ONZE OFICIAIS DO EXÉRCITO DA VENEZUELA AMOTINADOS…. QUERIAM DERRUBAR MADURO…..

O DITADOR GOLPISTA MADURO DA VENEZUELA ENFRENTA OPOSIÇÃO NO SEIO DAS FORÇAS ARMADAS DA VENEZUELA….Desde 2003 somam 92 militares que se opuseram ao regime de fome imposto por MADURO na Venezuela…..Segundo informações do jornal  O GLOBO, agora,  MADURO mandou prender ONZE OFICIAIS DAS FORÇAS ARMADAS AMOTINADOS, ACUSADOS DE TENTAR GOLPE CONTRA O DITADOR MADURO….A situação  na Venezuela chegou a um ponto de deterioro enorme, com esgarçamento total do regime “comuno – bolivariano”, a ponto de surgirem dentro das próprias forças armadas opositores ao regime de fome imposto pelo “maduristas”…..  

 

 

Nicolás Maduro

Venezuela prende onze militares por suposto plano contra Maduro

Segundo ONG, civis também foram alvo de detenções com fins políticos em poucos dias

POR O GLOBO / AFP

Soldados em formação antes operação de preparação para eleições presidenciais na Venezuela – CARLOS JASSO / REUTERS

 

CARACAS — A Justiça militar da Venezuela ordenou nesta terça-feira a prisão de onze membros das Força Armadas, que são acusados de planejar ações desestabilizadores contra o governo do presidente Nicolás Maduro, segundo a ONG Fórum Penal. O mandatário foi reeleito no último domingo após uma votação internacionalmente contestada.

Os oficiais, nove tenentes e dois capitães, haviam já sido detidos entre quinta e sexta-feira e hoje foram apresentados diante de um tribunal militar.

“Ao menos onze funcionários das Forças Armadas, da Armada e da Aviação foram detidos. Eles foram acusados dos crimes de motim, delitos contra o decoro militar e traição à pátria — disse à AFP a afbogada María Torres, da Fórum Penal, que assumiu a defesa de dois dos acusados.

O crime mais grave para a legislação venezuelana, o de traição à pátria, pode levar a uma pena de até 30 anos de prisão. Os militares foram levados à prisão militar de Ramo Verde, nos arredores de Caracas.

— O tribunal não permitiu que nos designássemos para assisti-los como defensores na audiência de apresentação. A audiência foi feita com um defensor público, que nos próximos dias pediremos que seja revogado — disse a advogada.

Alfredo Romero, diretor da Fórum Penal, afirma que nos últimos dias ocorreram 25 detenções com fins políticos, incluindo os onze militares. Segundo María Torres, civis foram presos em manifestações em diferentes cidades.

 

Outras 92 militares já foram presos desde 2003 sob a acusação de conspiração — e 34 destes casos aconteceram em 2018 —, segundo dados da ONG Justiça Venezuelana. Em março, Maduro expulsou 24 oficiais, a maioria presos ou exilados.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: