Archive for Abril, 2018

PT POTENCIALIZA MESSIANISMO COM LULA E FANATIZA MILITÂNCIA….PODE FRACASSAR NOS OBJETIVOS PELO FANATISMO QUE FERE O PROCESSO DEMOCRÁTICO…

“O PT COM LULA QUEREM IMPOR NO GRITO MESSIÂNICO  (NO ESTILO NAZISTA DE HITLER)…. A DITADURA COMUNISTA DO PROLETARIADO ? “

 

 

 

 

A MATÉRIA  ‘TIRO CERTEIRO’  É DA – ISTO É -….em cuja reportagem fica o alerta para a Nação da prática fanática anti democrática do PT,  neste episódio da prisão do LULA, cujo culto a personalidade messiânica do LULA compromete e pode colocar o país num caos, pelo confronto com o processo real da  democracia, ao insistirem a  “la Goebels”  uma farsa repetida mil vezes na defesa do LULA, alegando mil vezes a “falta de provas”…. 

 

 

 

 

Um partido transformado em seita

O PT deixou de lado programas, propostas e ideologia para venerar seu líder a qualquer custo

 

Crédito: Paulo Pinto

 

APOIO SINDICAL Lula no seu derradeiro ato renega a condição de ser humano. Virou ideia (Crédito: Paulo Pinto)

Germano Oliveira e Tábata Viapiana

Uma das características marcantes das seitas é a idolatria cega aos seus líderes, elevados a seres especiais com autoridade divina e liderança existencial. Quando o fanatismo invade o terreno político, os programas e as bandeiras partidárias se tornam descartáveis. Cedem lugar à adoração e à reverência, típicas de culto.

Os militantes se transformam, então, em indivíduos abnegados, desprovidos de espírito crítico e freios morais. Ao acreditarem na infalibilidade dos caciques por eles venerados, a ponto de incluírem a alcunha deles em seus nomes, mesmo quando condenados e presos por corrupção, os “fiéis” exibem traços de fundamentalismo.

Foi o que o Brasil testemunhou nos últimos dias, em meio ao espetáculo deprimente em que se transformou a prisão de Lula e os dias que a sucederam. No domingo 8, com o petista já encarcerado na sede da PF em Curitiba, a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, parecia cumprir uma liturgia ecumênica.

Como se exortasse o rebanho a adorar seu “deus”, ela pronunciava frases repetidas como um mantra. “Não vamos sair daqui”, ditava Gleisi. “Não vamos sair daqui”, copiavam eles. “Ocupar e resistir”, ordenava. “Ocupar e resistir”, assentia a turba. Até o bordão final, entoado em uníssono: “Eu sou Lula”. Semelhante ao cortejo de uma seita, a dispersão se deu vagarosamente.

FANATISMO Centenas de petistas entraram em transe, na porta da PF em Curitiba, para demonstrar adoração ao líder preso (Crédito:Pablo Jacob)

O líder adorado tinha dado o tom no dia anterior. Segundo ele, a polícia havia prendido seu corpo, não sua mente, como se ele fosse a reencarnação de Jesus Cristo. “Não sou mais um ser humano, sou uma ideia”, pregou Lula durante discurso feito horas antes de ser conduzido à cadeia.

Ato contínuo, os militantes choravam, gritavam, se embriagavam, literalmente, e transformavam os momentos de tensão da prisão do morubixaba petista num ato de auto-imolação. Enfim, compunham uma atmosfera de histeria coletiva. Dois dias depois de dizerem “Eu sou Lula” em frente à PF, Gleisi e mais 36 políticos virariam Lula na prática. Acrescentaram o nome do ex-presidente, outrora apelido, em seus registros parlamentares.

Assim, Gleisi passou a se chamar “Gleisi Lula Hoffmann”, Paulo Pimenta, “Paulo Lula Pimenta” e assim sucessivamente. Impressionados com a reação dos petistas, agentes da PF local chegaram a compará-los a seguidores de seitas radicais, como a de Jim Jones, um pastor do Tempo Popular, com orientação socialista, que no auge de sua insanidade ordenou que seus 918 discípulos cometessem o suicídio coletivo em Jonestown em 1979, depois de submetê-los a um intenso processo de lavagem cerebral.

 

 

 

CONTRIÇÃO Gleisi acha que irá expiar seus pecados rezando pela libertação de Lula (Crédito:J.F.DIORIO)

A história da humanidade está repleta de exemplos de que sempre quando a política se mistura com o fanatismo, o resultado é desastroso para a democracia. Quase sempre levam ao totalitarismo. Aconteceu em Cuba, com Fidel Castro, e na Venezuela, com Hugo Chávez, agora replicado por seu herdeiro Nicolás Maduro. Lá, a manipulação popular acabou empurrando o país ao caos social. Na Europa, o fanatismo aliado à política descambou no fascismo de Benito Mussolini na Itália e no nazismo de Hitler, na Alemanha da década de 40. O saldo não poderia ter sido mais funesto: milhões de judeus foram asfixiados em câmeras de gás por discordarem de um louco varrido. Daí o perigo desse comportamento tão alucinante quanto oportunista.

PRÓXIMOS ÀS GRADES Os senadores Lindbergh Faria e Roberto Requião costearam o alambrado na tentativa de saudar o demiurgo Lula (Crédito:Divulgação)

Os dirigentes petistas parecem não se importar com isso. A ordem é manipular as massas na tentativa de regressar ao poder a todo custo, nem que seja para levar o País ao abismo econômico e social, como ocorreu durante o governo Dilma Rousseff.

Por isso, nos últimos dias, fizeram de tudo para ampliar a atmosfera mística em torno da prisão de Lula, que em carga de dramaticidade e holofotes lembra em muito o episódio da detenção do ex-jogador de futebol americano O.J. Simpson, televisionada ao vivo para todo País. Para manter a toada de culto ao personagem, pela manhã, liderados por Gleisi Hoffmann, os mil manifestantes que acampavam nas imediações da PF, passaram a gritar: “Bom dia companheiro Lula”. As saudações se repetiam à tarde e à noite, antes do repouso do petista.

O PT também deslocou o QG do partido para Curitiba. A sigla anunciou que estava transferindo sua sede nacional, que funciona em São Paulo, para a capital paranaense na segunda-feira 9. No mesmo dia, aproveitou para promover uma reunião da Executiva Nacional para reafirmar que “Lula será o candidato do PT a presidente”, mesmo preso, mesmo à revelia da lei da Ficha Limpa. Ao abandonarem seus gabinetes em Brasília e se instalarem permanentemente na cidade, senadores, como Roberto Requião (MDB), além de Gleisi e Lindbergh, praticamente passaram a dar expediente na porta da cadeia.

Como cada senador custa para a União R$ 1,2 milhão por ano, segundo levantamento da Transparência Brasil, se eles ficarem um mês por lá, como prometem, o País estará desperdiçando uma verdadeira fortuna.

PAJELANÇA Nove governadores da oposição (entre eles quatro do PT) foram a Curitiba para tentar falar com Lula na cadeia. O juiz Sergio Moro não deixou (Crédito:Divulgação)

Na terça-feira 10, o PT ainda atraiu para Curitiba nove governadores da oposição, entre os quais quatro da legenda: Camilo Santana (Ceará), Rui Costa (Bahia), Wellington Dias (Piauí) e Tião Viana (Acre). Tudo para reverenciar o preso Lula. Eles chegaram a exigir que pudessem visitar o petista na cela especial, onde passa os dias vendo TV, lendo livros, comendo marmita, pão com manteiga e tomando café preto, mas bateram com a cara nos portões da PF de Curitiba.

O pedido foi negado, por contrariar a legislação. Gleisi ainda tentou ludibriar o juízo ao incluir seu nome na lista de visitantes na condição de advogada.

Ocorre que, além de não exercer o ofício há mais de uma década, Gleisi está com a carteira da OAB suspensa. Segundo a PF, além dos causídicos, até quatro parentes de primeiro e segundo graus podem fazer visitas aos presos às quartas-feiras, em um período pela manhã e outro à tarde.

A  Lei de Execução Penal diz que cônjuges, companheiros, parentes e amigos podem visitar presos “em dias determinados”. Apesar da insistência, o juiz Sergio Moro negou condições especiais para visitas ao ex-presidente. O magistrado determinou que Lula se submeta às mesmas condições de outros condenados – nada mais do que justo.

No final da semana, um grupo de senadores conseguiu driblar Moro: aprovaram na Comissão de Direitos Humanos da Câmara uma diligência à sede da PF em Curitiba para visitar as instalações da carceragem, incluindo a cela onde o petista está preso.

Dez senadores compõem a lista. Os chefes dos Executivos estaduais, no entanto, seguem impedidos de entrar na carceragem. Barrados no baile, os governadores deixaram uma carta escrita de próprio punho, que chamaram de “registro de indignação”. O curioso é que ninguém se indignou quando Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, encontrava-se na mesma situação.

Palocci permanece preso, sem regalias, sem que ninguém do PT chore por ele e em tratativas avançadas para uma delação premiada, mas essa é outra história. Enquanto os petistas ensaiavam mais um discurso de vítima, o braço armado da legenda, o MST, promovia mais uma de suas arruaças.

Desta vez, com indícios de crime. Na quarta-feira 11, por volta das 18h, centenas de militantes do movimento Sem-Terra invadiram o Call Center da Riachuelo, em Natal (RN), anunciando que a ação acontecia em nome da liberdade de Lula.

O empresário Flávio Rocha, dono da empresa e pré-candidato a presidente da República pelo PRB, já havia sido alvo de outra invasão semelhante numa fábrica da empresa no Rio Grande do Norte, ocasião em que disse tratar-se de atos “de terroristas e baderneiros”.

Sempre quando a política descamba para o fanatismo, o resultado é desastroso para a democracia. Venezuela é um exemplo

Anúncios

FRACASSO DO MODELO BOLIVARIANO COMUNISTA DA VENEZUELA DE CHÁVEZ / MADURO… CRIA PROBLEMAS PARA O BRASIL…..

” O SONHO BOLIVARIANO  COMUNISTA ACABOU  NA VENEZUELA…..FRACASSO  ESTÁ  PROVADO NO ÊXODO DO POVO  QUE SEM COMIDA MIGRA EM MASSA PARA O BRASIL “

FRACASSOU O MODELO  COMUNISTA BOLIVARIANO SONHADO A “TRÊS CABEÇAS”,  POR  LULA, FIDEL CASTRO,  CHÁVEZ E ANEXADOS,  QUANDO FUNDARAM O FORO DE SÃO PAULO (FRACASSADO)…..Os resultados do modelo econômico comunista bolivariano,  imposto na manha política eleitoreira  pela dupla  CHÁVEZ  / MADURO na Venezuela,  entrou em colapso e faliu….acabou.   Povo sem comida migra em massa para o Brasil, para o Estado de Roraima, que quer fechar a fronteira por falta de condição de atender milhares de migrantes….    

Governadora de Roraima quer fechar fronteira com Venezuela

Suely Campos  – governadora de Roraima.

Ela ingressou com pedido de tutela provisória no Supremo Tribunal Federal para impedir a entrada de imigrantes por tempo determinado


 

postado em 13/04/2018 15:02 / atualizado em 13/04/2018 15:22


 

BOA VISTA – A governadora de Roraima, Suely Campos (PP), propôs, nesta sexta-feira,  ação civil com pedido de tutela provisória ao Supremo Tribunal Federal (STF). Ela pleiteia que a fronteira do Brasil com a Venezuela seja fechada por prazo determinado, impedindo a entrada de imigrantes no estado. Em Brasília, Campos afirmou que  Roraima não está conseguindo lidar com a quantidade de imigrantes venezuelanos que chega ao estado.

Segundo ela, por dia, entram de 500 a 700 imigrantes da Venezuela. O país vizinho passa por uma severa crise política, econômica e social. O Brasil tem sido um dos principais destinos de quem deixa a Venezuela em busca de melhores condições de vida.

De acordo com o governo estadual, a medida foi necessária pela omissão do governo federal em cumprir seu papel constitucional de controle da fronteira, sobrecarregando o estado em diversos serviços públicos. A ação pede ainda recursos adicionais para suprir os custos suportados especialmente com saúde e educação.

 

 

 

 

“O estado de Roraima protocolou uma ação civil originária no STF contra a União ‘na sua obrigação de fazer’, porque a União precisa efetivamente controlar a fronteira no estado de Roraima. Da forma como está sendo feito, nós não concordamos, porque continuamos tendo um grande impacto no fluxo imigratório venezuelano”, disse ela.

NINGUÉM SEGURA O DESENVOLVIMENTO ACELERADO DA CHINA….

” QUEM PODERÁ COMPETIR COM A CHINA ? “

A CHINA SEGUE EM RITMO VELOZ COM SEU MODELO HIBRIDO (GOVERNO COMUNISTA COM ECONOMIA CAPITALISTA), E AVANÇA VELOZMENTE EM SEU DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TECNOLÓGICO …… Em que pesem as dores  “ideológicas-nervosas” dos comunistas tupiniquins subdesenvolvidos, e mais a falta de reconhecimento ‘das esquerdas’ de que a China só cresceu economicamente quando liberou sua economia para um regime capitalista, não se pode negar que a partir desta decisão, os chineses passaram a competir com os países mais desenvolvidos do mundo , com tendência de se tornarem a maior economia do mundial.

 

 

 

O GRANDE AVANÇO ECOLÓGICO NA INDÚSTRIA DE VEÍCULOS….Depois de se tornarem o país mais poluído do mundo pelas descargas de gazes de automóveis, os chineses partiram para uma DUPLA solução radical, criando  CARROS ELÉTRICOS COM ESTRADAS INTELIGENTES QUE  VÃO  RECARREGAR AUTOMATICAMENTE AS BATERIAS DOS CARROS ELÉTRICOS….. Além deste avanço, a China está adiante de todos os  países com a implantação do trem elétrico mais  veloz do mundo  com velocidade de 430 quilômetros por horas, de tecnologia alemã……

 

 

 

China constrói ‘estrada inteligente’ que poderá recarregar carros elétricos

Rodovia terá painéis solares internos sob concreto transparente

POR DA BLOOMBERG NEWS

/ atualizado

Veículos rafegam ao lado de faixa fotovoltaica em estrada da Qilu Transportations em Jinan, China – Qilai Shen / Bloomberg

 

NOVA YORK – A estrada para o futuro da direção autônoma na China é pavimentada com painéis solares, sensores de mapeamento e recarregadores de baterias elétricas. O país está testando uma “rodovia inteligente” que pode acelerar a transformação da indústria global de transporte.

As tecnologias serão instaladas sob o concreto transparente usado para construir um trecho de 1.080 metros de extensão de estrada na cidade de Jinan, no leste do país. Cerca de 45 mil veículos trafegam pelo trecho todos os dias e os painéis solares internos geram eletricidade suficiente para manter as luzes da rodovia acesas e para abastecer 800 casas, segundo a construtora Qilu Transportation Development Group.

No entanto, a Qilu Transportation não quer se limitar a suprir a rede elétrica: quer que a estrada seja tão inteligente quanto os veículos do futuro. O governo afirma que 10% dos carros deverão ser totalmente autônomos até 2030 e para a Qilu isso representa uma oportunidade de fornecer melhores atualizações de tráfego, mapas mais precisos e recargas de baterias de veículos elétricos no caminho – tudo a partir do chão.

‘As rodovias que usamos são capazes apenas de transportar os veículos que passam, são como o produto da geração 1.0. Estamos trabalhando nas gerações 2.0 e 3.0, transplantando cérebros e um sistema nervoso’

– ZHOU YONGGerente-geral da Qilu Transportation

– As rodovias que usamos são capazes apenas de transportar os veículos que passam, são como o produto da geração 1.0 – disse Zhou Yong, gerente-geral da empresa. – Estamos trabalhando nas gerações 2.0 e 3.0, transplantando cérebros e um sistema nervoso.”

A construção se dá no momento em que o governo do presidente Xi Jinping leva adiante o plano “Made in China 2025” para ajudar o país a se transformar em potência industrial avançada, deixando de ser um simples fornecedor de tênis, roupas e brinquedos para exportação. Entre os 10 setores destacados estão os de veículos de nova energia, tecnologia da informação e robótica.

Parte desse esforço envolve a construção do que o governo chama de sistema de transporte inteligente. A coordenação do desenvolvimento de carros autônomos e sistemas de rodovias inteligentes é um dos focos, disse Yuan Peng, vice-diretor do departamento de ciência e tecnologia do Ministério dos Transportes.

– O ministério ajudará a oferecer estradas inteligentes para os carros inteligentes que estão chegando – disse Yuan.

O primeiro passo engloba uma parte da via expressa que circunda Jinan, um antigo polo industrial com cerca de 7 milhões de habitantes que abriga a China National Heavy Duty Truck Group, também conhecida como Sinotruk, que inclui a MAN, da Volkswagen, como acionista minoritária. A Zhejiang Geely Holding Group também mantém uma fábrica na cidade que produz carros da marca Geely.

 

A estrada tem três camadas verticais, sendo que o revestimento de material transparente permite que a luz solar atinja as células solares que estão por baixo. A camada superior também tem espaço interno para encadear fios de recarga e sensores que monitoram a temperatura, o fluxo de trânsito e o peso.

Os painéis solares se estendem por duas faixas, que não parecem diferentes de uma estrada normal para o motorista, e são mais finos do que uma moeda de 1 yuan de pé na borda. A estrada de teste é muito curta para oferecer recarga sem fio atualmente, disse Zhou.

– Do ponto de vista da tecnologia, a recarga não é um problema – disse Zhou. – Os veículos que podem ser carregados sem fio ainda não são usados nas estradas.

___________________________________________________________________________________________

ECONOMIA

China tenta copiar tecnologia alemã de trens de alta velocidade

O consórcio alemão Transrapid ainda está negociando condições para expandir uma conexão ferroviária de levitação magnética na China. Mas cidades no país asiático já tentam produzir primeiro um sistema similar.

default

Angela Merkel visitou o Transrapid, em Xangai

Notícias de que a China está construindo seu primeiro sistema ferroviário de levitação magnética estão circulando na mídia há meses. Um artigo publicado esta semana no jornal China Daily afirma que a cidade portuária de Dailan planeja a construção de uma linha de teste ainda este ano.

“Linhas como esta estão sendo construídas em grande número na China”, afirma Petra Aldenrath, correspondente em Pequim para a cadeia alemã de emissoras públicas ARD. “Eles são apenas pequenos trechos de testes até agora e os trens não podem ser comparados ao Transrapid, do consórcio Siemens-ThyssenKrupp”.

Notícia do China Business Daily confirmou que o Transrapid alemão era superior que o competidor chinês. A publicação comparou cinco modelos do sistema alemão desenvolvidos na China. “A imprensa mistura verdade e ficção. Nenhum dos modelos desenvolvidos na China está pronto para uso”, diz o jornal, citando um especialista.

Tecnologia chinesa é ilusória

O único sistema comercial de trem magnético do mundo interliga o distrito financeiro de Xangai ao aeroporto Pudong. Ao invés de componentes mecânicos como rodas e trilhos, o sistema Transrapid se utiliza da eletrônica: sistemas de levitação eletromagnética, direção e propulsão. Com uma velocidade de operação de 430 km/h, viaja o trecho de 30 quilômetros em oito minutos.

Der neue Transrapid verkehrt ab morgen in Shanghai

Em Xangai, trem precisa apenas 8 minutos para percorrer 30 quilômetros

Os núcleos tecnológicos que têm sido desenvolvidos na China se baseiam em mecanismos magnéticos, os quais movimentam os trens em uma linha de trilhos de três quilômetros para serem construídos em zonas de cidades em desenvolvimento. A explicação é de Li Lingqun, engenheiro-chefe da equipe responsável pelo trem em Dailan. Sistema que, segundo ele, não será igualmente caro.

“Combinando com os abundantes recursos de materiais magnéticos permanentes na China, nossa tecnologia será cerca de 50% mais barata que a de outros países”, salientou, porém, Li. O trem alcançaria 220 km/h.

Mas a tecnologia baseada neste tipo de mecanismo é, de longe, menos complicada que a do Transrapid, de acordo com Aldenrath. “É ilusório pensar que você pode ir a 220 km/h em apenas três quilômetros de trilhos”, criticou o porta-voz da Transrapid, Peter Wiegelmann. “Você precisaria de propulsão de foguete para isso”.

China quer tecnologia em troca de contrato

A China está planejando uma extensão de sua conexão de Xangai para a cidade de Hangzhou, a 180 quilômetros.

No início deste ano, a Alemanha rejeitou as exigências da China por acesso à sensível tecnologia do trem magnético, em troca de um acesso ferroviário de alta tecnologia no valor de 3,3 bilhões de euros. Autoridades chinesas haviam aprovado tal construção para o mês de março. Mas as negociações estão diminuindo de ritmo, uma vez que Pequim está procurando por significativa tecnologia de transferência e financiamento como preço da admissão.

“Estamos otimistas que nosso Transrapid será empregado neste trecho”, disse Wiegelmann. A Alemanha ofereceu 10% de um orçamento de 1 billhão de dólares para o trecho de acesso ao aeroporto de Xangai.

O PCC – PRIMEIRO COMANDO DA CAPITAL (MARCINHO VP) E O PMDB DO EX-GOVERNADOR SERGIO CABRAL…..

MARCINHO VP (PCC) DEU ENTREVISTA BOMBA  BOMBA NA  ‘TV  CÂMERA RECORD’….A entrevista saiu hoje e caiu como uma BOMBA ATÔMICA em cima do ex-governador SERGIO CABRAL  e dos políticos corruptos do país.  Entre os  ‘petardos’  lançados pelo MARCINHO, destacamos:

 O Câmera Record desta quinta-feira (12) exibe entrevista exclusiva com Marcinho VP, apontado pela polícia como um dos líderes da facção criminosa Comando Vermelho. Durante a conversa com o repórter Domingos Meirelles, o presidiário faz confissões, acusa autoridades e revela detalhes da amizade com Sérgio Cabral, ex-governador do Rio de Janeiro

1- MARCINHO, disse que conheceu e trabalhou em campanha política de SERGIO CABRAL, tendo conseguido uns 50 mil votos para o candidato CABRAL, e mais, disse que,  o CABRAL FOI O MAIOR FACÍNORA QUE ELE CONHECEU.  Disse ainda: 

“Ele é o cacique-mor da maior organização criminosa do Rio de Janeiro.”… 

2- Ao ser perguntado pelo repórter sobre , “QUAL SERIA A MODALIDADE DE CRIME MAIS RENTÁVEL”,  MARCINHO respondeu:  

– ” QUE O DIGAM OS NOSSOS POLÍTICOS ” 

OS DESAFIOS AOS PODEROSOS DO PAÍS DE VIVER SEM A CORRUPÇÃO……

” MINISTRO DO STF (SUPREMO) AFIRMOU EM OUTRAS PALAVRAS  QUE  OS PODEROSOS QUEREM PROSSEGUIR PREDANDO O ERÁRIO PÚBLICO……

……….” parte dos políticos, empresários e burocratas firmaram um “pacto oligárquico de saque ao Estado”, disse o ministro Barroso.

 

 

 

COMBATE A CORRUPÇÃO NO BRASIL ENCONTRA RESISTÊNCIAS DO NO MEIO POLÍTICO, EMPRESARIAL E NOS BUROCRATAS ……Sem dúvida, que ao se ver alguns ministros  do STF votando para livrar os corruptos das grades, percebemos claramente que há um vício no exagero na imposição dogmática  do DIREITO  POSITIVO  no STJ,  a favor da continuidade da corrupção……O exagero do direito positivo foi o que levou a Alemanha do regime nazista de Hitler, que tanto mal causou a humanidade….(Ref. Isto É)…

 

 

 

GERAL

Barroso diz que combate à corrupção enfrenta reação “muito evidente”

Agência Brasil

Luís Roberto Barroso
Ministro do Supremo Tribunal Federal do Brasil

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso disse hoje (10) que as transformações produzidas pelo combate à corrupção no Brasil enfrentam a reação dos que não querem ser punidos e também “dos que não querem ser honestos nem daqui pra frente”.

O ministro fez uma palestra na abertura do 7º Encontro de Resseguros do Rio de Janeiro e avaliou que o Brasil vive uma cultura da desonestidade, em que parte dos políticos, empresários e burocratas firmaram um “pacto oligárquico de saque ao Estado”.

“Hoje, no Brasil, nessa reação às transformações, há dois lotes, o lote dos que não querem ser punidos pelos malfeitos que fizeram, o que consigo entender, é da natureza humana. E tem um lote pior, dos que não querem ser honestos nem daqui pra frente e gostariam que tudo permanecesse como está. É gente que não sabe viver sem que seja com o dinheiro dos outros, sem que seja com dinheiro desviado”.

 

Para o ministro, a reação às transformações que ele acredita estarem em curso é evidente, porque o processo afeta pessoas que se consideravam fora do alcance da lei. “A reação é muito evidente.

As transformações estão atingindo pessoas que sempre se julgaram imunes e impunes, e por essa razão, porque achavam que o direito penal nunca ia chegar a elas, cometeram uma quantidade inimaginável de delitos”.

O magistrado afirmou acreditar que a cultura da desonestidade que criou “um modo estarrecedor” de fazer política e negócios no país ainda não mudou, apesar do combate à corrupção.

“Esse paradigma ainda não foi rompido. As coisas ainda funcionam largamente assim”, disse ele. “O que ocorreu no Brasil foi um pacto oligárquico, celebrado por parte da classe política, parte da classe econômica e parte da burocracia estatal, de saque ao Estado brasileiro”.

Para o ministro, a sociedade brasileira deixou de “aceitar o inaceitável” e parou de “varrer o problema para baixo do tapete”.

“Acho que já estamos conseguindo separar o joio do trigo, o problema é a quantidade de gente que ainda prefere o joio”, disse, acrescentando que a corrupção não é de “direta nem de esquerda”, é sistêmica.

“Não é um fenômeno de um governo, não é um fenômeno situado cronologicamente. É um fenômeno que vem de longe e acumulativamente”.

CIENTISTAS DA CALIFORNIA AVANÇAM NAS DESCOBERTAS DAS CAUSAS DO MAL DE ALZHEIMER

CIENTISTAS CONSEGUEM CORRIGIR GENE CAUSADOR DO MAL E APAGAR SEUS EFEITOS NEGATIVOS NO CÉREBRO……Avanços esperançosos abrem caminho para a cura do mal de alzheimer….(Ref. Viva Bem)

 

Remédio à vista? Pesquisadores corrigiram gene que causa Mal de Alzheimer

iStock

 

Imagem: iStock

Do VivaBem

11/04/2018 10h39

Pesquisadores da Califórnia, nos Estados Unidos, examinaram o efeito do gene APOE4 em células cerebrais humanas pela primeira vez.

Pela primeira vez, um grupo de cientistas mostrou como um gene causa o Alzheimer e ainda conseguiu corrigir esse gene e apagar seus efeitos negativos no cérebro. Os resultados do estudo são um avanço importante no tratamento da doença.

Publicada no periódico Nature Medicine, na segunda-feira (9), a pesquisa analisou o papel do gene da apolipoproteína (APOE) no desenvolvimento do Alzheimer. Os estudos voltados para esse gene não são novidade. Os pesquisadores, por exemplo, já sabem que ter uma cópia da variante E4 do gene aumenta o risco de desenvolver a doença em duas a três vezes. Ter duas cópias dessa variante genética coloca as pessoas em um risco até 12 vezes maior.

Normalmente, o papel da APOE é fornecer instruções para criar a proteína com o mesmo nome. Em combinação com gorduras, o APOE cria lipoproteínas, que ajudam a transportar e regular os níveis de colesterol em toda a corrente sanguínea. No entanto, a versão E4 do gene parece ser particularmente prejudicial para o cérebro, com vários estudos mostrando que esta variante genética aumenta o risco de beta-amiloide tóxico e tau –o acúmulo dessas duas proteínas no cérebro são uma das principais características da doença.

Apesar de bastante estudada, até o momento os cientistas não sabiam o que tornava a variante E4 desse gene muito mais prejudicial do que outras variantes. Então, pesquisadores do Gladstone Institutes, em São Francisco, Califórnia, nos Estados Unidos, examinaram o efeito da APOE4 em células cerebrais humanas pela primeira vez.

“Muitas drogas funcionam lindamente em um modelo de camundongo, mas até agora todas falharam em testes clínicos. Uma preocupação dentro do campo tem sido o quanto esses modelos de ratos realmente imitam as doenças humanas”, diz Yadong Huang, principal autor do estudo e professor de neurologia e patologia da Universidade da Califórnia.

Aplicando tecnologia de células-tronco às células da pele de pessoas com Alzheimer que tinham duas cópias do gene APOE4, Huang e sua equipe criaram neurônios. Os pesquisadores também criaram células cerebrais usando células da pele de pessoas que não tinham Alzheimer e tinham duas cópias do gene APOE3.

Durante o estudo, os cientistas descobriram que nas células cerebrais humanas a proteína APOE4 tem uma forma anormal que a impede de funcionar adequadamente, levando a uma série de problemas causadores de doenças. Eles também descobriram que “APOE4 aumentou a produção de beta-amiloide em humanos, mas não em camundongos”. Segundo Chengzhong Wang, um dos pesquisadores, esta será uma informação muito importante para o desenvolvimento de medicamentos.

iStock
 

A versão E4 do gene parece ser particularmente prejudicial para o cérebro, com vários estudos mostrando que esta variante genética aumenta o risco de beta-amiloide tóxico e tauImagem: iStock

Corrigindo o gene defeituoso

Como os cientistas também estavam em dúvida se foi a perda de APOE3 ou o acúmulo de APOE4 que causou a doença, eles compararam os neurônios que não produziram a variante E3 ou E4 da proteína com células que tinham APOE4 adicionado a eles. Os resultados mostraram que a E3 continuou a se comportar normalmente, enquanto a adição do APOE4 levou ao Alzheimer. Isso confirmou o fato de que é a presença do APOE4 que causa a doença.

Após a confirmação, Huang e sua equipe procuraram maneiras de “consertar” o gene defeituoso. Para isso, eles aplicaram um “corretor de estrutura” previamente desenvolvido, para mudar a estrutura do APOE4 e fazer com que ele se pareça e se comporte mais como o inofensivo APOE3. Os resultados foram bastante positivos: a aplicação deste composto aos neurônios APOE4 humanos corrigiu os defeitos, eliminando assim os sinais da doença, restaurando a função celular normal e ajudando as células a viver por mais tempo.

De acordo com os pesquisadores, o tratamento de neurônios que expressam APOE4 com um corretor de estrutura melhorou os efeitos prejudiciais, mostrando que a correção da variante E4 é uma abordagem terapêutica viável para a doença de Alzheimer.

_____________________________________________________________

ALCKMIN (PSDB) INICIA INFERNO ASTRAL AO DEIXAR GOVERNO DE SÃO PAULO

” PESQUISA NACIONAL DIZ QUE 72 % DOS ELEITORES NÃO VOTAM EM CANDIDATOS IMPLICADOS EM CORRUPÇÃO…..ISTO PODE BALIZAR DERROTA DE ALCKMIN ? “

O EX-GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN DE SÃO PAULO ENTRA NO CHAMADO INFERNO ASTRAL APÓS DEIXAR O PODER ….O PSDB nacional já decidiu que seu “melhor” candidato a presidência da República é o ex-governador de São Paulo, GERALDO ALCKMIN.  Ocorre que além de aparecer nas pesquisas com baixos índices de aprovação, ALCKMIN está denunciado por testemunhas em processo da ODEBRECHT por ter pego grana não contabilizada para sua campanha.  

 

 

 

CONSEQUÊNCIA DA PERDA DO FORO PRIVILEGIADO….Por ter renunciado ao cargo de governador, ALCKMIN tornou-se simples cidadão , e por isto o Ministério Público Federal  requereu ao STJ que remeta urgente o inquérito contra ALCKMIN para a Justiça Federal de São Paulo, o que esquenta muito a chapa do ex governador GERALDO ALCKMIN.

Estes favores  destas doações secretas fajutas, por tradição , sempre estão amarradas em favores posteriores por parte do governante eleito COM USO DE GRANA DO POVÃO….(Ref. Jornal do Brasil)

Geraldo Alckmin quando deixou o cargo de governador  (Foto: Reproduçaõ/TV Globo)

País

MPF pede que inquérito sobre Alckmin vá para SP

Jornal do Brasil

O Ministério Público Federal pediu ao vice-procurador da República, Luciano Mariz Maia, que remeta “o mais rápido possível” para a primeira instância o inquérito sobre ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), citado por delatores da Odebrecht como beneficiário de recursos não contabilizados para campanha eleitoral. O cunhado do tucano, Adhemar Cesar Ribeiro, também é alvo da investigação. O documento é subscrito por nove procuradores da República da força-tarefa da Operação Lava Jato.

As investigações sobre o tucano eram de competência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) até o último dia em que ele permaneceu no Palácio dos Bandeirantes. Como Alckmin renunciou ao cargo na sexta-feira passada, dia 6, para concorrer à Presidência, perdeu o foro privilegiado.

Dessa forma, a força-tarefa da Lava Jato em São Paulo requereu a Maia, que representa o MPF na Corte Especial do STJ, que remeta a ela o inquérito que tramita na Corte. A investigação da qual Alckmin é alvo foi aberta a partir da petição encaminhada no ano passado pelo ministro Edson Fachin à Corte Especial do STJ.

Em depoimentos, os colaboradores Benedicto Barbosa Junior, Carlos Armando Paschoal e Arnaldo Cumplido citaram repasse de recursos a Alckmin a título de “contribuição eleitoral”. As doações não contabilizadas teriam contado com a participação do cunhado do pré-candidato a presidente.

No pedido, a força-tarefa pede que as investigações a respeito sejam encaminhadas para São Paulo “com urgência, tendo em vista o andamento avançado de outras apurações correlatas sob nossa responsabilidade”. A reportagem tentou contato com a defesa dos citados, mas não obteve resposta. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.