Neste domingo, 8, o polêmico apóstolo Valdemiro Santiago chegava para mais um dia de cultos na Igreja do Brás, em São Paulo. Líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, ele contava com a ajuda de outro religioso durante o culto, que teve início às oito horas, no horário de Brasília. Existe um momento no culto, no qual Santiago ou outro bispo vai até à plateia de fiéis e toca em suas mãos ou cabeças. Foi exatamente neste momento em que tudo aconteceu. Um homem, passando-se por alguém que queria um milagre, tirou um enorme facão que estava em sua roupa e atacou o religioso.Ele começou a sangrar muito. Na hora, o culto exibia imagens ao longe e tinha a participação de uma banda musical. 

 

Ao final dessa reportagem, o leitor poderá ver um vídeo do culto que terminou em atentado. Como pode ser visto, a transmissão da celebração foi retirada do ar. Ao voltar, boa parte do público já havia se dissipado, provavelmente em pânico. Muita gente chorava. O outro religioso, que ajudava Valdemiro, confirmou que ele sofreu um atentado e que foi levado para um hospital. Mais tarde, o pastor precisou passar por um procedimento cirúrgico, no qual mais de vinte pontos foram dados no corte efetuado pelo fiel. Apesar do fato ter impressionado, o religioso passa bem e já voltou para casa.

 

O colega dele, que continuou na Igreja, criticou, ao vivo, os seguranças, reclamando que, mesmo após o atentado, outro bispo continuava a dar as bençãos, mas não tinha a ajuda de nenhum segurança. “Como é que pode um incidentes desse acontecer e não ter ninguém com ele?”, bradou o religioso, enquanto muitos fiéis ainda choravam o fato de Santiago ter sido esfaqueado. 

 

A facada no pescoço do pastor foi um dos assuntos mais comentados da web e gerou grande repercussão em toda a mídia brasileira.

 

Veja abaixo o vídeo que mostra a transmissão do culto, quando o pastor sofreu o atentado a facadas. Na sua opinião, o que pode ter gerado tamanha ira do homem? Deixe o seu comentário. Ele é sempre muito importante para todos nós. 

#Valdemiro Santiago