Archive for Setembro, 2016

IPEA CRITICADO POR FALHA EM PESQUISA TIPO….. “LULOPETISTA”…….

ez

 ATÉ O IPEA ESTÁ  “MAL DAS PERNAS”…. Quando se fala em pesquisa do IPEA, todos acreditam, pois sua fama varre o país….Mas desta vez o IPEA pisou na bola, quando se deixou enganar pela  ideologia nefasta do PT   do  LULOPETISMO com seus objetivos de enganar o povo e a si próprios…….Vejam….

IPEA APARELHADO PELO PT SAI DO FOCO

Ipea não tem tradição em pesquisas de opinião. Instituto pode ter cometido “erro grotesco e banal” porque trabalhou “fora de seu foco”.

Ipea aparelhado

Ipea aparelhado pelo PT sai do focoIpea: erro grotesco na na divulgação dos resultados da polêmica pesquisa sobre violência contra a mulher. Reprodução

Fonte: O Globo

Para ex-diretores do Ipea, erro foi ‘grotesco’ e órgão perdeu o foco

Segundo eles, falha deveria levar à criação de procedimentos de revisão

Depois de o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) anunciar que havia se equivocado na divulgação dos resultados da polêmica pesquisa sobre violência contra a mulher, ex-diretores do órgão e especialistas em pesquisas de opinião se debruçaram sobre o assunto e deram duros vereditos sobre o caso. Para Edson Nunes, que foi vice-presidente executivo do órgão entre 1985 e 1994, o Ipea pode ter cometido esse “erro grotesco e banal” porque trabalhou “fora de seu foco”.

— Esse erro que acabaram de anunciar é grotesco e banal. É lamentável — disse Nunes, classificando a entidade como sendo uma das “de mais alta lisura e resistência” do país:

— Uma pesquisa desse tipo tem que passar por muitas mãos e ser fartamente revista antes de ser divulgada. Então, o primeiro ponto a ser apontado aqui é que a respeitabilidade do Ipea sofre muito com essa falha. Depois, que esse erro tem muito a ver com o trabalho em si. O Ipea não tem a tradição de fazer pesquisas de opinião. No Brasil, temos meia dúzia de entidades que fazem esse trabalho muito bem: o Ibope, o Datafolha, o Vox Populi… O Ipea trabalha com dados econômicos e parece que está fora de seu foco.

Nunes, que diz não ter memória de um desmentido desse porte no país, também critica a escolha do tema que foi pesquisado. Para ele, o assunto não estaria na seara de domínio dospesquisadores do Ipea:

— Essa escolha foi péssima, e o resultado agrediu homens e mulheres. Tanto foi assim que todo mundo do ramo ficou com uma pulga atrás da orelha depois de ouvir os resultados da pesquisa e acabou indo atrás da metodologia deles para ver onde tinham errado. Mas, esse erro aí, nós nunca pegaríamos. Eles trocaram a pergunta 23 com a pergunta 24, e os resultados saíram trocados.

A deputada estadual Aspásia Camargo (PV-RJ), que presidiu o Ipea entre 1993 e 1995, também lamentou o erro cometido e revelado pelo instituto.

— Certamente o que aconteceu ali foi um misto de cansaço, com a existência de equipes pequenas, trabalhando sobre coisas muito complexas. Para mim, faltou um leitor externo que pedisse aos pesquisadores mais certeza sobre suas conclusões — ponderou ela: — Se eu ainda estivesse na presidência do instituto, sendo mulher e bisbilhoteira como sou, teria me trancado numa sala com esse trabalho e duvidado dele.

A gente tem que desconfiar sempre das pesquisas, mesmo quando elas vêm de instituições sérias. Agora, acho importante refazermos um levantamento sobre violência contra a mulher. Ainda temos 26% de pessoas que acham que mulher que mostra o corpo merece ser estuprada. Ainda é um dado ruim.

O sociólogo Simon Schwartzman, que foi presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) entre 1994 e 1998, destacou, por sua vez, a importância de o Ipea reconhecer publicamente sua falha:

— É importante que o instituto venha a público corrigir seu erro. Isso é para elogiar. Mas tem uma outra questão no ar: o instituto é da área econômica, e o tema da pesquisa é das ciências sociais. Isso quer dizer que o pessoal do Ipea não estava dentro da competência deles.

Talvez tenham entrado num campo que não dominam muito bem.

Já o economista Sérgio Besserman, que também presidiu o IBGE, não acredita que o erro afete a imagem do Ipea. Para ele, o importante é reconhecer o erro com transparência e aproveitar a oportunidade para rever protocolos internos.

Besserman explicou que, diferentemente do Ipea, os institutos que trabalham com pesquisa primária, como o IBGE, adotam procedimentos críticos antes de divulgar resultados. Ele lembra, porém, que, como o Ipea faz pesquisa analíticas, impor o mesmo cuidado ao órgão poderia ser interpretado como censura. Mesmo assim, a falha pode servir à criação de procedimentos que aumentem a segurança dos resultados.

LEI PREMIA DESEMBARGADORES BANDIDOS QUE FAVORECEM O CRIME ORGANIZADO….PREMIADOS COM GORDA APOSENTADORIA…..

“QUE PAÍS É ESTE “?

LEI DE APOSENTADORIA DE DESEMBARGADOR OU JUIZ LADRÃO….É UM INCENTIVO  AO CRIME   Esta lei idiota, de APOSENTAR juiz ou desembargador da Justiça que cometem crimes, é um atentado ao bom senso, pois no fundo não passa  até um incentivo de segurança financeira para o crime de juízes….Ou seja….Se cometer crime AINDA É APOSENTADO SEM PERDER GORDOS  SALÁRIOS ?  Éo fim da picada…..

LEI  ABSURDA PROTEGE BANDIDO.   Esta lei tem que ser revogada, para que os juízes fiquem sabendo que se cometerem rimes vão PERDER SEUS SALÁRIOS e vão ter que dar duro na vida.  Deviam ainda responder com prisão por seus crimes, tal qual os reles mortais demais brasileiros respondem , e JAMAIS  SEREM AGRACIADOS COM PRÊMIO DE APOSENTADORIA COMPULSÓRIA COM SALÁRIO INTEGRAL…Vejam mais esta  PUNIÇÃO  PREMIADA DE UM DESEMBARGADOR….

TJ pune com aposentadoria desembargador que soltou traficante

O desembargador Otávio Henrique de Sousa Lima mandou soltar Welinton Xavier dos Santos apontado como um dos principais traficantes de drogas de São Paulo

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, em sessão realizada nesta quarta-feira, por maioria de votos, aposentou compulsoriamente o desembargador Otávio Henrique de Sousa Lima, da 9ª Câmara de Direito Criminal. Sousa Lima estava afastado do cargo desde o início do Processo Administrativo Disciplinar – em 23 de setembro de 2015 – instaurado contra ele por suposto favorecimento a traficantes.

O desembargador mandou soltar Welinton Xavier dos Santos, o Capuava, apontado como um dos principais traficantes de drogas de São Paulo, que havia sido preso com 1,6 tonelada de cocaína, 898 quilos de insumos para a produção da droga, quatro fuzis e uma pistola automática – a apreensão ocorreu em um sítio em Santa Isabel, na Grande São Paulo. Ao mesmo tempo, Sousa Lima manteve na prisão outros integrantes da quadrilha de Capuava.

Em 2015, ao votar pela abertura do Processo Administrativo Disciplinar contra o colega, o então presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador José Renato Nalini, destacou “a falta de fundamentação” na decisão de Sousa Lima em mandar soltar o traficante.

“A fundamentação é de uma pobreza franciscana. Não é possível saber por que as provas da polícia não foram levadas em conta na decisão.” 

O Tribunal de Justiça de São Paulo informou que a pena de aposentadoria está prevista na Lei Orgânica da Magistratura. A defesa de Sousa Lima nega envolvimento do desembargador com irregularidades.

Quando o processo disciplinar foi aberto, o advogado Marcial Herculino de Hollanda Filho, defensor do desembargador, argumentou que a decisão que soltou o traficante foi fundamentada. Hollanda Filho afirmou que o magistrado “seguiu sua consciência” nas decisões.

(Com Estadão Conteúdo)

CRIME ORGANIZADO DOMINA ATÉ DESEMBARGADORES ? BRASIL CORRE O RISCO DE SE AFUNDAR NO LAMAÇAL DO ESTADO MARGINAL BANDIDO……

O JORNALISTA BOECHAT ALERTA PARA O PERIGO DO PAÍS MERGULHAR NO CAOS DO ESTADO BANDIDO. Devido as prisões de desembargadores que vendem sentenças a mega traficantes em troca de grana, e por isto passam a FAZER PARTE DO CRIME ORGANIZADO, o que pode nos levar a ruína e ao esgarçamento do Estado de Direito.  No Rio de Janeiro o  “Estado Bandido”, já domina a maior parte da área do Rio…….  

CRIME ORGANIZADO INGRESSA NO ESTADO DE DIREITO.  O BOECHAT tem alertado as autoridades ainda não comprometidas com o crime, para o risco do país cair nas mãos  do crime organizado, já que estas organizações vendo que é mais fácil impor uma política de pressão e ameaças a população, ficando assim  mais fácil e mais seguro enriquecer cobrando taxas do povo, vendendo segurança,  como a máfia faz, A EXEMPLO DO PT  E CIA.  QUE ROUBARAM  BILHÕES,  sem dar nenhum tiro e todos estão vivos por aí….. Vejam mais um desembargador no crime organizado…(Ref. veja.com)

PF avança sobre desembargadores que vendiam sentenças no Ceará

Segundo as investigações, há indicativos de conluio entre advogados e desembargadores visando liberações de criminosos por meio de concessão de liminares

Com o objetivo de aprofundar suas investigações sobre um esquema de venda de decisões judiciais instalado dentro do Tribunal de Justiça do Ceará, 110 policiais federais cumprem 19 mandados de busca e apreensão e 24 mandados de conduções coercitivas na manhã desta quarta-feira no Ceará.

Entre os alvos estão os desembargadores Francisco Pedrosa Teixeira e Sergia Maria Mendonça Miranda, 14 advogados e o desembargador aposentado Valdsen da Silva Alves Pereira.

 

Segunda fase da operação Expresso 150, a ação foi autorizada pelo ministro Herman Benjamin do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Benjamin acatou parte da representação proposta pela Polícia Federal (PF) na qual os investigadores detalham indicativos de conluio entre advogados e desembargadores visando às liberações de criminosos, por meio da concessão de liminares em habeas corpus impetrados principalmente durante os plantões judiciais.

ESTAMOS DESTRUINDO O FUTURO DA VIDA NA TERRA ? PASMEM COM ESTA NOTÍCIA….

“Banco Mundial endossa esta previsão sombria e fatal”….

“A  sociedade está  anestesiada para esta catástrofe do Planeta ? “

ESTÁ PRÓXIMO O FIM DA VIDA NO PLANETA….O ASSUNTO É SÉRIO….A publicação é do site respeitável “HISTORY “….Leiam e pasmem….A previsão do fim da água do Planeta está próxima e prevista para mais ou menos…2050

DEMOCRACIA PÓS DITADURA MILITAR 64 CORROMPEU A PEROBRAS ?

POR DEDUÇÃO PELO MENOS…. INDICA-SE  QUE A PETROBRAS SOFREU PROCESSO DE CORRUPÇÃO APÓS INSTALAÇÃO DA DEMOCRACIA?   Bem, pelo menos é o que indica um dos maiores chefes da corrupção da Petrobras….O delator PAULO ROBERTO COSTA…(Ref. Papotv)….

Delator diz que corrupção na Petrobras começou após a saída dos Militares do poder
POLÍTICA há um dia atrás

Delator diz que corrupção na Petrobras começou após a saída dos Militares do poder

Segundo o Radar, em seu depoimento à Justiça Eleitoral no processo que pede a derrubada da chapa Dilma-Temer nesta segunda-feira, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa frisou que, quem quisesse cargos de comando na Petrobras tinha de “entrar no jogo” e disse que os pagamentos eram feitos desde o governo de José Sarney.

Ou seja, bastou os militares saírem que a corrupção se instalou.

CADÁVER DE CELSO DANIEL (PT) CONTINUA INSEPULTO MORALMENTE….FAZENDO VÍTIMAS…

MORTES DE DELEGADO…. A GARÇON E ATÉ ATENTADO DE PROMOTORA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE SÃO PAULO….ENTRAM NA DANÇA MACABRA.  Pode ser que , se o caso da morte suspeita do prefeito  do ABC – CELSO DANIEL – PT  acabar estacionando  no processo lava jato do Dr. MORO, talvez apareçam detalhes deste crime político ainda não esclarecido, quanto aos verdadeiros mandantes….Vejam mais esta do rumoroso caso do cadáver que não dorme…..(Ref. Jornal da Cidade – on line)….. 

 

Sombra, o oitavo cadáver do caso Celso Daniel

Postado dia: 27/09/2016 às 20:10

 

É bizarro! No dia seguinte à prisão de Antonio Palocci, o famigerado Sérgio Sombra morreu em São Paulo. É a oitava morte de alguém envolvido no assassinato do prefeito Celso Daniel, em 2002. Vejamos…

→ Dionísio Severo, o sequestrador: assassinado (Abr/2002);
→ Sérgio “Orelha”, o cúmplice: assassinado (Nov/2002);
→ Antônio Palácio, o garçom: assassinado (Fev/2003);
→ Paulo Henrique Brito, a testemunha: assassinado (Mar/2003);
→ Otávio Mercier, o investigador: assassinado (Jul/2003);
→ Iran Rédua, o agente funerário: assassinado (Nov/2004);
→ Carlos Printes, o legista: encontrado morto (Out/2005).

Vale destacar:

em agosto de 2010, Eliana Vendramini, promotora do Ministério Público de São Paulo responsável pelas investigações do assassinato de Celso Daniel, sofreu um grave acidente automobilístico após ser perseguida numa via expressa paulistana por um veículo, atingida na lateral e jogada para fora da pista, capotando.

Agora, é Sérgio Sombra quem desaparece do mapa.

Celso Daniel é o cadáver insepulto mais perigoso da história da República.

É quase uma novela do Silvio de Abreu!

Helder Caldeira

LULA (PT) NÃO QUER FICAR NA CADEIA….PREPARA ESQUEMA DE ASILO VOLUNTÁRIO NEGOCIADO ?

LULA (PT) NÃO ACEITA FICAR NA CADEIA….PLANEJA CAIR FORA?  É incrível…LULA agarra-se no papo furado e sem nexo de “prejuízo” das empresas corruptas, para justificar suas corrupções e para assim combater as  corretas e legais ações do processo da lava jato…..

LULA QUER O PAÍS SEM LEI.  LULA quer implantar o liberou geral anárquico aqui no país….É isso ?  Vamos jogar a constituição, o código penal, o código civil, e o direito administrativo NO LIXO ?  É isto que  propõe o  insano falastrão do LULA ?  ESTA PROPOSTA  EXCEDE AS RAIAS DA INSANIDADE E DA LOUCURA  NESTA   EPIDEMIA, DE DOENÇA DE VIRUS QUE ATACA O CÉREBRO DOS  FANÁTICOS  LULOPETISTAS…. “Eu tenho dó do Brasil”, como disse a cantora  Maria Betânia, ex- petista fanática, hoje desiludida com o LULA  e sua gangue perversa……  

LULA TEM PLANO SECRETO PARA EVITAR PRISÃO: PEDIR ASILO À ITÁLIA. OUÇA ÁUDIO DA CONVERSA COM EMBAIXADOR ITALIANO. {ÁUDIO CONVERSA}

lula-audio

Ex-presidente e aliados estudam requerer que país europeu o receba como perseguido político. Itália foi escolhida porque sua família tem dupla cidadania

 

Numa crise que já revelou tramas e enredos antes inimagináveis, nada mais parece capaz de provocar surpresa nem espanto – e, no entanto, surpresa e espanto insistem em aparecer. Nos últimos dias, VEJA apurou o fio da meada que leva a um plano secreto destinado a tirar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva do Brasil, caso sua prisão seja decretada. O plano prevê que Lula pediria asilo a uma embaixada, de preferência a da Itália, depois de negociar uma espécie de salvo-conduto no Congresso, que lhe daria permissão para deslocar-se da embaixada até o aeroporto sem ser detido – e, do aeroporto, voaria para o país do asilo.A cronologia do plano, de acordo com os detalhes que VEJA conseguiu levantar, pode ser resumida como se segue.Domingo, 6 de março. 

Sob o impacto da 24ª fase da Operação Lava-Jato, na qual foi levado coercitivamente para depor na Polícia Federal, Lula reuniu seus principais conselheiros. Ali, debateram duas alternativas. A primeira era uma intervenção no governo de Dilma Rousseff, com Lula assumindo de fato o comando do país, como se tentou fazer com sua nomeação para a Casa Civil.

A outra era uma solução mais drástica, sugerida por conselheiros para os quais o problema não era apenas político: Lula deixaria o Brasil de tal modo que pudesse se apresentar como vítima de uma perseguição política. Surgiram quatro opções de destino: Cuba, Venezuela, França e Itália.Segunda, 7. A cúpula do PT, com base na discussão do dia anterior, destacou um emissário para sondar o regime cubano sobre o nível de proteção que Lula receberia de Havana caso se asilasse ali.

A Venezuela foi logo descartada da lista em razão de sua instabilidade política. França e Itália continuaram no horizonte. As sondagens se prolongaram por quatro dias, até que, na quinta-feira, 10 de março, os promotores do Ministério Público, numa trapalhada jurídica, pediram a prisão preventiva de Lula. O ambiente ficou pesado e as negociações ganharam mais tração.Quarta, 16. Enquanto o país ouvia as gravações da conversa telefônica entre Dilma e Lula, na qual a força-tarefa da Lava-Jato colheu indícios de que os dois agiam para obstruir a Justiça, uma sondagem desenrolava-se a quinze minutos do Palácio do Planalto: na embaixada da Itália. O embaixador daquele país, Raffaele Trombetta, promovia um jantar para quarenta convidados. Entre eles, aliados do ex-presidente com atuação destacada no mundo jurídico e no Congresso. Em determinado momento do convescote, Trombetta teve uma conversa franca e reservada com os emissários do ex-presidente. Foi perguntado sobre possíveis desdobramentos caso Lula se refugiasse no prédio da embaixada italiana e desse prosseguimento ao pedido de asilo político.

Trombetta prometeu estudar as consequências. (Procurado por VEJA na semana passada, o embaixador Trombetta repassou o telefone a seu chefe de gabinete, Alberto La Bella, que se assustou ao ser perguntado sobre o plano de asilo para Lula. Disse La Bella: “Isso foi uma conversa particular do embaixador. Não sei o que dizer. O ministro Lula está no país. Acho difícil essa saída”.)Manhã de sábado, 19. Um dia antes, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspendera a posse de Lula como ministro da Casa Civil, numa decisão que caiu como uma bomba no PT. Como havia perdido o foro privilegiado e seu caso voltara às mãos do juiz Sergio Moro, em Curitiba, Lula passava novamente a correr o risco de ser preso preventivamente a qualquer momento.

Lula resolve envolver-se pessoalmente no plano, que até aqui vinha sendo tocado sem a sua intervenção direta. Lula quis detalhes do assunto. Perguntou como deixaria o país sem ser capturado pela Polícia Federal, como seria o contato com as autoridades estrangeiras e quais seriam os desdobramentos para a sua família.Noite de sábado, 19. Diante dos questionamentos de Lula, um pequeno grupo de advogados e políticos reuniu-se num endereço nobre de Brasília e detalhou de modo mais concreto o plano de emergência. Mesmo sem contar ainda com a resposta do embaixador Raffaele Trombetta, o grupo decidiu que a melhor opção era realmente a Itália. O fato de a ex-primeira-dama Marisa Letícia ter cidadania italiana e de o direito ser extensivo aos filhos igualmente investigados na Lava-Jato facilitava as coisas. Na reunião, os conselheiros debateram o roteiro jurídico para que o ex-presidente pudesse ser autorizado a deslocar-se da embaixada em que viesse a se asilar até o avião em que partiria para o exterior.

Ficou acertado que seria necessária “uma saída negociada” com as principais forças políticas de oposição, já que o salvo-conduto teria de ser previamente aprovado pelo Congresso. A missão política foi delegada ao advogado Sigmaringa Seixas, ex-deputado do PT, e ao ex-ministro Nelson Jobim, que tem bom trânsito junto a diversos partidos. No PMDB, o primeiro a ser procurado foi o presidente do Senado, Renan Calheiros. Em seguida, acionou-se o ex-ministro Moreira Franco, por sua proximidade com o vice-presidente Michel Temer.