LULA (PT)….USOU BNDES PARA SEUS AMIGOS MAIS CHEGADOS…BUMLAI FALIDO VAI PAGAR ESTA CONTA MONSTRO ?

BUMLAI AMIGÃO DO LULA RECEBEU FAVORES ABSURDOS …..A conta dos devedores de empréstimos generosos aos amigos do lulopetismo,  de BILHÕES DE DÓLARES, feitas no BNDES, que por certo não vão pagar,  mais uma vez cairá nas costas do povão e  nós os trouxas do PT,  vamos arcar com mais este prejuízo de BILHÕES DE DÓLARES deixados em 13 anos de desgoverno do PT….(REF. SITE REPÚBLICA DE CURITIBA)….

INÍCIO » UNCATEGORIZED » NOVA DESCOBERTA DA LAVA JATO: BUMLAI, AMIGO DE LULA, LEVOU MAIS R$ 500 MILHÕES DO BNDES

Nova descoberta da Lava Jato: Bumlai, amigo de Lula, levou mais R$ 500 milhões do BNDES

FACEBOOK DA REPUBLICA DE CURITIBA

bumlai

O Ministério Público Federal, no Distrito Federal, em conjunto com a força-tarefa da Operação Lava Jato, investiga se o pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi beneficiado em empréstimos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entre 2008 e 2012. 

O Grupo São Fernando, de usinas de álcool, recebeu mais de R$ 500 milhões em três operações com o banco nos governos Lula e Dilma Rousseff.  As participações do BTG Pactual, do falido BVA e do Grupo Bertin também estão sob suspeita.

Em 2015, o BNDES e o Banco do Brasil pediram a falência das empresas de Bumlai por inadimplência.

 Prestes a ser condenado no esquema de corrupção da Petrobrás, pelo juiz da Lava Jato, em Curitiba, Sérgio Moro, o amigo de Lula tinha uma dívida de R$ 1,2 bilhão. Toda operação financeira do grupo com os bancos estatais envolvem o Grupo Bertin – também alvo da Lava Jato, como o BTG e o BVA.

 

O foco do Ministério Público nas operações do BNDES abrangem empreiteiras acusadas de cartel na Petrobrás e outros investigados pela Lava Jato. Na última semana, Procuradoria, no Distrito Federal, denunciou Lula e executivos da Odebrecht por suposto favorecimento à Odebrecht na concessão de empréstimos do banco para obras em Angola, na África. Desde maio, o BNDES suspendeu também o repasse de US$ 4,7 bilhões para 25 operações de financiamentos, em nove países, para empreiteiras alvo da Lava Jato – além de Odebrecht, OAS, Andrade Guritierrez, Queiroz Galvão e Camargo Corrêa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: