CID GOMES DO PDT (MANO DO CIRO)…PLANTOU UM “SORVETE NA TESTA” NO CASO… PROPINEIROS DA JBS…BOBEOU?

“PARECE QUE FOI UMA OPERAÇÃOZINHA  ENVOLVENDO  SÓ  R$  25 MILHÕES  DE  UMA COMISSÃOZINHA ?  BRASIL É MESMO O PAÍS DOS PICARETAS! ”  

CID GOMES DO PDT FOI EX-GOVERNADOR DO CEARÁ (PDT) E MINISTRO DA EDUCAÇÃO DO GOVERNO DA DILMA DO PT…..e quando ministro entrou em choque com os membros da Câmara Federal, chamando-os de PICARETAS e por isto teve que renunciar ao mandato de ministro…..Agora, depois desta, ele também entra rol da lista dos PICARETAS nacionais ?  

A IRONIA DOS  “GOMES DO CEARÁ”……O irônico desta história, é que o CID GOMES, possui os mesmos rompantes agressivos de seu mano CIRO GOMES, quando ataca adversários sempre dando uma de HONESTÍSSIMO……Agora deu uma de meter um “sorvete na testa”, e  “entregou sua rapadura”  para o Ministério Público Federal, na pessoa da firme RAQUEL  DODGE que não o perdoou, ou passou a mão em sua linda cabeça, e meteu-lhe uma bela canetada. (Ref. Ceará News)……..

   

 

 

Cid Gomes

 

Raquel Dodge confirma que Cid Gomes recebeu R$ 25 milhões de propina da JBS

(SORVETE NA TESTA?)……

Pior de tudo é que foi o próprio ex-governador quem forneceu informações corroborando com as acusações feitas por Wesley Batista em delação

 

Ex-governador Cid Gomes

query_builder

Aprocuradora-geral da República, Raquel Dodge, encaminhou parecer ao Supremo Tribunal Federal confirmando que o ex-governador Cid Gomes (PDT) recebeu R$ 25 milhões de propina da JBS — em 2010 (R$ 5 milhões) e 2014 (R$ 20 milhões). A notícia foi publicada nesta sexta-feira (29) na Folha de S. Paulo.

Confira

Entregou o ouro

O pior de tudo é que foi o próprio Cid quem forneceu informações corroborando com as acusações feitas por Wesley Batista em delação. Segundo o empresário, a JBS fez repasses a pedido do ex-governador em troca do Ceará pagar uma dívida tributária com o grupo (R$ 110 milhões em 2014).

Wesley afirmou que a empresa Cascavel Couros não teria recebido da gestão FG “nenhum centavo” de 2011 a 2013. Com base nas afirmações, Cid solicitou abertura de inquérito contra o delator por ele ter omitido pagamentos feitos nos três anos anteriores à eleição, de R$ 41 milhões em créditos de ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços).

De acordo com matéria da Folha, Raquel Dodge alegou que “os pagamentos no total de R$ 41 milhões ao longo de três anos e o pagamento de R$ 110 milhões apenas no ano de 2014 na verdade corroboram o que foi narrado pelo colaborador [Wesley]”.

Entenda

O processo sobre o pagamento de propina de R$ 20 milhões feitos pela JBS a Cid Gomes em 2014, segundo parecer de Dodge, fica no STF, por ter menção ao deputado federal Antonio Balhmann (PDT-CE) como intermediador do recebimento.

No caso de 2010, dos R$ 5 milhões, a procuradora-geral da República pediu a manutenção da investigação na Justiça Federal do Ceará.

Funcionava assim

Em troca da liberação de dinheiro de impostos retidos nos cofres públicos (ICMS), Wesley afirmou em sua delação que pagava propina ao ex-governador Cid Gomes por meio de doações legais a candidatos em anos de eleições.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: