Archive for Julho, 2018

JOSÉ DIRCEU(PT)…. EX QUASE PRESIDENTE PODE RETORNAR AS GRADES…..

JOSÉ DIRCEU (PT) AINDA GURU DO LULA E DE TODO PT CASO NÃO FOSSE A ATUAÇÃO DO ADVOGADO CURITIBANO JOEL DOS SANTOS FILHO  PODERIA HOJE SER O PRESIDENTE DA REPÚBLICA……Quando o LULA foi presidente e o ZÉ DIRCEU era o comandante geral da República no Palácio do Planalto, tudo estava preparado para o ZÉ DIRCEU ser o candidato a presidente do PT com aval do LULA, caso não fosse a atuação inesperada do advogado curitibano JOEL DOS SANTOS FILHO, o qual foi manchete no país, quando subornou o MAURÍCIO MARINHO do Correios, quando passou uma propina de R$ 3 MIL REAIS.  

 

JOEL DOS SANTOS FILHO

Joel na CPI dos correios/mensalão

 

INÍCIO DA DESGRAÇA DO PT. A partir desta ação do JOEL, iniciou-se o calvário dos petistas no país, como uma organização “propineira” e de negociatas, o  que desmoralizou todo o PT perante a Nação,  e este ato foi o ínio ou “start” das desgraças de todos os petistas, na época comandados (e ainda o são), pelo guru ZÉ DIRCEU, o qual está com diversos processos nas costas, e  poderá retornar a cadeia conforme quer a PGR….(Ref. Isto É Independente- Estadão)

 

BRASIL

PGR quer Dirceu preso novamente

 

PGR quer Dirceu preso novamente

José Dirceu – AFP

Estadão Conteúdo

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, recorreu da decisão que suspendeu o início do cumprimento da pena imposta pelo Tribunal Regional da 4ª Região (TRF4) ao ex-ministro José Dirceu. A informação consta de nota da PGR publicada no site do órgão. O recurso foi apresentado nesta segunda-feira, 30.

Dirceu foi condenado em segunda instância a mais de 30 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. Ele estava preso em Brasília e teve habeas corpus concedido no fim do mês de junho pela maioria dos ministros da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

A nota informa que Raquel Dodge sustentou no recurso, entre outros pontos, que o julgamento tem vícios relativos tanto às regras processuais quanto à fundamentação adotada na concessão do habeas corpus. “A origem do pedido analisado pelos ministros não foi um HC e, sim, uma petição apresentada ao relator após julgamento que indeferiu uma reclamação, o que deixa claro que o curso regimental foi totalmente atípico. José Dirceu inovou completamente o objeto da reclamação, alegando plausibilidade de revisão do acórdão condenatório do TRF4”, destaca o documento.

“Como se sabe, os meios processualmente adequados para se deduzir pedidos de atribuição de efeito suspensivo aos recursos especial/extraordinário são os seguintes: de modo incidental, no bojo do próprio recurso, ou de modo principal, em medidas cautelares autônomas (ajuizadas perante a presidência do Tribunal recorrido, ora perante o próprio Tribunal Superior)”, acrescenta.

Além disso, a PGR também sustentou que houve omissão quanto ao contraditório e ao respeito ao devido processo legal, uma vez que o Ministério Público não foi intimado para se manifestar sobre a pretensão; apontou omissão quanto às regras de competência do STF para suspensão cautelar; e ressaltou a gravidade de consequências provocadas por decisões em que se verifica desrespeito a ritos, regras e normas, com o propósito de devolver a liberdade a réu condenado em dupla instância.

Anúncios

ÓLEOS VEGETAIS COMESTÍVEIS ALTAMENTE POLUIDORES DA ÁGUA VÃO SE TRANSFORMAR EM DETERGENTES CASEIROS…..

BASTA UMA CÁPSULA PARA A TRANSFORMAÇÃO. Cientistas portugueses da Universidade de Coimbra, com base nas teses da “economia circular”, uma economia que tem como premissa a transformação de resíduos em produtos inovadores, criaram esta fórmula que muito vai contribuir para despoluição das águas pluviais do mundo…..(Ref. Mundo português 48 anos)…

 

 

 

Cientistas de Coimbra desenvolvem cápsula para transformar os óleos usados em detergentes ecológicos

Cientistas de Coimbra desenvolvem cápsula para transformar os óleos usados em detergentes ecológicos

Um grupo de químicos da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), recebeu 700 mil euros de financiamento PT2020 para desenvolver detergentes ecológicos a partir de óleos alimentares usados.

Os cientistas criaram em 2016 a startup EcoXperience, e estão a desenvolver ‘One-N-Done’, que acaba de ser financiado pelo Programa PT2020.
O projeto traduz-se numa cápsula 100 por cento “verde” que converte os óleos alimentares usados em diferentes detergentes – lava chão, limpa vidros, sabonetes, lava loiça, entre outros -, de forma praticamente automática e a baixo custo.

Os óleos alimentares usados são um resíduo altamente poluente: um litro de óleo contamina até um milhão de litros de água.

O projeto envolve uma dezena de investigadores do Departamento de Química da FCTUC, a Tecnocanto e o grupo Sonae e prevê que esta cápsula esteja no mercado dentro de dois anos.

A EcoXperience já havia criado uma tecnologia para transformar os óleos usados em agentes de limpeza através de uma proteína que funciona como biocatalizador, o que reduz o tempo de conclusão da cápsula e a consequente comercialização.
Esta tecnologia, que já está em processo de patenteamento, recorre a uma proteína existente no corpo humano, produzida pelo pâncreas para processar as gorduras ingeridas.

“A fórmula desenvolvida pela EcoXperience, em parceria com a Universidade de Coimbra, mimetiza o que acontece no corpo humano, ou seja, transforma os triglicerídeos presentes nos óleos usados em novos componentes”, explicam César Henriques e Filipe Antunes, dois dos fundadores desta startup, citados numa nota de imprensa da FCTUC enviada ao ‘Mundo Português.

Sustentada na filosofia da economia circular – uma economia que tem como premissa a transformação de resíduos em produtos inovadores -, a EcoXperience pretende disponibilizar, tanto para o setor industrial como para uso doméstico, “uma cápsula idêntica à que colocamos na máquina de lavar roupa ou loiça, ‘recheada’ com todos os agentes necessários para a transformação do óleo usado e os ingredientes essenciais para os vários produtos de limpeza”, salientam os dois investigadores.

Destacam ainda o9 facto de estarem a criar “detergentes altamente ecológicos, sem produtos químicos agressivos para o ambiente como acontece na generalidade com os atuais detergentes”. “O objetivo é democratizar a forma como as pessoas têm acesso aos detergentes, permitindo obter produtos de origem vegetal eficazes e amigos do ambiente, economizando tempo e dinheiro”, acrescentam.
César Henriques e Filipe Antunes estimam que a ‘One-N-Done’ permita ao utilizador final uma poupança média anual de 45% em detergentes.

A pensar no mercado internacional, a startup está realizar um levantamento de todos os tipos de óleos que são usados a nível mundial. O objetivo é encontrar uma solução para cada zona geográfica do globo ou mesmo desenvolver uma fórmula universal, adiantam ainda os responsáveis.

Ana Grácio Pinto

MARTE PODERÁ TORNAR-SE BASE PARA NOVAS VIAGENS AO UNIVERSO…..

ENCONTRADA ÁGUA EM MARTE…..Esta descoberta da Agência Espacial Italiana divulgou ter encontrado um grande lago no planeta Marte, o que  poderá possibilitar que se construa uma base neste planeta, para estudos sobre existência de micro  organismos ou mesmo para servir de uma base para novas explorações de nosso sistema solar….(Ref. site GALILEU)

 

Cientistas encontram lago gigantesco em Marte que poderia abrigar vida

25/07/2018 – 11H07/ ATUALIZADO 11H0707 / POR REDAÇÃO GALILEU

A  Agência Espacial Italiana divulgou nesta quarta-feira (25 de julho) uma das mais importantes descobertas sobre Marte nos últimos anos: pesquisadores detectaram a presença de abundante quantidade de água líquida localizada abaixo de uma camada de gelo no polo sul do planeta vermelho. A caracteristica do local seria semelhante a lagos subglaciais que existem na Terra, o que dá esperanças aos cientistas de investigarem a possibilidade da existência de vida.

Até então, os astronômos nunca encontraram um habitat semelhante em Marte. De acordo com especialistas, esse seria o primeiro local onde microrganismos como os que existem na Terra poderiam sobreviver. 

Ao investigarem uma região de Marte conhecida como Planum Australe, os cientistas localizaram uma reserva de água líquida com 20 quilômetros de extensão, localizada a 1,5 quilômetro da superfície. Ainda não foi possível verificar a profundidade do lago, mas ele teria mais de 10 centímetros de profundidade. 

A descoberta foi possível graças ao radar MARSIS, que está a bordo da sonda Mars Express — lançada em 2003 pela Agência Espacial Europa (ESA) e pela Agência Espacial Italiana. O instrumento é capaz de enviar ondas eletromagnéticas para abaixo da superfície marciana, recebendo informações sobre a densidade de determinada região: ao analisarem os dados recebidos na região de Planum Australe, os cientistas notaram que os pulsos eram semelhantes aos que existem nas porções de água que ficam abaixo das camadas de gelo da Antártida ou da Groenlândia, aqui na Terra.

 

Ilustração do trabalho da sonda que detectou água em Marte (Foto: Divulgação/ESA)ILUSTRAÇÃO DO TRABALHO DA SONDA QUE DETECTOU ÁGUA EM MARTE (FOTO: DIVULGAÇÃO/ESA)

Agora, os pesquisadores dedicarão seu trabalho a conhecer as características do lago e investigar se essa ocorrência é única ou há outras porções de água líquida ao longo do subsolo marciano. Em relação à possibilidade da formação de vida extraterrestre, os especialistas afirmam que é necessário realizar análises mais cuidadosas da região. Inicialmente, sabe-se que há uma composição química especial para a água manter-se líquida (como a concentração de elementos como magnésio, cálcio e sódio). 

 

Registro da sonda detectando a presença de água (Foto: Divulgação/ESA)REGISTRO DA SONDA DETECTANDO A PRESENÇA DE ÁGUA (FOTO: DIVULGAÇÃO/ESA)

 

Há cerca de 4  bilhões de anos, Marte tinha um campo magnético forte, como o da Terra, que o protegia da radiação emitida pelo Sol. Além disso, acredita-se que água corria livremente por Marte. Estas duas condições já são um passo gigantesco para que um planeta seja habitável.

Gradualmente, a atmosfera de Marte foi sendo afetada por fortes e agressivos ventos solares, não suportados pelo campo magnético que protegia o planeta. O resultado do processo, que durou bilhões de anos,  tornou o planeta um deserto gelado e inabitável. Com a descoberta, no entanto, a perspectiva dos cientistas podem mudar em relação à disponibilidade de elementos que possam abrigar possíveis formas de vida. 

EX GOVERNADOR RIO DE JANEIRO SERGIO CABRAL RODA A BAIANA NA PRISÃO E VAI PARA A SOLITÁRIA……

SERGIO CABRAL EX GOVERNADOR DO RIO DE JANEIRO, RECORDISTA EM CORRUPÇÃO, QUANDO FOI GRANDE PARCEIRO POLÍTICO DE LULA DO PT, POR REBELDIA NA PRISÃO, FOI PARA A SOLITÁRIA…..Cabral  foi do lindo CÉU   azul (nos bons tempos em que o governo LULA (PT) fazia jorrar dinheiro ao Rio de Janeiro), ao INFERNO da prisão, após suas diversas condenações a prisão pela roubalheira em jorro de cascata que ele e suas gangues fizeram com a grana do povo na ex  “cidade maravilhosa”, hoje em estado de guerra.  

 

 

CABRAL É UM REBELDE NA PRISÃO.  Pena que o Cabral ainda não tenha se convencido de que é um simples encarcerado,  e não é mais uma “otoridade”, e que na prisão tem que cumprir regras de apenado, sob pena de punição…..(Ref. G 1).  

“Mesmo recebendo novamente a determinação, o preso se recusou a cumpri-la, e, aos gritos, de forma provocativa capaz de incitar a desordem no coletivo da unidade, disse que não queria ser chamado de ‘interno’ e que aquela posição era um desrespeito a ele”, explicou o promotor.

Ainda segundo a Seap, foi instaurado um procedimento disciplinar para apurar a conduta de Cabral, e a Vara de Execuções Penais foi comunicada para decidir sobre possíveis consequências.

A defesa do ex-governador informou à GloboNews que Cabral ficou em isolamento entre 10h e 15h30. A Seap, no entanto, divulgou por volta das 18h que ele seguiria em uma cela isolada até decisão da VEP.

 

 

Sérgio Cabral está preso desde novembro de 2016 (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)Sérgio Cabral está preso desde novembro de 2016 (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

Sérgio Cabral está preso desde novembro de 2016 (Foto: Giuliano Gomes/PR Press)

BRASIL…..NAÇÃO CORRUPÇÃO SEM FIM…..PRISÃO PERPÉTUA PARA CORRUPTOS?

EM PLENA   ÉPOCA DE CAÇA AOS CORRUPTOS, A CORRUPÇÃO NO BRASIL SEGUE FORTE E FIRME….A corrupção faz parte do dia a dia das autoridades de todo o pais, desde vereadores, prefeitos, governadores e Congresso Nacional, e nem mesmo a punição severa de conhecidos corruptos nacionais de Brasília encarcerados pela Lava Jato, serve de lição aos  desavisados corruptos do interior do país, que parecem não ler, não assistem noticiários de TVs, e ou são  “kamikases” da política da  “ladronagem.”. (Ref. Estadão).

PRISÃO PERPÉTUA PARA LADRÕES DA GRANA DO POVÃO ….Na China os corruptos, ladrões da grana do povo, são punidos com pena de morte.  No Brasil deveríamos ter pelo menos prisão perpétua para assim barrar a mais alta e maior corrupção do mundo. Vejam mais esta do prefeito de Rio das Ostras (RJ)….. 

 

 

 

 

Fausto Macedo
Repórter

EM ALTA

Ex-prefeito de Rio das Ostras condenado por remédios 3.800% acima do preço

Alcebíades Sabino dos Santos (PSC) terá de devolver R$ 128 mil aos cofres do município fluminense por compra realizada em 2003

Luiz Vassallo

24 Julho 2018 | 15h50

A juíza Mônica Lúcia do Nascimento Frias, da 1.ª Vara Federal de Macaé, condenou o ex-prefeito de Rio das Ostras (RJ) Alcebíades Sabino dos Santos (PSC) a devolver R$ 128 mil aos cofres do município por remédios que teriam sido comprados com superfaturamento de até 3.800%. Segundo o Ministério Público Federal, o valor, atualizado com juros de mora até a data da sentença, foi de R$ 297 mil.

Petróleo impulsiona Rio das Ostras

Segundo consta nos autos, a ‘Controladoria-Geral da União, no Relatório de Fiscalização n°.320/2004, noticiou a aquisição pela Prefeitura Municipal de Rio das Ostras/RJ, de medicamentos com preço superior com percentuais que variavam de 123,08% a 3.800,00% ao praticado no banco de preços do site do Ministério da Saúde, com recursos transferidos fundo a fundo pelo governo federal no âmbito do programa Farmácia Básica’.

Recursos que a Petrobrás distribui para Estados e municípios crescem 50%

De acordo com a acusação, a compra foi efetivada com sobrepreço em licitação no final do ano de 2003, quando a prefeitura de Rio das Ostras/RJ era administrada por Alcebíades.

Vereadores de Rio das Ostras têm aumento de 188,5%

A juíza afirma que ficou ‘também comprovada a ausência de cotação de preços com orçamentos prévios, conforme confirmado pela própria Prefeitura de Rio das Ostras, o que o demonstra que o réu agiu de forma livre e consciente para obtenção de medicamentos superfaturados’.

“Por conseguinte, em dezembro de 2003 o valor do prejuízo causado aos cofres públicos era de R$ 66.348,40 (sessenta e seis mil e trezentos e quarenta e oito reais e quarenta centavos), e no ano de 2010, correspondia a R$ 122.380,57 (cento e vinte e dois mil e trezentos e oitenta reais e cinquenta e sete centavos)”, anotou.

A juíza não aceitou as justificativas do ex-prefeito, que alegou que ‘os preços dos medicamentos constantes do banco do site do Ministério de Saúde não serviriam de parâmetro para as licitações realizadas em Municípios de pequeno porte, pois os preços ali registrados somente seriam possíveis de ser praticados através de licitações promovidas por órgãos da Administração Pública de grande porte onde a quantidade de medicamentos a ser adquirida chegasse, por exemplo, a um volume bastante elevado’.

“Ora, não há duvidas do acerto da tese do réu de que o aumento da quantidade comprada diminui o preço do produto. No entanto, no caso em tela não foi isso que ocorreu com a compra realizada pelo município de Rio das Ostras, ou seja, se ele comprou muito mais quantidade do que a FIOCRUZ, como se infere da análise da planilha de fls.17/20, deveria ter pago um valor menor e não maior”, escreveu.

A juíza cita que ‘o Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas FIOCRUZ adquiriu, em duas oportunidades distintas na mesma época, 8 mil e 25 mil comprimidos de Pentoxilina 400mg a R$0,47 e R$0.42 a unidade, em cada uma das ocasiões’.

“A Prefeitura adquiriu 72 mil comprimidos do medicamento a R$ 0, 95. Ou seja, a Prefeitura pagou o dobro do valor mesmo adquirindo o dobro da quantidade”, anotou.

Lista de Fachin. Alcebíades também é alvo de investigação relacionada às delações da Odebrecht. Colaboradores da empreiteira afirmaram ter feito repasse de R$ 195 mil em caixa dois para sua campanha em 2008 a título de suposto favorecimento em contratos para saneamento do município.

COM A PALAVRA, O ADVOGADO AUGUSTO WENERCK, QUE DEFENDE ALCEBÍADES

“Nós vamos recorrer, não houve superfaturamento, a pesquisa de preços não era de responsabilidade do Prefeito, a perícia feita no processo não foi observada, enfim, há vários fundamentos relevantes para o TRF rever a decisão”.

CLUBE DOS BILIONÁRIOS DO MUNDO VÃO INVESTIR EM ENERGIA LIMPA…..

”  ATÉ  O MEIO DESTE SÉCULO O MUNDO USARÁ O DOBRO DE ENERGIA QUE DEMANDA AGORA “….DIZ BILL GATES….Energia limpa e barata é o um dos objetivos do “clube dos bilionários”, os quais estão preocupados com a crescente demanda de energia no mundo, e com a poluição atmosférica.  A prioridade será investir em energia solar e eólica de baixo custo. (Ref.BBC News Brasil)

 

 

 

 

O que é e como funciona o clube formado por bilionários como Mark Zuckerberg e Bill Gates

  • 2 julho 2018

Alguns dos empresários mais ricos do mundo – Bill Gates, cofundador da Microsoft, Jeff Bezos, presidente da Amazon, Mark Zuckerberg, do Facebook, Jack Ma, criador do portal Alibaba – têm um fundo conjunto que administra pelo menos US$ 1 bilhão.

Batizado de Breakthrough Energy Coalition (BEV, Coalizão pela Energia Avançada, em tradução livre), o clube de magnatas investe em startups dedicadas a desenvolver novas tecnologias para armazenar energia limpa.

Armazenar energia a um custo competitivo é um dos maiores entraves para o uso em escala de fontes renováveis. O exemplo clássico desse desafio é a energia solar.

Nos últimos anos, graças ao desenvolvimento tecnológico, o custo dos painéis fotovoltaicos despencou e fez com que eles se espalhassem pelo mundo. Como ainda não existe um método eficiente e barato para armazenar a energia produzida pelas placas, elas ainda não são usadas em grande escala ou por grandes consumidores.

As apostas do grupo, ao contrário de boa parte dos demais investimentos dos bilionários, têm pouco potencial de retorno imediato. No longo prazo, contudo, elas podem não apenas ser muito rentáveis, mas revolucionar a indústria de energia e contribuir para a redução das emissões de poluentes por esse setor.

 

Bill GatesDireito de imagemGETTY IMAGESImage captionBill Gates, cofundador da Microsoft, foi um dos que deu início ao grupo, no fim de 2016

Liderada pelo cofundador da Microsoft, Bill Gates, o grupo é formado por investidores privados, bancos e multinacionais que querem “financiar os maiores projetos de infraestrutura do mundo”.

Entre os 22 magnatas que formam o clube estão ainda o fundador da Virgin, Richard Branson, e o megainvestidor George Soros.

 

 

 

O que se sabe sobre os investimentos

“Até o meio deste século, o mundo usará o dobro de energia que demanda atualmente”, escreveu Gates em seu blog, quando deu início à iniciativa, no fim de 2016.

“Precisamos de um modelo diferente para investir em boas ideias que possam ir do laboratório ao mercado.”

Apesar do secretismo que rodeia o plano de negócios do fundo criado pelos multimilionários, há poucas semanas a imprensa americana divulgou o nome das primeiras startups que teriam conseguido investimento: Form Energy e Quidnet Energy, ambas voltadas ao armazenamento energético.

A primeira se dedica a criar baterias de baixo custo e longa duração.

“Nosso objetivo é armazenar energia por semanas, meses e até por mais tempo, a uma fração do custo das tecnologias atuais”, diz o diretor-executivo da empresa, Ted Wiley.

A Quidnet Energy, por sua vez, desenvolve sistemas de pressão para as chamadas usinas hidrelétricas reversíveis (pumped hydroelectric energy storage, PHES), que produzem energia a partir da movimentação da água, mas sem depender das características do terreno e da formação dos grandes lagos que caracterizam as hidrelétricas tradicionais.

 

Planta dentro de lâmpadaDireito de imagemGETTY IMAGESImage captionAs startups Form Energy e Quidnet Energy foram as primeiras a receber financiamento

Uma das metas do clube de bilionários é que as empresas apoiadas pela Breakthrough Energy Coalition sejam capazes de diminuir as emissões de poluentes em pelo menos 500 milhões de toneladas por ano.

Como se trata de um investimento de longo prazo, os empresários deixam claro que não têm problema em esperar algo como 20 anos para que esse cenário se concretize.

As cinco ‘megatendências’ do futuro

Depois de mapear o que está acontecendo na área de energia no mundo hoje, o grupo definiu algumas “megatendências” que acreditam ser determinantes nos próximos 50 anos.

A primeira é a expansão da energia solar e eólica de baixo custo, graças à tendência de redução dos preços que tem se consolidado nos últimos anos.

Depois vem o crescimento da classe média e o maior consumo de energia. Sobre esse tema, eles destacam que o aumento da demanda por energia deve se dar não apenas de forma direta – com o uso de mais equipamentos eletrônicos -, mas também de maneira indireta, por exemplo, por causa de mudanças na dieta básica, que passa a incluir mais carne.

“Se a indústria pecuária fosse um país, ela seria o terceiro maior emissor de poluentes do mundo”, destaca o grupo em sua página na internet.

O aumento da urbanização é outra tendência – e outro desafio. Mais de 200 mil pessoas por dia no mundo trocam a zona rural pelas cidades. Nesse ritmo, em 30 anos sete em cada dez pessoas no planeta viverão em áreas urbanas.

 

Cidade conectadaDireito de imagemGETTY IMAGESImage captionAté o meio deste século, o mundo usará o dobro de energia, segundo projeções do grupo

Diante desse cenário, o grupo de investidores está trabalhando com especialistas para se adiantar aos problemas – e aproveitar também as oportunidades – que podem aparecer nas cidades do futuro.

Nesse sentido, eles destacam os carros autônomos e os edifícios inteligentes como uma tendência importante. O clube acredita que os automóveis sem condutor – e os elétricos – ajudarão a diminuir os níveis de contaminação da atmosfera. E acrescentam que as construções inteligentes serão, por exemplo, capazes de ajustar a temperatura interna a partir da medição da temperatura do lado de fora – ou seja, usar a energia de maneira mais eficiente.

Em paralelo, contudo, o mercado seguirá dando preferência aos combustíveis fósseis.

Ainda que já há anos o setor de energia venha se preocupando com a extinção dessas fontes de energia, estudo recentes indicam que, pelo menos pelas próximas décadas, elas continuarão disponíveis – e a baixo custo.

Por isso, diz o grupo, há uma urgência para que se desenvolva energia limpa que também seja barata.

DEGENERAÇÃO MACULAR DE OLHO DE IDOSOS JÁ TEM SOLUÇÃO VIA AUTOTRANSPLANTE DE MEDULA….

O AVANÇO DA CIÊNCIA POSSIBILITA MELHOR VISÃO AO IDOSO COM TRANSPLANTE MEDULAR…..Ribeirão Preto é uma cidade brasileira, conhecida pela riqueza local e pelo avançado estágio como centro de desenvolvimento de tecnologias na área da medicina.  Desta feita mais um tento para a Cidade , na pessoa da pesquisadora  Carina Costa Cotrim do Serviço de Retina e Vítreo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP. (Ref. Estadão).

 

 

 

 

Células-tronco podem recuperar a qualidade visual dos idosos

 

 

Estudo da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto confirma eficácia do autotransplante de medula para degeneração macular

Por – Editorias: Ciências


Foto: geralt via Pixabay / CC0

.

Oautotransplante de células-tronco derivadas da medula óssea, realizado por meio do procedimento de injeção intraocular, mostrou melhora da visão e maior estabilidade na fixação em pacientes com degeneração macular relacionada à idade. O resultado positivo atingiu, principalmente, aqueles menos comprometidos, e ainda, mostrou melhora da qualidade de vida desses pacientes.  O procedimento fez parte do estudo da oftalmologista Carina Costa Cotrim do Serviço de Retina e Vítreo do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HCFMRP) da USP.

Participaram do procedimento dez pacientes com mais de 50 anos que apresentavam a degeneração macular seca avançada. O material da medula de cada paciente foi coletado no próprio Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, por meio de punção do osso da bacia, procedimento considerado simples pelos especialistas. “A medula óssea aspirada é rica em células que podem se transformar em outras células e também apresentam grande potencial em liberar  fatores de crescimento que melhoram o ambiente da retina e resgatam aquelas células doentes.”

O material coletado foi processado e as células-tronco isoladas nos laboratórios do Hemocentro do Hospital das Clínicas da FMRP e injetado em uma quantidade de 0,1 ml no olho de pior visão.  Após a injeção, os pacientes foram acompanhados de três em três meses até completar um ano. Nesse período, diz a pesquisadora, passaram por  procedimentos como medida da melhor acuidade visual corrigida, microperimetria, eletrorretinografia, autofluorescência, angiofluoresceinografia e tomografia de coerência óptica para avaliar a função visual e, também, responderam questionários para avaliar a qualidade de vida.

 

Imagem de fundo de olho exibindo degeneração macular relacionada à idade (DMRI) – Foto: National Eye Institute of the NIH via Wikimedia Commons / Domínio público

Segundo Carina Cotrim, o estudo é uma análise inicial para o uso dessas células no tratamento da Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) na forma seca, uma doença incapacitante, que leva à cegueira e afeta 8,7% dos idosos no mundo. “Até o momento, não existe nenhum tratamento efetivo e, portanto, é de grande importância estudos nessa área”, ressalta a pesquisadora.

Durante todo acompanhamento, afirma a cientista, o tratamento mostrou-se seguro e  o exame de angiofluoresceinografia não apresentou crescimento de vasos indesejados ou tumores na retina. “Houve melhora da visão da maioria dos pacientes tratados assim como maior estabilidade na fixação. Os idosos com menor grau da doença, ou seja, menor atrofia, apresentaram melhor evolução que aqueles com maior atrofia.

Para ela, a explicação para esse dado está no possível resgate funcional das células que ainda não morreram, mas não funcionam devido ao sofrimento. “Na avaliação da qualidade de vida, houve melhora significativa com ênfase na melhora da visão de cores e na saúde mental desses pacientes já aos seis meses de acompanhamento.”

Foto: Arquivo pessoal

Carina Cotrim lembra que diversas células-tronco estão sendo estudadas para as doenças oculares em todo o mundo. Células semelhantes às utilizadas em seu estudo também foram avaliadas pela pesquisadora Susanna Park na Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, e também mostraram resultados animadores. A pesquisadora lembra, ainda, que o número de pacientes na pesquisa brasileira foi pequeno, por isso novos estudos devem ser realizados para ampliar os testes e confirmar os resultados.

O artigo Uso intravítreo de fração mononuclear da medula óssea (FMMO) contendo células CD 34+ em pacientes portadores de degeneração macular relacionada com a idade na forma atrófica” (Intravitreal use of bone marrow mononuclear fraction containing CD34+ stem cells in patients with atrophic age-related macular degeneration) foi publicado na Revista Clinical Ophthalmology, no ano passado e resultado do mestrado de Carina Cotrim. Assinam também o artigo Luiza Toscano, André Messias, Rodrigo Jorge e o professor Rubens Camargo Siqueira, que foi orientador do mestrado, defendido em 2016.