Archive for 4 de Novembro, 2016

PAPA DA ODEBRECHT PROMETE COLOCAR LULA (PT) NA CADEIA…..

screenshot_2016-10-16-12-56-48-1

Ando de tornozeleiras, mas coloco Lula na prisão’, diz Emílio Odebrecht

 

 

APós definir as condições de sua delação premiada, o poderoso empresário Emílio Odebrecht era o espelho da amargura.

Para escapar do ‘xilindró’, Odebrecht terá que fazer uso de uma tornozeleira eletrônica. É a condição imposta pela força tarefa da Lava Jato para que cumpra sua pena integralmente em regime aberto.

 

Entretanto, a mesma sorte não teve o filho, Marcelo Odebrecht, que ficará, pelo menos, mais um ano na prisão.

A família está bastante abalada.

O bilionário patriarca do grupo Odebrecht, em meio a muitas lamentações, teria dito num de seus frequentes momentos de explosão: ‘Ando de tornozeleiras, mas coloco Lula na prisão’.

Anúncios

DILMA (PT) DESEMPREGADA….QUER VIRAR ESCRITORA PARA SDAIR DA FILA DO SINE…..

DILMA NA FILA  DOS DESEMPREGADOS….  QUER SER ESCRITORA.   A ex-presidente DILMA (PT) está na fila do desemprego e já propala que quer escrever  um livro….Se escrever como fala ninguém vai entender nada….Vejam a abordagem do Augusto Nunes sobre o assunto….

COLUNAAUGUSTO NUNES 

Augusto Nunes

Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido.

Literatura em perigo: Dilma ameaça escrever um livro

A romancista policial deveria fazer de conta que é ficção o que de fato aconteceu 

Por: Augusto Nunes  01/11/2016 às 19:03

Dilma Rousseff contou à jornalista Natuza Nery que não sabe quando publicará um livro de memórias, mas gostaria muito de escrever um romance policial. Que tal juntar as duas coisas numa obra só, fazendo de conta que é ficção o que efetivamente aconteceu?

 

A discurseira populista do herói, por exemplo, camufla o chefão de uma organização criminosa disfarçada de partido político. Enquanto jura que só pensa em transferir os pobres e miseráveis para a classe média, ele enriquece com donativos de empreiteiros amigos.

 

Cercada de bandidos por todos os lados, a heroína repete de meia em meia hora que é mulher honrada. Ele acaba na cadeia. Ela perde o emprego e, embora não consiga dizer uma única frase com começo, meio e fim, resolve virar escritora. O desfecho da saga fica para o próximo livro, a ser publicado depois da eleição de 2018.