Archive for 3 de Maio, 2016

REDE GLOBO RECEBEU EM 12 ANOS DO PT – LULA / DILMA – MAIS DE R$ 6 BILHÕES DE REAIS…..RECLAMAM DO QUÊ ?

“PETEZADA” (MILITANTES DO PT)  METEM O PAU NA REDE GLOBO ENQUANTO LULA E DILMA (PT) DERRAMARAM  VULTUOSAS VERBAS NA “REDE  PLIM -PLIM “…….DE R$ 6,2 BILHÕES DE REAIS.  

Rede Globo
Globo Comunicação e Participações S.A.

Tipo

Rede de televisão aberta

Na Boca Maldita de Curitiba, ponto de encontro de políticos, jornalistas, empresários,  e de militantes de diversos partidos, diariamente, os “lulo – petistas”,  sempre e sempre  metem o pau na Rede Globo e a culpam por todas as mazelas que existem no país e no PT…..E do outro  lado, os chefões deste militantes  (“úteis inocentes”), em 12 anos de poder no Planalto, fizeram uma  baita derrama de grana na TV mais famosa do país….a conhecida “plim -plim”.  Vejam mais esta bomba…bomba….

Distribuição desigual

Publicidade federal: Globo recebeu R$ 6,2 bilhões dos governos Lula e Dilma

Entre os jornais, O Globo foi o que mais recebeu verbas; revista Veja recebeu mais de R$ 700 milhões no período

por Redação — publicado 29/06/2015 16h36, última modificação 29/06/2015 16h37

Ricardo Stuckert/ Instituto Lula

Lula-e-Dilma

Ao todo, foram consumidos R$ 13,9 bilhões para veicular comerciais estatais no período do PT 

Segundo dados divulgados nesta segunda-feira pelo UOL, a Rede Globo e as cinco emissoras de sua propriedade teriam recebido R$ 6,2 bilhões em publicidade federal durante os últimos doze anos de governo petista. A segunda maior verba foi destinada à Record: R$ 2 bilhões. De 2003 a 2014, o SBT recebeu R$ 1,6 bi, a Band, R$ 1 bi e a Rede TV! ficou com R$ 408 milhões.

O montante é ainda maior quando considerados os valores pagos às emissoras filiadas do Grupo Globo. Nessa mais de uma década a RBS recebeu R$ 63,7 milhões e a Rede Bahia, teve um faturamento de R$ 50,9 milhões. Outra, de propriedade do empresário José Hawilla, envolvido no escândalo de corrupção da Fifa, é a TV Tem, que teria faturado R$ 8,5 milhões.

Lula e Dilma investiram um total de R$ 13,9 bilhões para fazer propaganda em todas as TVs do país. A parte destinada somente às emissoras da Rede Globo representa quase metade desse total. Apesar disso, a porcentagem destinada à Globo tem sido reduzida.

Ao final do governo de Fernando Henrique Cardoso, em 2002, as emissoras globais detinham 49% das verbas estatais destinadas à propagada em TV aberta, chegaram a 59% durante o governo Lula e, no ano passado, a Globo ainda liderava com R$ 453,5 milhões investidos, mas do total, o valor representa 36%.

Outras plataformas

O meio Internet é o segundo que mais recebe dinheiro para publicidade estatal do governo. O maior portal do país, o UOL, que pertence ao Grupo Folha e recebeu 39,8 milhões de visitantes únicos em dezembro de 2014, teve R$ 14,7 milhões de faturamento. Já o G1 e o portal Globo.com que, somados, tiveram uma audiência de 34,1 milhões de visitantes únicos em dezembro de 2014, receberam R$ 13,5 milhões de verbas federais de publicidade nesse ano. O Terra e o R7 receberam 9 e 6 milhões de reais respectivamente.

Entre 2003 e 2014, os jornais impressos arrecadaram R$ 2,1 bilhões com propagadas de Lula e Dilma. Do total, R$ 730,3 milhões, 35%, foram destinados a apenas quatro publicações: O Globo, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Valor Econômico. Essas mesmas publicações recebiam um volume de receita proporcionalmente igual entre 2000 e 2002, mesmo com FHC na presidência.

O jornal impresso agraciado com a maior verba em 2014 foi O Globo: R$ 21,5 milhões.

A versão digital desses impressos que mais recebeu verba em 2014 foi o jornal O Estado de S. Paulo, seguido por O Globo, com R$ 2,7 mi e R$ 2,4, respectivamente. A Folha de S. Paulo recebeu R$ 2,1 +milhões e o Valor recebeu R$ 288 mil, apenas 10,5% do valor destinado ao Estadão.

Entre as revistas, a semanal Veja recebeu R$ 19,9 milhões –o ano em que recebeu mais foi 2009, quando o governo federal lhe destinou R$ 43,7 milhões. No total, a revista já recebeu R$ 370,9 mi de Dilma e Lula. Abaixo dela vem a Época, com R$ 168, 4 mi, a IstoÉ, com R$ 145,4 mi e a CartaCapital recebeu R$ 61 mi, 16,4% do destinado à Veja.

Somando as verbas da publicidade feita por empresas estatais, Veja recebeu mais de R$ 700 milhões nos governos Lula e Dilma.

No governo Fernando Henrique, CartaCapital recebeu R$ 2,9 milhões em verbas federais, contra R$ 89 milhões de Veja, R$ 45 milhões de Época e R$ 38 milhões da Istoé. 

Anúncios

MINISTRO STF (SUPREMO) ACUSA LULA (PT)….ESPALHA FALSAS INFORMAÇÕES….

LULA (PT) FAZ TERRORISMO CONTRA PROCESSO DO MENSALÃO DO PT…..QUER MELAR MENSALÃO DO PT COM FALSAS INFORMAÇÕES …É  o que diz o ministro GILMAR MENDES do STF, o qual deu um baita pito no LULA , POR ESPALHAR TERRORISMO COM FALSAS INFORMAÇÕES….Vejam a matéria publicada na Carta Capital………

Irritado, Gilmar Mendes acusa Lula de divulgar informações falsas

Ministro do STF imita a Veja e diz que informações ‘falsas’ a seu respeito têm como objetivo ‘melar’ o julgamento do mensalão

por Redação Carta Capital — publicado 29/05/2012 19h02, última modificação 30/05/2012 10h19

Gilmar Mendes_29_05

Mendes durante a sessão da 2ª Turma do STF, nesta quinta-feira. Foto: Carlos Humberto / STF

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), acusou nesta terça-feira 29 o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de centralizar a divulgação de informações falsas contra ele.

 

Nesta terça, Mendes elevou o tom usado em entrevista à TV Globo na noite de segunda-feira. Nela, Mendes havia sido bem menos incisivo e disse ter “entendido” que Lula queria pressioná-lo a tentar adiar o julgamento do mensalão. A história veio à tona na edição da revista Veja deste final de semana, segundo a qual Mendes sofreu pressão de Lula a respeito do julgamento do mensalão. Os outros dois participantes da reunião desmentem o teor da denúncia: o próprio Lula e o ex-ministro e ex-presidente do STF Nelson Jobim.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira 28, Mendes afirmou que é vítima de uma “armação”. Para ele, quem divulgou informações a seu respeito estaria interessado em “melar” o julgamento do mensalão. “Ele (Lula) recebeu esse tipo de informação. Gente que o subsidiou com esse tipo de informação e ele acreditou nela. As notícias que me chegaram era que ele era a central de divulgação disso. O próprio presidente”, afirmou Gilmar, segundo o jornal O Globo.

Mendes estava irritado e com o tom de voz alterado. Segundo a Folha de S. Paulo, ele estaria irritado com as pessoas, classificadas por ele de “criminosos e gângsters”, que estavam “vazando” informações sobre um encontro que teve com o senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), em Berlim, e que a viagem teria acontecido após Cachoeira disponibilizar um avião ao senador e ao ministro. “Não viajei em jatinho coisa nenhuma. Vamos parar com fofoca. A gente está lidando com gângsters. Vamos deixar claro: estamos lidando com bandidos que ficam plantando essas informações”, disse o ministro, sem identificar quem seriam os supostos “criminosos”. Mendes apresentou notas e cópias de suas passagens aéreas que teriam sido emitidas na TAM pelo Supremo Tribunal Federal.

DEPUTADA FEDERAL VANESSA GRAZIOTIN (PC DO B) PODERÁ PERDER O MANDATO…..

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDE A CASSAÇÃO DA VANESSA DO PC DO B. A publicação é do site  – Manchete Diário  – onde consta que o motivo da cassação é por compra de votos na eleição……Vejam a matéria……

post-feature-image
HomePolítica

Ministério Público pede cassação da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB) por compra de votos e captação

 

 

O Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo…

 

O Ministério Público Eleitoral (MPE) entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a cassação do diploma da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), de seus suplentes Francisco Garcia Rodrigues e Alzira Ferreira Barros, e do deputado estadual Eronildo Braga Bezerra. Eles são acusados de abuso de poder econômico, compra de votos e captação, além de gasto ilícito de recursos de campanha nas eleições de 2010.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral, Vanessa Grazziotin e seu marido, Eron Bezerra, teriam feito uso político e eleitoral do “Programa Zona Franca Verde”, de distribuição de sementes e implementos agrícolas, para captação de votos. A acusação diz ainda que os então candidatos tiveram a campanha eleitoral financiada com recursos provenientes de caixa 2 e efetuaram despesas de campanha sem declarar corretamente à Justiça Eleitoral.

No recurso, o MPE destaca o depoimento de um eleitor que afirma que integrantes do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), no município de Novo Remanso, teriam lhe oferecido um motor, em meados de agosto de 2010, para que ele votasse em Vanessa e Eron.

O ministério lembra ainda que Eron foi secretário da Sepror (Secretaria de Produção Rural ) até o dia 31 de março de 2010, quando se desincompatibilizou do cargo para concorrer às eleições de 2010. Segundo a denúncia, houve grandes gastos de materiais para doação do Idam/Sepror concentrada nos meses de setembro a dezembro de 2010. De acordo com os procuradores, apesar dos indícios de uso eleitoral que verificou, a Secretaria informou, quando consultada, que os critérios de distribuição dos implementos agrícolas atenderiam aos extremamente necessitados.

Em todo o ano de 2009, o Idam doou 7.209 motores a gasolina de 5 a 6 cv. Já em 2010, segundo o autor do recurso, o Idam teria doado 12.878 desses motores somente até 23 de abril.

“Isto denota que, como em um curto período inferior a quatro meses o quantitativo deste público alvo ultrapassou as cifras de 2009, ficou evidente que o sistema Sepror estava sendo manipulado, com abuso de poder, para angariar simpatia aos candidatos oficiais. Em especial dos dirigentes maiores”, afirma o Ministério Público Eleitoral.

O MPE informa que no município de Apuí (AM) policiais apreenderam, em agosto de 2010, implementos agrícolas, transportados em veículo oficial do Idam que estaria descaracterizado. Apurou-se que um suposto memorando circular orientava as equipes nos municípios para que não preenchessem os campos relacionados com a data e a numeração do termo de doação, uma vez que isto seria efetivado por órgão do Idam no ato da formalização do processo……………………………………

URGENTE….URGENTE…..CERCO AO LULA (PT) COMEÇA A APERTAR ….ELE PODE SER PRESO ?

LULA (PT) EM CANA ?

AFINAL…..LULA VAI SER PRESO OU NÃO VAI ?  SERGIO MORO PODERÁ DECRETAR SUA PRISÃO ? A notícia é recente, e foi publicada no dia   2 de MAIO de 2016  no site da VEJA.COM , portanto com credibilidade.  É assinada pelo FELIPE  FRAZÃO – Brasília.  A origem desta possibilidade está centrada em processo que correu na Justiça de São Paulo, no rumoroso, novelesco, burlesco  e famoso caso do apartamento do LULA no Guarujá……..um  “AP. TIPO CAIXA DOIS”,  que o LULA nega, nega , nega e jura por todos os santos que nunca foi dele, nem da MARISA e nem do LULINHA…….Vejam a matéria   “ipsis litteris”…….

Justiça de SP envia a Moro pedido de prisão de Lula

02/05/2016 às 20:39 – Atualizado em 02/05/2016 às 21:27

Lula discursa no seminário "Democracy and Social Justice", em São PauloEx-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva discursa no seminário “Democracy and Social Justice”, em São Paulo – 25/04/2016(Paulo Whitaker/Reuters)

A 4ª Vara Criminal de São Paulo remeteu ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, o pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula e a denúncia contra o petista por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica no caso do tríplex de Guarujá (SP). Os autos foram enviados pela juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira na última quinta-feira, após ela negar recursos contra a decisão na qual declinou da competência para o juízo que centraliza a Operação Lava Jato, no Paraná, proferida há mais de um mês. A posse do tríplex reformado pela construtora OAS para Lula e a ex-primeira-dama Marisa Letícia era investigada pelo Ministério Público de São Paulo, em inquérito decorrente do caso Bancoop, e pelo Ministério Público Federal na Lava Jato. A juíza entendeu que os crimes são de âmbito federal e podem estar relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras. Caberá a Moro agora decidir se aceita a competência e acata ou não o pedido de prisão e a acusação formal. O ex-presidente também é investigado em outras frentes da Lava Jato, a apuração ocorre sob o crivo do Supremo Tribunal Federal, por causa de citações a parlamentares e ministros com foro privilegiado. Como a nomeação de Lula foi suspensa pelo Supremo, ele permanece sem a prerrogativa. (Felipe Frazão, de Brasília)