO

image125

Produção: Maria Bethânia

Valor aprovado 1.356.858,00

Tipo: Blog

Ano: 2011

Possivelmente um dos blogs mais caros do mundo, “O Mundo Precisa de Poesia” tinha a intenção de levar diariamente uma nova poesia, lida em vídeo, por Maria Bethânia durante um ano. Para a execução desse projeto, o Ministério da Cultura aprovou a captação de até R$ 1,35 milhão em verbas através da Lei Rouanet, mas após as críticas, a cantora desistiu da produção.

4) TURNÊ LUAN SANTANA: NOSSO TEMPO É HOJE PARTE II – R$ 4,1 MILHÕES

luan

Produção: L S Music Produções Artísticas Ltda (Luan Santana)

Valor aprovado: R$ 4.143.325,00

Tipo: Shows ao vivo

Ano: 2014

Apesar da Lei Rouanet ter sido criada com o intuito de auxiliar artistas menores com pouca visibilidade, na prática as coisas funcionam um pouco diferente.

Em 2014, o Ministério da Cultura aprovou um incentivo de 4,1 milhões para a realização de uma turnê de Luan Santana em diversas cidades do país, dos 4,6 milhões solicitados pela equipe do cantor. Entre as justificativas para aprovação, o Ministério alegou “democratizar a cultura” e “difundir raiz sertaneja pela música romântica”.

5) TURNÊ DETONAUTAS – R$ 1 MILHÃO

15668987261_66d4b52090_b

Produção: Detonautas Roque Clube

Valor aprovado: R$ 1.086.214,40

Tipo: Shows ao vivo

Ano: 2013

Assim como Luan Santana, o grupo Detonautas Roque Clube, liderado por Tico Santa Cruz, é outro artista famoso na lista. A aprovação do Ministério da Cultura foi para a captação de 1 milhão de reais em recursos, para a realização de uma turnê em 25 cidades do país.

Em meio a polêmicas por conta do valor destinado a uma banda reconhecida nacionalmente, o projeto não chegou a captar nenhum valor de fato.

6) SHOWS CLÁUDIA LEITTE – R$ 5,8 MILHÕES

leitte-3534538

Produção: Produtora Ciel LTDA

Valor aprovado: R$ 5.883.100,00

Tipo: Shows ao vivo

Ano: 2013

Outro famoso autorizado a captar recursos pelo Mecenato do Ministério da Cultura, Cláudia Leitte foi aprovada para captar quase R$ 6 milhões pelo programa para a realização de 12 shows em cidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste em 2013. Em meio a críticas, a cantora acabou recebendo “somente” 1,2 milhão de reais em apoio.

E os escândalos em torno desse projeto não assustam só pelos valores: segundo o jornal O Dia relatou na época, a produtora Ciel possuía diversas dívidas, assim como outras empresas da cantora, que teria montado um esquema com diversos CNPJs para conseguir a aprovação do MinC para a captação de verbas.

7) FILME BRIZOLA, TEMPOS DE LUTA E EXPOSIÇÃO UM BRASILEIRO CHAMADO BRIZOLA – R$ 1,9 MILHÃO

Leonel_Brizola

Produção: Extensão Comunicação e Marketing Ltda

Valor aprovado: R$ 1.886.800,38

Tipo: Exposição e Filme

Ano: 2006

Ao mesmo tempo que negou o patrocínio ao filme sobre Mário Covas, citado no início do texto, por motivos de proximidade das eleições, o Ministério da Cultura aprovou, em 2006, ano de eleição, dois projetos sobre a vida de Leonel Brizola, histórico militante do PTB, conduzidos pela Extensão Comunicação e Marketing, que somam 1,88 milhão de reais.

Desse valor, “somente” R$ 1.052.100 foram efetivamente captados. Entre as empresas que apoiaram financeiramente o projeto estão as estatais Petrobras (R$ 592 mil), Eletrobras (R$ 300 mil) e CEEE (R$ 50 mil).

8) PEPPA PIG – R$ 1,7 MILHÃO

Copy-of-PP-2

Produção: Exim Character Licenciamento e Marketing Ltda

Valor aprovado: R$ 1.772.320,00

Tipo: Teatro infantil

Ano: 2014

Até mesmo a porquinha britânica está na lista dos aprovados para captar recursos da lei. Mesmo sendo personagem de um dos desenhos mais famosos da TV por assinatura, o espetáculo “Peppa Pig” foi autorizado pelo Ministério da Cultura a captar quase 1,8 milhão de reais em recursos. E não pense que é uma obra de caridade: segundo a ficha apresentada pelos produtores, apenas 10% dos ingressos serão distribuídos gratuitamente.

9) CONCERTOS APROVADOS SEM O CONHECIMENTO DO MAESTRO JOÃO CARLOS MARTINS: R$ 25 MILHÕES

joao_carlos_martins

Produção: Rannavi Projeto e Marketing Cultural

Valor aprovado: R$ 25.319.712,98

Tipo: Concerto musical

Ano: 2013

Já pensou ser aprovado para receber mais de 25 milhões de reais sem precisar mover um dedo para isso? Foi o que aconteceu com o maestro João Carlos Martins, em 2013.

Em novembro daquele ano, dois projetos envolvendo o músico foram aprovados para captarem um valor total de R$ 25,3 milhões pelo Ministério da Cultura. A Folha de São Paulo percebeu a aprovação e entrou em contato com o músico para saber maiores detalhes das apresentações. Foi só então que maestro descobriu que tinha sido aprovado para uma captação de recursos através da Lei Rouanet, a qual ele não havia solicitado.

Diante da situação embaraçosa, o maestro solicitou o cancelamento da captação de recursos junto ao órgão. Mais tarde, investigações mostraram que a empresa solicitante, Rannavi Projeto e Marketing Cultural, havia feito o pedido sem o consentimento do maestro. A empresa também possuía dados duvidosos e não havia repassado documentos que comprovassem a sua relação com os projetos do maestro e com outros dois projetos solicitados ao MinC.

10) PAINEL ARTÍSTICO CLUB A SÃO PAULO – R$ 5,7 MILHÕES

Restaurante-Club-A-São-Paulo-salão

Produção: ZKT Restaurante, Bar, Teatro, Buffet e Eventos Ltda (Club A)

Valor aprovado: R$ 5.714.399,96

Tipo: Música “Popular”

Ano: 2013

Outra bizarrice aprovada em 2013 pelo Ministério da Cultura, conforme noticia a Veja SP: 5,7 milhões de reais para a realização de “um painel artístico de difusão cultural nos segmentos da música, dança e artes cênicas” no Club A, em São Paulo. O clube da elite paulistana, que tem como ex-sócio Amaury Jr., faria uma lista com pessoas selecionadas para participar do evento. Quem não tivesse o nome na lista precisaria pagar R$ 160 para entrar.

Ironicamente, o projeto caríssimo e requintado da casa foi aprovado no segmento “Música Popular” para captar até 5,7 milhões de reais para a realização do painel, mas nenhum valor foi de fato captado pelos organizadores.

11) SHREK, O MUSICAL E TURNÊ – R$ 17,8 MILHÕES

maxresdefault

Produção: Kabuki Produções Artísticas Ltda

Valor aprovado: R$ 17.878.740,00

Tipo: Teatro

Ano: 2011 e 2012

A produção acima custou R$ 11,3 milhões – a captação de recursos não atingiu o limite aprovado. Se a foto já deixa algumas dúvidas sobre a recepção da peça pelo público, a crítica especializada confirma algumas expectativas: o espetáculo recebeu a nota mínima, 1 de 5, na Veja SP.

E, apesar do aporte multimilionário, os ingressos para a peça do ogro não saíram de graça, chegando a custar R$ 180 por pessoa.

12) CIRQUE DU SOLEIL – R$ 9,4 MILHÕES

cirq1

Produção: T4F Entretenimento S.A

Valor aprovado: R$ 9.400.450,00

Tipo: Teatro

Ano: 2005

Durante sua passagem pelo Brasil em 2005, o canadense Cirque Du Soleil, maior produtor teatral do mundo, foi aprovado para captar até R$ 9,4 milhões em recursos através da Rouanet. O valor foi quase totalmente captado e recebeu aporte de empresas como Bradesco e Gol, que depois puderam solicitar o valor como desconto no pagamento de impostos, segundo o funcionamento da Lei.

O problema: estas empresas também fizeram marketing e colocaram sua marca nos kits de divulgação do evento e em algumas partes do espetáculo. O valor aprovado pelo MinC também é questionável quando levado em conta o preço dos ingressos, que chegavam a custar mais que o salário-mínimo da época.

No final, o seu dinheiro foi indiretamente utilizado para financiar um patrocínio privado e um dos espetáculos circenses mais caros do mundo. Que você também teria que pagar, caso quisesse assistir.

OS “DOIS LULAS “….. DE RETIRANTE NORDESTINO A – SINDICALISTA…ENCERRA MITO COMO “NEGOCIADOR”DE GRANDES EMPRESAS….

LULA……O  ” EX – CARA “…..

REVISTA VEJA COMPARA OS DOIS   “LULAS “.  LULA FASE I SINDICALISTA IDEALISTA…..E  O LULA  FASE II, ÓTIMO “NEGOCIADOR” DE GRUPOS ECONÔMICOS…..Está na VEJA desta semana um histórico da vida do LULA, que nos revela  “DOIS LULAS”…..Vejam o conhecido histórico…(Ref. F. Campana)…….. 

Lula: O mito estraçalhado

índice
A trajetória de Lula o levou da posição de “sindicalista combativo”, por meio da qual se projetou no país, a lobista das grandes empreiteiras. Um fim melancólico para quem, no passado, representou uma esperança de grande parte do povo brasileiro

Francisco Weffort, Veja

Luiz Inácio Lula da Silva vai chegando ao fim do caminho. Mesmo ele é capaz de perceber que está acabando o terreno à sua frente. Antes do petista, tivemos casos semelhantes desses meteoros da política que vêm não se sabe de onde, passam por grandes êxitos, alcançam rapidamente o topo e depois caem miseravelmente. Já nos esquecemos de Jânio Quadros? Lula é diferente de Jânio em um ponto: veio de mais baixo na escala social e conseguiu uma influência mais organizada e duradoura na política do país. Dilma Rousseff, embora pareça um meteoro, não é propriamente um caso político. O fato de ela ter chegado à Presidência da República foi apenas um enorme erro de Lula cometido em um dos seus acessos de personalismo. Erro, aliás, que o empurra com mais rapidez para o fim. “O cara”, de que falou Barack Obama quando Lula tinha 85% de aprovação, não é mais aquele…